Copa do Brasil – Santos 3 x 1 Grêmio

Não deu. Mais uma vez. Mesmo com desfalques e improvisações o Grêmio fez um grande primeiro tempo. Marcação forte e adiantada, valorização da posse de bola e escapadas que resultaram em boas chances de abrir o marcador. O poderio ofensivo do Santos foi neutralizado na primeita etapa.

Aos 6 do segundo tempo, tudo mudou com o golaço de Ganso. O Santos cresceu, o Grêmio não conseguiu mais ir ao campo de ataque e aos 25, em novo golaço, Robinho ampliou. O tricolor então reagiu, descontou com Rafael Marques e mostrou que iria cair lutando. Na base da vontade assustou a Vila Belmiro (recheada de torcedores de ocasião), que só respirou aliviada quando Wesley fez o 3×1 final.

Muito se temia pela escalação da linha defensiva, que de um modo geral foi bem. Infelizmente o trio ofensivo do Grêmio não esteve numa noite inspirada. E Adílson, mais uma vez, foi o melhor gremista em campo.

Não vou entrar muito na questão do merecimento. Me parece que o Grêmio errou muito nos dois jogos, especialmente na primeira partida no Olímpico. E o Santos, apesar da irregularidade, teve momentos de talento, o que bastou para superar o adversário.

Independente disso, tem sido muito frustrante acompanhar futebol. O Santos, assim como no primeiro jogo (e contra Ceará, Atlético-MG, Santo André) foi beneficiado e protegido pela arbitragem. É chato e repetitivo falar disso. E bem possível que mesmo com uma arbitragem perfeita o Grêmio fosse eliminado, mas não foi isso que ocorreu.

E não foi por falta de aviso. Até os jornalistas mais chapa branca alertavam para os perigos de Marcelo de Lima Henrique no apito. O lance em que Ganso pediu (e conseguiu) um amarelo para Hugo foi sintomático. Robinho tentou apitar o jogo (com direito a palavrão) enquanto Victor era advertido na sua primeira reclamação. Aos 32, Jonas foi puxado por Edu Dracena até a sua camisa rasgar. Na origem do 1º gol do Santos, há uma falta clara em Jonas (que é quem acaba dando espaço para jogada). No lance que resultou na expulsão de Jonas e Dracena (dentro da área do Santos), o juiz inverteu a falta (O zagueiro acertou antes o atacante). Ainda, aos 45 do segundo tempo, Edílson foi derrubado dentro da área, e o juiz mandou seguir.

Um juiz ruim, por si só, é revoltante. Pior ainda é a cobertura da imprensa e as pessoas achando isso normal, já acostumadas, resignadas. Acompanhei o jogo no Sportv e a coisa foi triste. Não bastasse a reporter Joana de Assis falando em “RoXemback”, André Rizek corneteando Adílson, ainda tivemos o velho problema da parcialidade da seleção de replays. O lance do penalti do Jonas só foi repetido por que ele saiu de campo com a camisa completamente rasgada. Não foi repassado um lance de penalti no Edílson, e o replay da expulsão do Jonas e Dracena só foi mostrado no Sportv News. E a “nossa” imprensa, que tanto falou em Grêmio X Avaí, tanto falou em Banfield x Inter, estranhamente (ou não) silenciou.

Fotos: Agência Lance (Terra), Miguel Schincariol (ClicRBS) e Leandro Amaral (Correio do Povo)

Santos 3 x 1 Grêmio

SANTOS: Felipe, Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Rodriguinho, Wesley e Paulo Henrique Ganso; Robinho (Bruno Aguiar), André (Marcel) e Neymar (Madson)
Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Victor, Edílson, Ozeia, Rafael Marques e Joílson; Adilson, Willian Magrão (Willian), Hugo (Leandro) e Douglas; Jonas e Borges.
Técnico: Silas

Copa do Brasil 2010 – semifinal – jogo de volta
Data: 19/05/2010, quarta-feira, 21h50min
Local: Estádio Vila Belmiro, Santos-SP.
Público: 13.896 pagantes
Renda: R$ 592.975,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique/RJ (FIFA).
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues/RJ (FIFA) e Dilbert Pedrosa Moises/RJ (FIFA)
Cartões amarelos: Ozeia, Hugo, Victor, Edílson. William Magrão, William (Grêmio); Léo, Rodriguinho, Neymar (Santos).
Cartões vermelhos: Jonas, Dracena, Rafael Marques
Gols: Paulo Henrique Ganso, aos 6, Robinho, aos 25, Rafael Marques, aos 30, Wesley aos 40 do 2º tempo

Advertisements

8 Responses to “Copa do Brasil – Santos 3 x 1 Grêmio”

  1. Adriano Snel Says:

    André, foste mais claro que água. Já tinha cantado a pedra da imprensa, que pra variar, sempre parcilíassima contra o Grêmio. Chega a dar nojo, vergonha.Outra coisa que me irrita é o fato desses moleques serem tudo uns HIPÓCRITAS e uns grandes filhos da puta, pois se dizem Atletas de Cristo, e ficam tentando ganhar o jogo ROUBANDO, tentando cavar faltas e tal. E o pior de tudo que os árbitros caem a toda hora nessas.Espero que essa década de MERDA acabe logo. Chega de chegar e não ser campeão. Dói.Abração!

  2. Bruno Coelho Says:

    Vocês querem tortura de verdade? Imaginem ouvir esse jogo na Rádio Bandeirantes, em São Paulo, com José Silvério de Andrade claramente torcendo pelo Santos e ainda ter que agüentar a corneta do Milton Neves? Única salvação ali era o Claudio Zaidan, e só. Sorte que cheguei em casa após os 15 minutos de jogo.

  3. Maninho Fragoso Says:

    Vamos ser realistas, por favor. Os dois times se equivalem em qualidade ofensiva, talvés um pouco mais para o Santos. O que definiria os confrontos seria o time que errasse menos. No jogo de ida demos muito espaço no primeiro tempo e tomamos um gol no final do jogo por falhas na marcação. Ontem tomamos três gols no nosso erro: o primeiro Ganso faz um-dois em cima do Adilson que não o acompanhou, coisa de escolhinha; no segundo gol havia um buraco na marcação onde o Robinho entrou e no terceiro o Douglas cobrou um escanteio praticamente rasteiro, no primeiro pau, com o time todo esperando a bola alta. Pegaram nossa zaga com as calças na mão.Não vejo a arbitragem como decisiva para o resultado. Em um embate entre duas equipes muito parecidas ganhou a quem errou menos. Ah, e nosso ataque simplesmente não existiu na Vila Belmiro.

  4. Rosana Says:

    Em resposta a esse Idiota Adriano Snel….Primeiro nenhum atleta do santos tem dito a publico que é atleta de cristo ou coisa parecida.Segundo, jogador nao rouba nada e sim o arbitro pode cometer erros.Terceiro vc usa palavras que devem ser comuns entre sua famila, pois FDP deve ser quem te gerou.A DOR PELA DERROTA E O MENOSPREZE PELOS MELHORES FAZ UM CIDADÃO SO DIZER BESTEIRAS COMO VC, SUA FACULADADE DE NADA VALEU PELO SEU CARATER QUE VC DEMONSTRA TER.

  5. Eduardo Says:

    Perdemos pela diferença da qualidade técnica individual. Ng comprometeu. Foi uma série de coisas e não algo isolado que dá pra apontar culpa.Jogo aqui falhamos. Ontem falhamos pq era deixamos espaço pra contra golpes. Mas do outro lado, os santistas pode falar que o Gremio fez 2 gols aqui por conta das falhas do Mancha….Ocorre que o time deles aproveita melhor as falhas pq tem qualidade superior mesmo no ataque.

  6. Anonymous Says:

    Temos elenco médio, sobras do rico São Paulo, jogadores que os poderosos econômicos rejeitaram e,além disso, cansamos no segundo tempo, não temos a simpatia da cbf…

  7. Jiyonni Says:

    Olá. Entrei no seu blog em busca de fotos da partida (peço licença para usá-las) e aproveitei pra ler a matéria. Muito boa. Concordo com você quando diz da proteção em cima do Santos. Ontem, o Neymar não podia ser encostado que caía e rolava. Me irritou. Como eu frisei em meu texto, o Santos ganhou só na individualidade. Se o Grêmio tivesse pelo menos um fora-de-série, ganharia o jogo.Um abraço!

  8. Anonymous Says:

    Sou Santista, mas falar em bairrismo da Radio Band SP é brincadeira, vcs ouviram a narração do 1º jogo, pelo Radio Band Porto Alegre!!! Obrigado, serviu de motivação para o Santos Dançar o Elimination !!! rs rs rs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: