Videos – Grêmio 5 x 0 Palmeiras – Libertadores 1995

by
Aproveitando um arquivo com uma reprise da BandSports da transmissão original da Bandeirantes do jogo Grêmio 5 x 0 Palmeiras, válido pelas quartas-de-final da Libertadores de 1995, editei alguns vídeos e os coloquei no YouTube.

Fiz isso em Julho, alguns de vocês podem até já ter visto.

O primeiro deles é da briga entre Dinho e Válber e toda a confusão que se segue:

O segundo é sobre as expulsões que ocorreram no jogo:

O terceiro é sobre um lance quase esquecido, onde Mancuso acerta um soco em Carlos Miguel e o juiz nada marca:

O quarto e derradeiro vídeo contém os gols do jogo com a narração de Sílvio Luiz:

Para mais informações sobre este jogo clique no link abaixo:
http://libertadores1995.blogspot.com/2006/12/quartas-de-final-grmio-5-x-0-palmeiras.html

Advertisements

3 Responses to “Videos – Grêmio 5 x 0 Palmeiras – Libertadores 1995”

  1. Gustavo Says:

    Legal a lembrança. O Jardel literalmente CHUTAVA com a cabeça.

  2. Vicente Fonseca Says:

    Bah, excelentes vídeos. Pior é ver o Cerdeira expulsar o Dinho no grito dos palmeirenses, ainda que fosse o correto.

  3. Zaratustra Says:

    Denuncio aqui os instrumentos a que pretende recorrer os “SS” da internet para implementar entre nós a censura. Como sabem, os “SS” estão patrulhando os blogs e sites gremistas para tentar intimidar qualquer um que escreva verdades, mas que a eles pareça atingi-los.E querem se basear na lei sei lá do que. Imaginam por serem “doutos” que suas formas arcaicas de agir possam surtir efeito. É impressionante o olhar supostamente superior deles por se acharem donos absolutos da verdade. Levarão certamente da opinião pública um pontapé no traseiro.Essa gente finge cuidar do interesses deles porque querem a nossa alma.“Eu, porém, apesar de tudo, ando sempre por cima da cabeça deles com os meus pensamentos; e se quisesse andar com os meus próprios defeitos, ainda assim andaria sobre eles e sobre as suas cabeças.Que os homens não são iguais: assim fala a justiça. E o que eu quero não poderiam eles querer!”Assim falava Zaratustra.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: