Archive for December, 2008

Libertadores 2009 – Jogos da fase de Grupos

December 30, 2008

A Conmebol divulgou ontem a data e os horários dos jogos do Grêmio na fase de Grupos da Libertadores:

25/02 – quarta- 21h50 – Grêmio x Vencedor Chave 6 (U.de Chile x México 3)
11/03 – quarta-feira – 21h50min – Boyacá Chicó (COL) x Grêmio
25/03 – quarta-feira – 21h50min – Aurora (BOL) x Grêmio
07/04 – terça-feira – 19h – Grêmio x Aurora (BOL)
15/04 – quarta-feira – vencedor Chave 6 x Grêmio
22/04 – quarta-feira – 18h – Grêmio x Boyacá Chicó (COL).

Libertadores – Sorteio

December 28, 2008

PRÉ-LIBERTADORES

CONFRONTO 1:

Colômbia 3 x Peñarol (URU) – o time colombiano jogará a primeira partida em casa.

CONFRONTO 2:

Argentina 5 x Peru 3 – o time que ocupará a vaga 3, joga a primeira partida em casa.

CONFRONTO 3:

Equador 4 x Paraguai 3 – o time equatoriano jogará a primeira partida em casa.

CONFRONTO 4:

Equador 3 x Deportivo Anzoategui (VEN) – o Dep. Anzoategui jogará a primeira partida em casa.

CONFRONTO 5:

Brasil 5 x Bolívia 3 – o time brasileiro jogará a primeira partida em casa.

CONFRONTO 6:

México 3 x Universidad do Chile – o Univ. do Chile jogará a primeira partida em casa.

GRUPO 1
-LDU QUITO (EQU)
-CHILE 2
-SPORT RECIFE
-VENCEDOR DO CONFRONTO 5
GRUPO 2
-ARGENTINA 3
-PARAGUAI 2
-DEPORTIVO TÁCHIRA (VEN)
-VENCEDOR DO CONFRONTO 4

GRUPO 3
-RIVER PLATE (ARG)
-NACIONAL (URU)
-PERU 2
-VENCEDOR DO CONFRONTO 3

GRUPO 4
-BRASIL 1
-DEFENSOR (URU)
-COLÔMBIA 2
-VENCEDOR DO CONFRONTO 1

GRUPO 5
-BRASIL 3
-UNIVERSIDAD SUCRE (BOL)
-EQUADOR 2
-VENCEDOR DO CONFRONTO 2

GRUPO 6
-LANÚS (ARG)
-EVERTON (CHI)
-CARACAS (VEN)
-MÉXICO 2

GRUPO 7
-BRASIL 2
-AURORA (BOL)
-BOYACÁ CHICÓ (COL)
-VENCEDOR DO CONFRONTO 6

GRUPO 8
-ARGENTINA 4
-LIBERTAD (PAR)
-PERU 1
-SAN LUIS (MEX)

Para registro

December 25, 2008

BOTA-TEIMA – RODADA 38
postado por Mauro Beting

1. O campeão, quase sempre, tem o melhor time, e/ou a melhor comissão técnica, e/ou a melhor direção, e/ou mais dinheiro, e/ou mais poder, e/ou mais sorte, e/ou mais arbitragens favoráveis, e/ou cartolas atuantes nos bastidores, e/ou mais mídia, e/ou mais ibope, e/ou um monte de coisas.

2. No duelo São Paulo x Grêmio, em erros DETERMINANTES de arbitragem em todo o BR-08, pelos critérios do blog, o Tricolor gaúcho foi mais prejudicado que o paulista. Ponto.
Daí haver um esquema para prejudicar o Grêmio é outra história. Por mais estranho que seja todo o rolo do caso Tardelli, onde ainda o árbitro é o maior prejudicado.

3. Por rara coincidência, em números de lances capitais, não há equipes que tenham sido “ajudadas ou prejudicadas” igualmente. Ou foram mais ajudadas, ou foram mais prejudicadas. Nove equipes foram prejudicadas; 11 foram ajudadas.

4. Mas em relação aos erros ‘realmente’ determinantes, mais times foram prejudicados (11).

[[[[[SALDO TOTAL DEPOIS DE 38 RODADAS]]]]

[[[PREJUDICADOS]]]:

SEIS PONTOS A MENOS: Grêmio, Figueirense
CINCO PONTOS A MENOS: Botafogo, Portuguesa
TRÊS PONTOS A MENOS: Atlético-MG, Goiás
DOIS PONTOS A MENOS: Internacional, Palmeiras
UM PONTO A MENOS: Ipatinga, Náutico, Vasco
SALDO ZERADO: Flamengo, Sport

[[[BENEFICIADOS]]]:
UM PONTO A MAIS: Fluminense, Cruzeiro
DOIS PONTOS A MAIS: Atlético-PR, São Paulo
QUATRO PONTOS A MAIS: Coritiba
CINCO PONTOS A MAIS: Vitória
SEIS PONTOS A MAIS: Santos

+ + + + + + + + + + + + + + + + + + + +
(Pelo critério de lances que beneficiaram ou prejudicaram as equipes, sem considerar o placar final de cada jogo:)

“PREJUDICADOS”:
Atlético-MG – beneficiado em 3 lances; atrapalhado em 9.
Ipatinga – beneficiado em 2 lances; prejudicado em 6.
Figueirense – beneficiado em 1 lance capital; prejudicado em 5 lances de partidas.
Palmeiras – beneficiado em 5 lances; atrapalhado em 9.
Goiás – beneficiado em 3 lances; atrapalhado em 5
Botafogo – beneficiado em 5 lances; atrapalhado em 7.
Vasco – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 8.
Grêmio – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 8.
Portuguesa – beneficiada em 6 lances; atrapalhada em 7.

“AJUDADOS”:
Vitória – beneficiado em 8 lances; atrapalhado em 4.
Cruzeiro – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 2
Coritiba – beneficiado em 7 lances; atrapalhado em 4.
Atlético-PR – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 4.
São Paulo – beneficiado em 13 lances; atrapalhado em 11
Flamengo – beneficiado em 11 lances; atrapalhado em 9.
Inter – beneficiado em 8 lances; atrapalhado em 6.
Santos – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 4.
Náutico – beneficiado em 7 lances; atrapalhado em 6.
Fluminense – beneficiado em 6 lances; atrapalhado em 5.
Sport – beneficiado em 5 lances; atrapalhado em 4.
(Mauro Beting – 06/12/2008 10:07)

O futebol brasileiro não merecia que seu campeão, legítimo e merecido campeão, levantasse seu sexto troféu cercado de tanta desconfiança sobre a lisura de sua conquista.

O São Paulo, clube da melhor estrutura, dono do mais bem montado elenco, detentor dos títutos mais importantes dos últimos anos e representante legítimo do Estado que hoje comanda o país, não merecia isso.

Não merecia festejar a coroação de uma campanha tão eficiente com um gol vergonhosamente ilegal e um dia após ter vindo a público uma estranha e promíscua relação entre clube, federação paulista e o futebol.

Sim, o futebol… e o futebol, neste caso, aqui representado por torcedores, imprensa, dirigentes, jogadores, árbitros e todos que ajudam a fazer deste esporte a maior fábrica de picaretas da sociedade moderna.

E aqui, em respeito aos que me lêem, faço um mea-culpa: como homem, como jornalista e como torcedor.

Somos todos hipócritas _ uns mais, outros menos _ a nos indignar de acordo com o que nos afeta.

Festejamos vitórias ilícitas, veneramos ídolos sem caráter, damos fama a técnicos sem moral, e conferimos poder a dirigentes sem escrúpulos. No final, invejamos a festa de quem triunfa em meio a tudo isso.

E assim caminha o futebol, e assim vamos tocando a vida.

E ainda que analisado sob esta ética caolha, onde um olho se fecha para nossa própria astúcia e o outro se abre para denunciar a esperteza alheia, o futebol é uma linda paixão.

De volta à crônica

É preciso que a CBF não deixe que o título são paulino seja maculado por dois convites para o show da Madonna. Ou, se for o caso, que ajude a Polícia Federal e o Ministério Público a dignificarem nossa paixão.

Por último, aviso: enquanto nada for comprovado, sigo a acreditar que os erros de arbitragem são equívocos de amadores mal preparados, e que o fato de o São Paulo raramente ser prejudicado é mera coincidência.” (Gilmar Ferreira – 8/12/2008 – 14:07)

A notícia de que a CBF interceptou na manhã deste sábado um envelope com dinheiro que tinha como destinatário o árbitro Wagner Tardelli, encarregado de apitar Goiás x São Paulo joga lama no Brasileiro.

Num futebol já marcado por escândalos de arbitragem e onde a qualidade dos profissionais do apito põe sob suspeita a idoneidade de todo o sistema, a descoberta de tal envelope é um soco no estômago.

E principalmente por saber que o objetivo parecia agradar o árbitro escalado para apitar o último jogo do São Paulo, que luta pelo autêntico tricampeonato _ seu sexto título Brasileiro.

Logo o São Paulo, tido como o menos “prejudicado” pelos equívocos das arbitragens.

Logo o São Paulo, de superioridade tão questionada.

Logo o São Paulo, já comprovadamente favorecido em jogos contra Vasco e Botafogo _ só para citar dois jogos envolvendo clubes do Rio de Janeiro, há outros, assim como há outros favorecidos!” (Gilmar Ferreira – 6/12/2008 – 20:12)

Obviamente que o registro não fará a menor importância. Fica aí para quem quiser ler. Deixo o trecho do livro “Como o futebol explica o mundo” de Franklin Foer, onde aborda a questão da arbitragem e a pressão da imprensa no futebol italiano:

Duda Kroeff toma posse

December 23, 2008

Duda Kroeff tomou posse ontem como Presidente do Grêmio. O site oficial traz um perfil interessante de cada um dos membros do Conselho de Administração:

“PRESIDENTE:

Duda Kroeff

Tem 53 anos, natural de Porto Alegre, empresário. É filho do patrono do clube, Fernando Kroeff. Formado em Educação Física, é conselheiro do Grêmio desde 1978 e foi diretor de futebol em 1997/1998 e de marketing em 2003/2004.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO


Flavio Paiva

Tem 46 anos e é natural de Porto Alegre. É formado em Engenharia Civil. Empresário, sócio-diretor da H-Mech Tubos e Conexões Ltda. É Conselheiro, eleito em 2006, e membro-fundador da Associação Grêmio Unido, da qual integra a Diretoria Executiva.

Irany Santana Jr.

Tem 46 anos. É porto alegrense formado em economia, e especialista em finanças. Conselheiro do Grêmio atuou em diversas áreas do Clube como Planejamento e Administração. Dirigiu o Departamento de Futebol Amador em 1986 e hoje integra a Comissão de Planejamento Estratégico e preside a Comissão Especial de Acompanhamento do Projeto Arena.

Mauro Knijnik

Tem 68 anos e é natural de Porto Alegre. Economista foi Vice-Presidente do grupo Iochpe; Secretário da Fazenda do Rio Grande do Sul e Vice-Presidente do BRDE. Presidiu a Federasul e atualmente é o Presidente da Fundação Bienal do Mercosul. É Conselheiro, ex-presidente do Conselho Deliberativo e ex-presidente do Conselho Fiscal do Grêmio.

César Pacheco

Tem 56 anos. Nasceu em Porto Alegre e formou-se em Direito. Está no Grêmio desde 1980, tendo já exercido inúmeros cargos, dentre os quais o de Vice-Presidente de Futebol. É Conselheiro e atualmente integra o Conselho de Administração, como Vice-Presidente de Marketing. É também integrante da Comissão de Assuntos do Futebol no Conselho Deliberativo.

Marcos Hermann

Tem 54 anos. É natural de Porto Alegre, formado em Direito e pós-graduado em Administração de Empresas. Empresário, é Diretor Vice-Presidente do Grupo Renner. É Conselheiro, foi vice-presidente de futebol e atuou na área financeira do Clube. Integra a Comissão para Assuntos Financeiros do Conselho Deliberativo.

Alberto Guerra

Tem 34 anos. Nasceu em Porto Alegre e é advogado, dirigindo seu próprio escritório, com 40 profissionais. Foi Diretor Jurídico do Grêmio de 1995 a 1998 e de 2002 a 2007. É Conselheiro desde 2004. Foi membro da torcida organizada Máquina Tricolor 88/89.

SECRETÁRIO GERAL

Hélvio Pires

Tem 57 anos. É natural de Porto Alegre, Coronel da Reserva Remunerada (RR) da Brigada Militar. Entre os anos de 1993 e 1996 ocupou cargos de Diretor de Esportes Amadores e do Departamento de Judô. Foi Assessor da Vice-Presidência entre 1997 e 1998. Nos anos de 2003 e 2004, foi Diretor de Segurança. É Diretor Administrativo e membro da Comissão de Jogos.”

A única “surpresa” é a presença do Coronel Hélvio como Secretário Geral, figura prevista no artigo 79 do Estatuto Social do Grêmio:

Art. 79. O Conselho de Administração reunir-se-á, no mínimo, uma vez por quinzena, e poderá ser assessorado por um Secretário-Geral, cuja forma de escolha e atribuições constarão do Regimento Interno.

Público e Renda

December 21, 2008

Obs:

Série B :1º) Corinthians/SP – 23.786(19) ; 2º) Vila Nova/GO 12.404 (19)
Série C :1º) Santa Cruz/PE – 19.894 (06) ; 2º) Remo/PA – 13.366 (6)

Seleções do Campeonato

December 20, 2008

A minha:

Victor (Grêmio); Vitor (Goiás); Fábio Luciano (Flamengo), Réver (Grêmio) e Juan (Flamengo); Rafael Carioca (Grêmio), Ramires (Cruzeiro), Hernanes (São Paulo) e Wagner (Cruzeiro); Borges (São Paulo) e Keirrison (Coritiba).

Prêmio Craque Brasileirão 2008

Goleiro:
1º Victor (Grêmio)
2º Rogério Ceni (São Paulo)
3º Marcos (Palmeiras)

Lateral-direito:
1º Leo Moura (Flamengo)
2º Vitor (Goiás)
3º Elder Granja (Palmeiras)

Zagueiro pela direita:
1º Thiago Silva (Fluminense)
2º André Dias (São Paulo)
3º Fábio Luciano (Flamengo)

Zagueiro pela esquerda:
1º Miranda (São Paulo)
2º Ronaldo Angelim (Flamengo)
3º Réver (Grêmio)

Lateral-esquerdo:
1º Juan (Flamengo)
2º Leandro (Palmeiras)
3º Kleber (Santos)

Volante pela direita:
1º Hernanes (São Paulo)
2º Rafael Carioca (Grêmio)
3º Pierre (Palmeiras)

Volante pela esquerda:
1º Ramires (Cruzeiro)
2º Guiñazu (Inter)
3º Diguinho (Botafogo)

Meia-direita:
1º Diego Souza (Palmeiras)
2º Tcheco (Grêmio)
3º Ibson (Flamengo)

Meia-esquerda:
1º Alex (Inter)
2º Wagner (Cruzeiro)
3º Lucio Flavio (Botafogo)

Primeiro atacante:
1º Kléber Pereira (Santos)
2º Guilherme (Cruzeiro)
3º Keirrison (Coritiba)

Segundo atacante:
1º Alex Mineiro (Palmeiras)
2º Nilmar (Inter)
3º Kléber (Palmeiras)

Treinador:
1º Muricy Ramalho (São Paulo)
2º Vanderlei Luxemburgo (Palmeiras)
3º Celso Roth (Grêmio)

Craque:
1º Hernanes (São Paulo)
2º Kléber Pereira (Santos) e Alex (Inter)

Alguns problemas:
– Marcos entre os goleiros
– Réver atrás de Ronaldo Angelim
– Alex pode ter sido o melhor jogador da Sulamericana, no Brasileirão não passou nem perto.
– Alex Mineiro e Kléber disputando posição, sendo que formam uma dupla em seu time.
– Wanderlei Luxemburgo na frente de Roth (e Adílson Batista)

Bola de Prata Placar:

– Goleiro: Rogério Ceni (São Paulo)
– Lat.Direito: Vitor (Goiás)
– Zagueiro: André Dias (São Paulo)
– Zagueiro: Miranda (São Paulo)
– Lat. Esquerdo: Juan (Flamengo)
– Volante: Hernanes (São Paulo)
– Volante: Ramires (Cruzeiro)
– Meia:Wagner (Cruzeiro)
– Meia: Tcheco (Grêmio)
– Atacante: Borges (São Paulo)
– Atacante: Nilmar (Internacional)

Bola de Ouro: Rogério Ceni

Problemas da eleição da Placar:
– Sou fã do Tcheco, mas ele não foi o melhor meia do campeonato.
– William Magrão e Rafael Carioca não estão nem entre os 5 melhores volantes.
– Edno, da Portuguesa, está entre os meias. Jogou o campeonato como atacante.
– Ceni melhor goleiro? Ceni melhor jogador do campeonato?

Sérgio Xavier, editor da Placar, tenta fazer um comparação entre seu prêmio e o da globo e acaba fazendo um “mea culpa” sobre a escolha de Ceni (que claramente se fez pelos motivos errados):

Como podemos ver, apenas quatro jogadores atuam nas duas seleções: Miranda, Juan, Hernanes e Ramires. Sobre eles, não falaremos, portanto. Mais interessante é nos debruçarmos nas diferenças. A questão aí é conceitual.

Como funciona a Bola de Prata? Jornalistas da Placar (ou convidados) precisam estar no estádio em todos os 380 jogos do Brasileiro. Dão notas de 0 a 10 para todos os jogadores e as melhores médias vencem.

Como funciona o prêmio da CBF? 500 pessoas, jogadores e jornalistas, escolhem a sua seleção. É uma eleição. Não precisam estar no estádio nem necessariamente ter visto algum jogo. O caso, por exemplo, dos jogadores da Seleção Brasileira, que votam na Granja Comary. Como a maioria mora na Europa, a turma vota ser ter visto. De preferência, nos amigos. No São Paulo, o volante Jean votou em seu companheiro de meio-campo Hernanes. Hernanes retribuiu a gentileza. Votou em Jean. A chamada escolha “técnica”.

O resultado dos dois sistemas é simples. Placar tem correspondentes de Porto Alegre ao Recife. Em cada rodada, dez cérebros diferentes dão notas em dez partidas diferentes. Assim, o prêmio fica mais impessoal, menos sujeito às opiniões particulares. É prêmio de regularidade, não basta um brilhareco em algum momento do campeonato. Não adianta ser famoso, é preciso jogar bem muitas vezes.

O prêmio da CBF é um extrato do senso comum. Fama, aqui, vale muito. Kléber, lateral do Santos, fez uma temporada lamentável. Ele reconhece isso. Na Bola de Prata, 12 jogadores do Santos acabaram com médias melhores do que o 5,36 de Kléber. É exatamente isso. Doze (ou “douze” pelo dieleto carioca) jogadores de um time que já não foi grande coisa em 2008 superaram Kléber. Mas o lateral santista estava entre os três melhores no prêmio da CBF. Quem votou nele? Algum míope que não entende nada de futebol? Não, provavelmente alguém que não viu um único jogo do Santos e votou pela carreira de Kléber. O jogador fez bonito em temporadas passadas, não nessa. A fama, aí, garantiu a boa votação.

Poderíamos falar de Elder Granja, lateral de campanha opaca em 2008. Poderíamos falar de Ronaldo Angelim, do Flamengo, de Diguinho, do Botafogo. Todos indicados na CBF. Diego Souza chegou a ganhar o prêmio. André Dias, que por pouco não ganha a Bola de Ouro da Placar, não venceu nem na posição de zagueiro da CBF. Sinceramente, um absurdo. É claro que como diretor da Placar sou suspeitíssimo para falar de Bola de Prata x CBF. Nossas notas também merecem discussão, claro. Victor fez uim campeonato sensacional, tanto que foi a terceira melhor nota entre todos os jogadores de todas as posições. Mas não ganhou Bola de Prata porque Ceni levou. Ceni, além de goleiro, foi armador, líbero e artilheiro. Qual deveria ser premiado? Pergunta difícil, as duas alternativas merecem ser respeitadas. Mas não se deixe levar pelas opiniões, apenas pelos argumentos. Qual prêmio reflete melhor o que aconteceu no Brasileirão 2008?

Caso Madonna-Tardelli III

December 19, 2008

Depoimentos do caso Tardelli: versões conflitantes

Depois do presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, ter sido o último a prestar depoimento no STJD sobre os ingressos dados à FPF para o show da Madonna, o presidente do STJD, Rubens Approbato Machado, se pronunciou nesta quinta-feira.

– Vamos concluir o inquérito no prazo máximo de 30 dias a contar do início do processo. A sociedade precisa de uma satisfação e temos esta responsabilidade – afirmou.

Já tomamos todos os depoimentos. Existem versões conflitantes, o que pode levar ao indiciamento de algumas pessoas. Só não posso dizer quem. Tenho meu pensamento e o auditor que preside o inquérito (Virgílio da Costa Val) também – completou Approbato.

Além do presidente do Tricolor, o árbitro Wagner Tardelli, Marco Pólo Del Nero (presidente da FPF e quem fez a denúncia), Reinaldo Carneiro Bastos (vice da FPF), Sérgio Correia (presidente da Comissão Nacional de Arbitragem), Lílian Cardoso (secretária da FPF) e Maria Estela (secretária do São Paulo) também foram ouvidos.

– Ao que tudo indica, o Wágner Tardelli foi envolvido sem ter nenhum conhecimento. Existe a versão de que seria dinheiro ou outro mimo. Mas a CBF só tinha duas alternativas: ou suspendia a realização da última rodada, postergando a definição do campeão, ou trocava o árbitro. Acredito que fizeram o correto – concluiu Approbato. (Lance 18/12/2008)

TARDELLI NÃO SOFRERÁ DENÚNCIA EM INQUÉRITO DO STJD
Ao final da série de depoimentos no STJD, encerrada anteontem, o árbitro Wagner Tardelli foi “”absolvido”. “”Já ouvimos todos os envolvidos e tudo encaminha no sentido de que o árbitro não foi sequer procurado”, disse o presidente do STJD, Rubens Approbato. Tardelli foi afastado da partida entre São Paulo e Goiás após o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero, sem prova concreta, ter apresentado denúncia envolvendo o árbitro. O inquérito será concluído pelo STJD até o final deste mês. Sem dar nomes aos indiciados, Approbato informou que provavelmente a investigação “”se desdobrará em processo disciplinar“. (Folha de São Paulo, sexta-feira, 19 de dezembro de 2008)

Em seu depoimento, Wagner Tardelli esclareceu que mantém relações meramente profissionais com a Federação e nenhuma relação com o São Paulo Futebol Clube, salvo no compromisso de sua função quando é escalado para apitar jogos. Além disso, revelou não conhecer nem a secretária da Federação e nem a secretária do clube.” (Justiça Desportiva – 15/12/2008)

Do peito
Personagens da denúncia que agitou o Brasileiro, Reinaldo Carneiro Bastos e Wagner Tardelli são amigos de longa data.” (Folha de São Paulo, terça-feira, 09 de dezembro de 2008, Coluna Painel FC) “

Já no depoimento do Presidente da Federação, Marco Pólo, ele afirma que esteve ausente na Entidade entre os dias 3 e 5 e que na tarde do dia 5, entre 21 e 22h, recebeu a ligação de sua secretária Lilian, dizendo que estava preocupada com uma ligação da secretária do Presidente do São Paulo, para o fim de entregar um envelope ao Vice-Presidente da Federação, Reinaldo Bastos, cujo o destinatário final era o árbitro Wagner Tardelli.” (Justiça Desportiva – 15/12/2008)

Telefone sem fio
Quem conhece as versões dos envolvidos no caso Wagner Tardelli diz precisar de boa vontade para crer que o imbróglio seja só um grande mal-entendido. A secretária do São Paulo teria ligado para a FPF dizendo que tinha de enviar carta para o vice Reinaldo Carneiro Bastos com restrições a Tardelli para o jogo contra o Goiás. E aproveitou para dizer que tinha mandado envelope com ingressos do show de Madonna para Bastos. Sua interlocutora teria se confundido e avisado Del Nero de que o clube tinha envelope para o juiz.

Tiete.
A secretária do São Paulo sustenta que avisou à FPF que os ingressos do show de Madonna para o presidente da entidade não tinham sido enviados porque a tribuna pedida por ele não estava liberada. O cartola e seu vice negam ter pedido os convites. (Folha de São Paulo, domingo, 14 de dezembro de 2008, coluna Painel FC)

Dinheiro da TV

December 17, 2008

PPV “muda” ranking das torcidas

A Globo anunciou, nesta segunda-feira, os resultados da primeira pesquisa encomendada aos institutos Datafolha e Ibope sobre a preferência clubística de seus assinantes do sistema de pay-per-view. O índice, que decidirá a divisão do montante mínimo da propriedade para os próximos três Campeonatos Brasileiros, mostrou um panorama conhecido nas quatro primeiras posições da “tabela”, mas uma composição inusitada nas posições subseqüentes.

Flamengo, Corinthians, São Paulo e Palmeiras, pela ordem, lideram a lista. A partir da quinta posição, porém, o ranking não segue a “lógica” das maiores torcidas do país.

O maior prejudicado é o Vasco. Apontado como o quinto clube de maior torcida no Brasil pela última pesquisa Datafolha, com 6% da preferência, a agremiação de São Januário é apenas a oitava na aferição do PPV, com 6,46% das lembranças.

A diferença está na ascensão de Grêmio, Internacional e Cruzeiro, que passaram à frente com 8,17%, 6,87% e 6,56%, respectivamente. O resultado avaliza o mau momento do Vasco, que depois de ter sido rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro tentou evitar o corte de 50% de suas cotas de televisão (padrão no Clube dos 13), sem sucesso.

Destacado como uma das maiores ascensões, o Grêmio também ratificou o apoio que vem recebendo da torcida nos últimos anos. Na última edição do nacional, o clube do Olímpico teve a segunda melhor média de público, com 31.725 pessoas por partida.

“A gente sabe que tem uma torcida diferente. Se você pegar o Datafolha e o Ibope, nós estamos sempre bem colocados, assim como na Timemania. Desta vez ultrapassamos até o Vasco”, disse César Pacheco, vice-presidente de marketing do clube gaúcho, que esteve presente na reunião do Clube dos 13 em que foram apresentados os resultados.

Líder isolado com 13,84% da preferência, o Flamengo mantém a ponta de maneira confortável, mas não tanto quanto nos tradicionais índices de torcida. Ao contrário dos seis pontos percentuais sobre o Corinthians (17% contra 12%, segundo a última pesquisa Datafolha), os cariocas tiveram de se contentar com cerca de quatro, já que os paulistas obtiveram 9,77% das lembranças.

“O Flamengo já esperava isso. Nós tínhamos a notícia de que éramos os maiores vendedores, mas como São Paulo tem mais cobertura da Globo poderia dar um resultado mais apertado, o que acabou não acontecendo”, disse Márcio Braga, mandatário do clube da Gávea, que considerou o resultado melhor que o esperado.

O São Paulo, por sua vez, ratificou seu poderio econômico e se aproximou do Corinthians, com 9,21% da preferência, contra 8% da última pesquisa Datafolha sobre torcidas. Atlético-MG e Fluminense, com 5,94% e 5,55%, respectivamente, completaram a lista. (GUSTAVO FRANCESCHINI, Da Máquina do Esporte, em São PauloSEGUNDA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO DE 2008 – 20h32)

Confira a lista dos dez clubes mais citados na pesquisa do PPV feita pelo Ibope:

1- Flamengo – 13,84%
2- Corinthians – 9,77%
3- São Paulo – 9,21%
4- Palmeiras – 8,23%
5- Grêmio – 8,17%
6- Internacional – 6,87%
7- Cruzeiro – 6,56%
8- Vasco – 6,46%
9- Atlético-MG – 5,94%
10- Fluminense – 5,55%

Interessante estas informações trazidas nas matérias. Contudo não é informado como foi feita pesquisa (quem? quantos? quando? aonde?) .

Ainda assim os números são favoráveis ao Grêmio. Contrastantes com a divisão do dinheiro da Televisão:

Grupo 1 – R$21 milhões – Flamengo, Palmeiras, São Paulo e Vasco
Grupo 2 – R$18 milhões – Santos
Grupo 3 – R$15 milhões – Atlético/MG, Botafogo, Cruzeiro, Fluminense, Grêmio e Inter
Grupo 4 – R$11 milhões – Atlético/PR, Coritiba, Goiás, Portuguesa, Sport e Vitória.

E ainda tornam mais pertinentes os questionamentos feitos pelo Blog Grêmio Libertador em Junho.

Campeão Brasileiro 1996

December 16, 2008

http://brasileiro1996.blogspot.com/

O Blog não está completamente finalizado. Mas pela lembrança dos 12 anos do título, achei importante “estreá-lo” mesmo assim. Faltam ainda algumas atualizações. Mas já tem fotos e vídeos da maioria dos jogos, e em todos a ficha do jogo.

Se, por um acaso, alguém possuir algum material que não esteja publicado lá, peço para que faça o favor de me enviar e contribuir com o blog.

Eleição no Co-irmão

December 14, 2008
Sábado o co-irmão realizou eleições para Presidente e para renovação do seu conselho deliberativo. O resultado pouco me importa. Mas do processo em si extrai-se algumas informações interessantes.

25.000 sócios aptos a votar. 7.473 votaram. Comparecimento de 30%. Nada muito diferente do histórico de comparecimento nas últimas eleições gremistas.

Duas idéias a serem “copiadas”:

Urnas no interior do estado

– Cláusula de Barreira mais baixa (15%), permitindo uma maior pluralidade de grupos e movimentos e uma maior representatividade do associado no conselho.