Brasileirão – Ipatinga 1 x 4 Grêmio

by

Jogo em ritmo de treino (ou em pelada de final de ano). Grêmio formou com Léo, Pereira e Jean na zaga e Souza na ala-esquerda.

Tricolor começou bem, indo para cima do adversário, mas foi surpreendido aos 5 minutos, contra-ataque pela direita, cruzamento rasteiro não foi cortado no primeiro pau e Escobar acabou empurrando para as redes (um gol que o Grêmio já havia tomado no campeonato). Time assimilou rápido o golpe e voltou a carga. Aos 12 Jean fez o “overlaping” pela ponta esquerda, foi a linha de fundo e cruzou para a cabeçada de Marcel, que empatou o jogo. Minutos mais tarde Mattioni mandou um foguete do bico da área, Fred fez a defesa. Aos 23 falta para Grêmio, Tcheco jogou pra dentro da área, bola foi devolvida, Souza centrou-a novamente e Jean antecipou o goleiro e virou o jogo. Aos 28 a zaga do Ipatinga sai jogando errado e o Grêmio rouba a bola, Willian Magrão serve Marcel, que toca na saída de Fred. Jogo seguia aberto, Grêmio um tanto faceiro. Marcel machucou-se e Roth colocou Helder em campo, reforçando o meio-campo. Ipatinga tentou reagir, num bom chute para boa defesa de Victor, e em cruzamento no qual Ferreira subiu sozinho de cabeça.

Volta do intervalo e o jogo durou tão somente até os 8 minutos. Bola cruzada na área, Jean escorou e Léo completou em cima da linha, determinado placar final de 4×1.


Lance curioso nos minutos iniciais do jogo. Felipe Mattioni sofreu falta muito próximo da grande área. Para mim Felipe sofreu a falta fora da área e caiu dentro, logo entendo correta a marcação do árbitro.

Mas não esta aí a curiosidade. Está cobrança:

O árbitro colocou a bola no lugar e Tcheco procedeu a cobrança rápida. Evandro Rogério Roman mandou voltar o lance. Muitíssimo parecido com o 2º gol colorado no Grenal do 2ºturno, apitado pelo mesmo Roman.


Grêmio sempre proporciona forte emoções aos seus adeptos. A agonia da busca pelo título ira durar até a última rodada.

Alegria efêmera?: Ver desmontada a festa do título que seria promovida pela imprensa Paulista. Também foi legal ver desmarcado o velório que estava sendo montado pela imprensa gaúcha.

Espero ficar sabendo de boatos sobre um caminhão de dinheiro tomando o rumo do planalto central.

Libertadores 2009 (pela porta da frente): Estamos lá.


Fotos: ClicRBS, Ipatinga Superesportes e Terra

Ipatinga 1 x 4 Grêmio
Pablo Escobar 5´
Marcel 12´
Jean 23´
Marcel 28´
Léo 53´

IPATINGA: Fernando; Patrick, Sílvio e Léo Oliveira; Afonso, Recife, Paulinho Dias, Pablo (Luis Fernando 35’/2°T) e Beto (Anderson, intervalo); Adeílson e Ferreira (Muller 14’/2°T)
Técnico: Enderson Moreira

GRÊMIO: Victor; Léo, Pereira e Jean; Felipe, Rafael Carioca, William Magrão (Adilson 31’/2°T), Tcheco e Souza; Marcel (Helder 38´/1°T) e Perea (Soares 39’/2°T)
Técnico: Celso Roth

37ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2008
Data: 30 de novembro de 2008, Domingo, 17h00min
Local: Estádio Ipatingão, em Ipatinga-MG.
Árbitro: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR).
Auxiliares: Marcos Antônio Moreira Collodetti (ES) e Gelson Pimentel Rodrigues (ES).
Cartões amarelos: Paulinho Dias, Pablo Escobar (Ipatinga). Cartão vermelho: Silvio (Ipatinga).
Gols: Pablo Escobar, aos cinco minutos, Marcel, aos 12, Jean, aos 23 minutos, Marcel, aos 28 do primeiro tempo; Léo, aos oito minutos do segundo tempo.


6 Responses to “Brasileirão – Ipatinga 1 x 4 Grêmio”

  1. Douglas Habibe Says:

    E o SPFC, como já virou costume, mais uma vez ganhou uma ajudinha extra do apitador, no Morumbi, que, digamos assim, deixou de marcar um pênalti quase no fim do jogo para o Flu (detalhe estranhamente ignorado pela imprensa do Eixão, até mesmo – pasmem – a carioca, que saiu numa defesa apaixonada ao Flamengo na semana passada. Só o Troca de Passes do SporTV falou do lance, confirmou o pênalti, mas mesmo assim não deu muita bola…Isso sem falar nos critérios de Heber Roberto Lopes com o já famoso esquema de faltas em rodízio do SPFC. Estranho, mas acho que no jogo do Barradão, o glorioso arbitro me pareceu bem mais severo com as faltas….Dá-lhe Grêmio!

  2. Vicente Fonseca Says:

    Lembrei-me de imediato dos gols sofridos contra Náutico e Inter. Igualmente MASSA ver os são-paulinos, a 1 ponto do título, saírem com cara de enterro do Morumbi. Torcida que só vai ao estádio na hora boa não me serve.

  3. nelson ramão Says:

    Há um forte indício de título brasileiro para o Grêmio! Explico: Tá tão complicado esse final de campeonato para o tricolor que, com tantas dificuldades, o título é a cara do Grêmio. Vencer o Brasileirão com várias rodadas de antecedência é para os outros. Com a gente, nunca teve facilidade e não ia ser agora…Só por curiosidade: em 2005 ganhamos o título da Série B e o Corinthias foi campeão da Série A. Agora, o Corinthias é campeão da B, só falta vencermos a A. Coisa de Mosqueteiros!?…Por fim, e para não mostrar incoerência, estão dizendo que o Rodrigo Caetano teria admitido a possibilidade de oferecer um “incentivo” para o Goiás vencer o São Paulo na última rodada… Continuo achando lamentável…Abraços.

  4. Gustavo Says:

    Não consigo me VESTIR de entusiasmo ainda. Estarei no Olímpico, portanto, espero poder gritar somente lá.No entanto, é importante lembrar que o Goiás também joga fora de casa. Ambos jogarão. É uma desvantagem importante para os de verde.Igual que o André, espero muitas notícias de malas-pretas, BEM REFORÇADAS, deslocando-se à capital goiana.Porque o Réver não jogou? Alguém sabe?

  5. André Kruse Says:

    Douglas, meu irmão lembrou essa coincidencia da escala do Heber, depois de uma grave acusação feita por um jogador de uma das equipes postulantes ao título. Só vi o lance agora, achei que foi pênalti, Rodrigo subiu nas costas do Washington. Realmente é impressionante a diferença da repercussão dos lances.Vicente, fiquei com esse sentimento. Torcedor de ocasião tem um tudo que é lugar, inclusive no Grêmio. Só que no São Paulo esse fenomeno tem sido muito forte.Nelson, um dos fatores que me faziam e ainda fazem acreditar é lembrar como as coisas acontecem pro Grêmio.Acho que essa história de mala preta ou branca rende uma boa discussão sobre ética. Grêmio deveria trabalhar silenciosamente. Só não pode fazer como o SP e Vitória que tiveram a cara de pau de negar o incentivo dado.Gustavo, segundo a zero hora foi por causa de uma amigdalite. Demorei uns 5 minutos para me dar conta que ele não tava jogando.

  6. Vicente Fonseca Says:

    Réver teve esse problema durante a semana, e inclusive se colocou em dúvida sua escalação nos treinos e nas projeções de time que se fazia para Ipatinga. Acho que já deve jogar domingo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: