Archive for January, 2008

Propostas – Arena

January 31, 2008
Saiu ontem na Zero Hora mais detalhes sobre as propostas para Arena. Nenhuma grande novidade. Minha preferência sempre foi por permanecer na Azenha, principalmente se a mudança levar o estádio para os limites da cidade. Na reportagem, parece claro que a proposta da TBZ é melhor financeiramente e parece mais simples, pois não envolve compra e venda de terrenos. Por outro lado há a limitação de espaço e a questão do estádio em Eldorado não foi suficientemente esclarecido. 14 mil lugares é pouco, lembrando que o Grêmio tem mais de 30 mil sócios e média de público maior de 20 mil pessoas por jogo. Enfim não me parece uma escolha fácil, espero que os conselheiros reflitam bastante antes de tomar a decisão.

Agora, é só escolher
Portugueses entregam hoje proposta para a Arena

O Grêmio recebe hoje a proposta definitiva do consórcio português TBZ-OAS – que sugere demolir o Olímpico e construir a Arena na Azenha. A oferta final da Construtora Norberto Odebrecht – com a obra no bairro Humaitá – foi entregue semana passada. A previsão do clube é que a Arena esteja concluída em janeiro de 2012.

Após análises das propostas, o grupo de estudos do projeto (composto pelo presidente do Grêmio, Paulo Odone, pelo diretor de planejamento do clube, Eduardo Antonini, além dos conselheiros Antônio Britto, Jorge Gerdau Johannpeter e Alexandre Grendene) exigiu dos consórcios melhores condições para o clube – como maior percentual de participação nos primeiros 20 anos de exploração da Arena.

Entre os dias 11 e 20 de fevereiro, o Conselho Deliberativo será convocado para escolher o local de construção da Arena. A oferta da Odebrecht é a favorita. Após a escolha do local, o contrato deverá ser assinado até maio. Depois, serão necessários pelo menos nove meses até que o município e o governo do Estado emitam autorizações definitivas para a construção. Neste intervalo, será criada a Grêmio Empreendimentos – empresa do próprio clube, que gerenciará a Arena e da qual Paulo Odone dificilmente será presidente.

A proposta da Odebrecht prevê divisão de lucros em 50% pelos primeiros 20 anos: bilheteria, aluguel de espaços, shows, estacionamento, entre outras formas de arrecadação. Depois deste prazo, a Grêmio Empreendimentos ficará com 100%.

A obra terá um custo total de R$ 300 milhões, sendo R$ 190 milhões financiados pela Odebrecht. Dos R$ 110 milhões restantes, metade sairá da venda do Olímpico – já há um investidor interessado no estádio, que seguirá sendo utilizado pelo Grêmio durante os três anos de construção da Arena – e os demais R$ 55 milhões serão investidos pela própria empreiteira. A Odebrecht acertou a compra do terreno da Habitasul – junto à Avenida Castelo Branco, no bairro Humaitá – por R$ 40 milhões.

Já o projeto da TBZ-OAS prevê a demolição do Olímpico. Levará três anos para ser concluída. O consórcio construirá um estádio para 14 mil pessoas em Eldorado do Sul. A obra terá um custo de R$ 280 milhões, e a TBZ-OAS assumirá o financiamento junto ao banco português Efisa. Nos primeiros 20 anos, os lucros da Arena serão 65% para o Grêmio e 35% para o consórcio.

Ambos os projetos prevêem estádio coberto, para 50 mil torcedores sentados em cadeiras e três andares de arquibancadas. O modelo é o Emirates Stadium, do Arsenal, erguido pela companhia aérea Fly Emirates. O Grêmio venderá o nome da Arena para uma multinacional por R$ 5 milhões anuais. O ingresso mais barato ficará entre R$ 25 e R$ 30.

– Ambos os projetos são viáveis. O clube manterá a sua autonomia no futebol e em receitas advindas da marca Grêmio, bem como a venda de jogadores – disse o diretor de planejamento gremista, Eduardo Antonini.


( leandro.behs@zerohora.com.br )
LEANDRO BEHS

As opções

ODEBRECHT:
-Arena no bairro Humaitá (em 34 hectares)
-Custo: R$ 300 milhões
-Previsão de construção: três anos
-Complexo com estádio, centro empresarial, lojas, hotel, e estacionamento para sete mil veículos
-A proposta da Odebrecht prevê divisão de lucros em 50% pelos primeiros 20 anos: bilheteria, aluguel de espaços, shows, estacionamento, entre outras formas de arrecadação

TBZ-OAS:
-Arena na Azenha (em oito hectares)
-Custo: R$ 280 milhões
-Previsão de construção: dois anos (mas o Grêmio já projeta em três anos)
-Complexo com estádio, centro de convenções, shopping, hotel, edifício residencial, e estacionamento para cinco mil veículos
– Nos primeiros 20 anos, os lucros da Arena serão 65% para o Grêmio e 35% para o consórcio

Aílton – Gol do Título

January 29, 2008
Aílton, Grêmio e Portuguesa, 40 do 2º tempo, gol do título. Tudo isso é de conhecimento comum. Também é razoavelmente sabido que ele saiu gritando “Eu sou foda” e “Aplaude agora, porra“. Se imagina que a segunda frase era dirigida a parte torcida, que pegou no pé dele durante o campeonato (Emerson se recuperava e era reserva).

Mas, na semana passada, na qualidade de técnico do Cabofriense, Aílton (agora Aílton Ferraz) compareceu no programa Tá na Área do Sportv. Lá pelas tantas são mostradas imagens de gols do jogador e como não poderia deixar de ser aparece o gol contra a Portuguesa e sua comemoração. Então o apresentador Marcelo Barreto perguntou:- foi um desabafo para a torcida? Aílton deu um sorriso amarelo e respondeu: Na verdade foi para vocês da imprensa.

Abaixo o gol, com o já clássico comentário de Rivellino

Gauchão – Grêmio 1 x 0 Santa Cruz

January 28, 2008
Novamente um jogo ruim, dessa vez sem ser possível usar o estado do gramado como atenuante. O Santa Cruz começou mais solto, chegou a ameaçar mas parou no seguro Victor e na bicicleta furada de Tiago Duarte. O tricolor reagiu, e ameaçou em chutes longos, os de Anderson, Magrão e Peter levaram perigos. Mesmo assim o primeiro tempo foi fraco, a bola ficava pouco com o Grêmio, que tinha dificuldade em montar jogadas de ataque e os setores do time estavam nitidamente distantes (Mancini notou isso na coletiva).

Segundo tempo com Adílson no lugar de Peter e o time melhora, logo aos 2 minutos, Magrão lança André Luiz que chuta para defesa do goleiro André, no rebote Magrão já estava dentro do área para fazer o gol. Com a vantagem o time ficou mais seguro e as coisas melhoraram, mas apesar de ter uma equipe mais bem postada em campo, o segundo tempo foi mais apático e o Santa Cruz tentou, sem muita sorte, o empate.

Me parece que Tadeu e Reinaldo não devam jogar juntos. Solução, com a entrada de Roger, seria o avanço de André Luiz, ou a volta de Jonas. Mas isso é palpite.

Vejo com bons olhos a possibilidade do ingresso de Adílson, de modo que ele e William Magrão possam se revezar na 2ª e 3ª posições do meio campo.

Wagner ainda se mostra nervoso, a chegada de Jean talvez ajude a não queimar uma prata-da-casa.

fotos: ClicRBS

Grêmio 1 x 0 Santa Cruz
William Magrão 47´

GRÊMIO: Victor; Paulo Sérgio, Léo, Wagner e Anderson Pico; Eduardo Costa, William Magrão, André Luís (Danilo Rios 25/2ºt) e Peter (Adilson – intervalo); Tadeu e Reinaldo (Jonas 18/2ºt)
Técnico: Vagner Mancini

SANTA CRUZ: André; Simônio, Eliandro e Renato Tilão; Rodrigo (Kleyton 20/2ºt), Teco, Marcos Tora, Rodrigo Ribeiro (Élton – intervalo) e Marcelo Muller; Thiago Duarte e Zulu (Marcelo Fumaça 30/2ºt)
Técnico: Armando Dessessards

Gauchão 2008 – 1ªFase – 3ªRodada
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre
Data: 26 de janeiro de 2008, sábado, 18h30min
Público: 10.183 ( 8.658 pagantes)
Renda: 87.524,00
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Marcelo Oliveira e Silva e Carlos dos Santos Bittencourt
Cartões amarelos: Eduardo Costa (Grêmio), William Magrão (Grêmio), Teco (Santa Cruz)
Gol:William Magrão, aos 2 minutos do 2º tempo

Puma 2008?

January 24, 2008

Como será a camisa do Grêmio em 2008? Será da Puma? São perguntas sem respostas. A partir dos modelos que a puma vem apresentando na Copa Africana de Nações e outros já lançados para a Eurocopa 2008 podemos somente imaginar. Abaixo foto dos jogadores do Egito, de onde podemos ter uma ideia de como vai ser a “fonte” dos números e letras estampados nas camisas.


Abaixo, baseado nos modelos da puma alguém fez uma “proposta” para o Grêmio. Gostei, tirei la do blog Minhas Camisas.

Gauchão – Sapucaiense 1 x 1 Grêmio

January 24, 2008

Jogo ruim tecnicamente, certamente o gramado prejudicou o “espetáculo”, mas os jogadores do Grêmio me pareceram excessivamente afetados pelas condições de jogo. De qualquer modo o tricolor não repetiu a boa atuação da 1ª partida . O que mais faltou foi a ligação entre a defesa e o ataque, os meias ofensivos pouco apareceram. Também o a saída de bola ficou prejudicada, com o time jogando muito distante, os laterais muito avançados (Pico recuou um pouco posteriormente) e os zagueiros ficavam sozinhos sem opção. Wágner acabou sentido um pouco e, nervoso, errou em dois lances de recuo que por sorte não resultaram em gol. Aos 23 o time da sapucaiense monta sua jogada pelo lado esquerdo sem sofrer forte marcaçao, a jogada se desenvolve e nenhum jogador tenta parar a jogada e bola chega nos pés de Jean Paulo que chutoa sem chances para Victor. O Grêmio reagiu, numa confusão dentro da área, um defensor do sapucaiense cai, se atrapalha todo, e acaba abraçado a bola, o juiz mandou o jogo a seguir. poucos minutos depois, Tadeu recebeu na ponta esquerda e partiu para dentro da área, pênalti marcado. Lance polêmico. Na minha opinião houve a falta, o lateral cirilo alterou sua trajetória, sem visar a bola, objetivando somente impedir o avanço do avante gremista. O próprio Tadeu foi pra cobrança, olhou para o canto esquerdo e bateu rasteiro no canto direito, o goleiro Altieri nem na foto saiu. primeiro tempo terminado em 1×1.


O segundo tempo foi menos jogado ainda e as chances vieram mais na bola parada. Aos 11, Pico cobrou falta pela esquerda, ao lado da área. Altieri espalmou a bomba do lateral. Ainda teve uma boa cabeçada de Léo em cobrança de escanteio. O Sapucaiense também ameaçava na jogada área, na melhor chance, escanteio vindo da direita, a bola quica antes do primeiro pau e sobra dentro da pequena área para Lacerda cabecear, mas Victor fez grande defesa e garantiu o empate.

fotos: ClicRBS

Sapucaiense 1 x 1 Grêmio
Jean Paulo 23´
Tadeu 33´

SAPUCAIENSE: Altieri; Cirilo, Dias e Lacerda; Everton, Jucemar, Maicon Sapucaia, Gian e Brida; Jean Paulo (Vicenti, 38’/2ºt) e Leandro Safira (Ivo,int.)
Técnico: Ciro Quadros

GRÊMIO: Victor; Paulo Sérgio, Leo, Wagner e Anderson Pico; Eduardo Costa, William Magrão, Peter (Adílson, 20’/2ºt) e André Luís; Tadeu e Reinaldo (Danilo Rios, 32’/2ºt)
Técnico: Vagner Mancini

Gauchão 2008 – 1ªFase – 2ªRodada
Data: 23/01/2008, quarta feira, 21h45min
Local: Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo.
Arbitragem: Fabrício Corrêa, auxiliado por José Silveira e Alexandre Kleiniche
Cartões amarelos: Wagner (G); Cirilo, Jean Paulo (S)
Gols: Jean Paulo (S), aos 23, Tadeu (G), aos 33 minutos do primeiro tempo;

Camisas – Branca 1982

January 23, 2008
Camisa branca, usada na libertadores de 1982. Na foto acima Grêmio e Peñarol (campeão do mundo naquele ano) no centenário. Abaixo as fotos da camisa que consta na coleção do Gianfranco, do Torcedor Gremista. Nota-se que a camisa dele não tem o olympikus estampado nas costas.

Ano: 1982
Fornecedor: Olympikus
Patrocinador:

Gauchão – Grêmio 3 x 0 15 de Campo Bom

January 22, 2008

Tá certo que o 15 foi um oponente fraco, mas mesmo assim o Grêmio mostrou qualidade, vontade e (principalmente) organização. No ataque havia movimentação, o time fazia a bola rodar, os laterais apoiavam e o jogo era invertido com frequência. O número de passes errados ficou num nível aceitável para início de temporada. Na defesa, o time se mostrou compacto, ocupando espaços

Victor se mostrou seguro, apesar de pouco exigido, mas fez boas saídas do gol. Paulo Sérgio foi com força para o ataque, podendo caprichar mais nos cruzamentos. Léo repetiu as boas atuações do ano passado. Wágner foi sério e rebatedor. Anderson Pico, pode ser diferencial com sua força física e bom chute. Eduardo Costa foi até um pouco auto-suficiente pela facilidade do jogo. William Magrão foi o melhor em campo para mim, atacando e defendendo com qualidade. Peter foi tímido no 1º tempo e se soltou um pouco no 2º. Andre Luís foi uma grata surpresa e pode ser uma boa arma devido a sua velocidade. Jonas foi o de sempre e Reinaldo não apareceu muito. Felipe Mattioni entrou um pouco estabanado, querendo pedalar todas bolas. Tadeu por sua vez parece ser jogador de uma jogada só, virada e chute (o que não chega a ser um defeito para centroavante) e Adílson pouco pode mostrar.

Que alívio ver Jacozinho do outro lado.

Gostei de ver as primeiras atitudes de Eduardo Costa com capitão. Levou o time para agradecer o apoio da torcida e reclamou do excesso nas críticas feitas pela imprensa.

fotos: ClicRBS

Grêmio 3 x 0 15 de Campo Bom
Leo 15´
A.Pico 26´
W.Magrão 62´

GRÊMIO: Victor, Paulo Sérgio, Léo, Wagner e Anderson Pico, Eduardo Costa, William Magrão, Peter e André Luís (Felipe Mattioni 25/2ºt), Jonas (Tadeu 19/2ºt) e Reinaldo (Adílson 30/2ºt).
Técnico: Vagner Mancini

15 DE CAMPO BOM: Márcio, Ferron, Xandão, Adans, Alex (Émerson 27/2ºt), Edinho, Edmilson, Alexandre, Castor (Éder Machado – intervalo) Jacozinho e Kelson (Juari – intervalo ).
Técnico: Edson Porto

Gauchão 2008 – 1ªFase – 1ªRodada
Data: 19 de janeiro de 2008 – 18h30min
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre
Público: 10.851 (9.672 pagantes)
Renda: R$ 99.849,00
Árbitro: Ânderson Daronco
Auxiliares: Paulo Ricardo Conceição e José Franco Filho
Cartões amarelos: Jonas, Anderson Pico e Wágner (G), Xandão, Jacozinho e Émerson (15)
Cartão vermelho: Jacozinho (15 de Novembro)
Gols: Leo(G), aos 15, e Anderson Pico(G), aos 26 minutos do primeiro tempo. William Magrão(G), aos 17 minutos do segundo tempo.

Por que Diego Souza foi para o Palmeiras?

January 19, 2008

Ouvi essa suposição na Band Am 640, e para mim faz sentido:

Palmeiras anunciou a contratação de Leo Lima na sexta feira (18/01/2007), dois dias depois de apresentar Diego Souza no Parque Antártica. Para quem não sabe os dois atletas são empresariados por Carlos Leite. Isso pra mim é o suficiente para explicar porque Diego Souza foi para o Palmeiras mesmo com o Grêmio fazendo uma proposta melhor ao Benfica.

Essa idéia de “venda casada” pode soar paranoica, mas já aconteceu antes com Leo Lima e Carlos Leite: “Léo Lima estava no desvio após ter sido dispensado do ultimo clube por indisciplina. Veio pro Mengão de contrapeso, contratado para agradar ao empresário do Souza e facilitar a vinda do atacante.” conforme o Blog do Torcedor do Fla.

No arena Sportv, Milton Leite também suspeitou da negociação envolvendo Leo Lima

No mesmo programa, Luxemburgo tentou se justificar e também ameaçou processar o narrador. As justificativas e a ameaça podem ser vistas nesse outro vídeo

Comunicado Misterioso

January 19, 2008

No site do Grêmio:

“Olímpico Monumental não foi alugado para show

10.01.2008

A direção tricolor comunica

A direção tricolor comunica que o Estádio Olímpico Monumental não foi alugado para nenhum evento para o mês de abril até o momento.”

Nunca vi nada parecido com isso, um anúncio de que o Olímpico NÃO foi alugado. Imagino que teria algo a ver com o boato que sobre a transferência do show do Iron Maiden do Gigantinho para o Olímpico, mas esse show é em março, e não em abril

Camisas Centenário

January 17, 2008
Em 2003, para comemorar o centenário do Grêmio, a Kappa lançou uma série de camisas que copiavam uniformes de importantes períodos do tricolor. Os anos eram de de 1903, 1904, 1917 e 1925. Comparando com as fotos de época e as réplicas disponíveis no museu do Grêmio, chego a conclusão que a Kappa fez um trabalho satisfatório. Abaixo demais imagens para que vocês tirem suas próprias conclusões.

“o pacote do centenário ainda tinha cinco réplicas históricas, incluindo a primeira camisa, usada em 1903.

A Kappa, fornecedora de material do Grêmio, divulgou uma escala de lançamentos. Como cada camisa histórica custava R$ 120, elas seriam lançadas a cada dois meses. Passado o ano, o desempenho do time fez a cotação dos uniformes baixarem para cerca de R$ 80. A tão badalada camisa de R$ 500 não emplacou e ainda existem exemplares para a venda.” (Balípodo)

1903

1904

1917

Apesar de serem feitas de tecido semelhante ao usado nos uniformes principais, estas camisas nunca foram pensadas para jogo, até porque tinham um questionável símbolo do centenário nas costas.

Contudo em 2004, por ocasião do Centenário do Botafogo, foi disputado um amistoso, onde o Grêmio usou o uniforme de 1903, com número, sem logo do centenário (foto abaixo) e o Botafogo usou seu uniforme de 1913. Coincidência ou não, os dois time tinham a Kappa como fornecedora de material esportivo.

Fotos: Torcedor Gremista, RLGaggio, Gazeta do Sul e Revista Gol

Botafogo 4 x 1 Grêmio

BOTAFOGO: Max (Lázaro), Gustavo, Gilmar e Rafael Marques (Ânderson Moura);Márcio Gomes, Thiago Xavier (Rodrigo Fernandes), Carlos Alberto (Leandro Carvalho), Têti (Ademar) e Daniel;Leandro Alves (Renatinho) e Luiz Cláudio (Gláucio).
Técnico: Édson Gonzaga (interino).

GRÊMIO: Galatto, Caçapa, Renato e Alex Xavier (Edu); Tuta (Nunes), Cléber, Bruno (Gláuber), Luciano Ratinho (Juninho) e Douglas; Roberto Santos (Samuel) e Rico (Váldson).
Técnico: Marcelo Rospide.

Amistoso
Data: 04 / 09 / 2004
Local:Caio Martins
Arbitragem: Gutemberg de Paula Fonseca, auxiliado por Mário Jorge Marques de Oliveira e Élson Passos Senna Filho
Gols: Rico (Grêmio); Carlos Alberto, Gustavo, Luiz Cláudio e Ânderson Moura (Botafogo).