Archive for July, 2010

Projeto e construção do Olímpico

July 30, 2010

“Há quase 30 anos, numa especie de concorrência pública feita pelo Grêmio, o engenheiro Armando Ballista e o arquiteto Plínio Almeida apresentaram seus anteprojetos para a construção do estádio Olímpico. Plínio acabou em primeiro lugar, e Ballista ficou em segundo. Quando as obras começaram, em 53, Plínio havia se afastado por problemas particulares, enquanto que Ballista estava lá, firme, fazendo os cálculos e fiscalizando os trabalhos. Ele, um torcedor do Inter não muito fanático, era e ainda é o engenheiro responsável pela obra idealizada por seu concorrente.

[…]

O Olímpico de hoje não é exatamente igual ao idealizado pro Plínio no início dos anos 50. Existem algumas pequenas alterações, todas com o objetivo de dar mais conforto, segurança e também de preservar uma unidade arquitetônica.” (Folha da Tarde, 21 de junho de 1980)

Muitos dos detalhes da matéria acima não são exatamente novidade para mim.

Me chamou a atenção esse dado (talvez irrelevante) de que Armando Ballista era colorado.

E fiquei bastante curioso em saber quais seriam essa mudanças em relação ao projeto original.

Entrevista Irany Sant’anna Jr

July 27, 2010
O BloGrêmio conversou com Irany Sant’anna Jr, integrante do Conselho de Administração do Grêmio, vice-presidente de finanças do Tricolor.

É bom ressaltar que o Irany Jr, foi bastante solícito com o BloGrêmio, respondendo todos os questionamentos com tranquilidade e transparência.

Abaixo segue um trecho da entrevista:

Como estão divididas as receitas do Clube (QS, tv, venda de atletas, bilheteria…)?
O total de receitas estaria na casa dos R$ 115 milhões, as principais seriam: TV (entre 28 e 30 milhões de Reais), Quadro Social (R$26mi), venda de atletas (R$17mi previsto) e bilheteria (R$12mi).

O orçamento de cada setor do clube está de alguma forma atrelado a receita gerada pelos mesmos?
Não.

Quem são os credores do Grêmio a curto prazo e quanto cada um tem a receber? E a médio e longo prazos?
Metade do passivo é fiscal e está atrelado à Timemania. A curto prazo, os maiores credores são bancos (em torno de R$20 mi) e em seguida vem o Clube dos 13 (R$ 11 milhões) e o Condomínio de Credores.

Sobre o Condomínio: a dívida já caiu de R$24 mi para R$8 mi, sendo que outros credores entraram no condomínio, o que valoriza ainda mais o desempenho. Hoje, 30% da venda de atletas e 70% do mecanismo de solidariedade vão para o condomínio.

Mas é importante ressaltar que isso não implica que o passivo total do clube foi reduzido. O que houve é que o Grêmio procurou honrar seus compromissos com os condomínios, repassando a eles o que tem direito nas vendas de atletas. No entanto, muitas vezes, após vender um jogador, pagar investidores (que já detinham parte de direitos econômicos) e pagar condomínios o valor que sobrava era inferior ao necessário para repor novos jogadores, fazendo com que o Grêmio buscasse nova forma de financiamento (novo passivo).

Assim, os passivos só cairão realmente pela geração de novas receitas (o que esperamos conseguir em breve). No entanto, houve significativa recuperação do crédito do clube, pois há percepção do esforço para honrar compromissos, o que fez com que o custo financeiro caisse (o Grêmio atualmente consegue crédito a taxas normais de mercado).

Atualização: Em razão das informações prestadas na última reunião do conselho deliberativo (e da repercussão da mesma) o Vice-presidente Irany fez o seguinte acréscimo a entrevista:
“Para não parecer que haja informações desconexas entre as constantes da entrevista e as prestadas ao CD do Grêmio ontem, esclareço que fizemos uma antecipação de receitas contra recebimentos da Globo após nossa entrevista (R$ 5 milhões). Estas antecipações não são ideais, mas tem sido realizadas pela maior parte dos clubes de futebol nos últimos anos (quando assumimos, elas existiam em nível similar). Ainda não vemos isso como muito preocupante, pois as receitas já contratadas de televisão para 2011 atingem R$ 30 milhões e devem crescer significativamente (novo contrato está sendo negociado) e as antecipações até aqui realizadas não chegam a R$ 9 milhões.“

Brasileirão – Cruzeiro 2 x 2 Grêmio

July 25, 2010

Jogando num 3-5-2 emergencial o Grêmio voltou a ser aquele time de antes da Copa. Mas não o time do Gauchão ou da Copa do Brasil, e sim o Grêmio do Brasileirão. O time que, como visitante até joga melhor que o adversário, mas nunca consegue a vitória. Foi o que aconteceu hoje. O tricolor dominou o primeiro tempo, criou as melhores chances e conseguiu abrir o placar pouco antes da ida para o vestiário, quando Jonas fez boa jogada e Borges marcou de cabeça, se antecipando a defesa cruzeirense.
A vantagem durou somente os 15 minutos de intervalo, pois o Grêmio conseguiu a proeza de tomar um gol praticamente no reinício do jogo. A bola não saiu da defesa do Grêmio até Henrique empatar o jogo de cabeça. A reação do Cruzeiro parou aí, o Grêmio voltou a mandar no jogo e desempatou com um gol de Jonas aos 34 (Teria desempatado antes não fosse a arbitragem). Mas sofreu novo empate em nova cabeçada de Henrique. Victor reclamou de falta no lance (não consegui ver, uma câmera invertida seria esclarecedora). O time novamente pagou um preço caro por não saber converter a superioridade em vantagem no placar.
Me surpreendi com o (relativo) bom desempenho desse novo esquema e gostei dessa mudança de atitude (que por si só não resolve nada).

Não era preciso ser nenhum gênio para saber que Marcelo de Lima Henrique iria prejudicar o Grêmio. Mas foi só depois de feito o estrago é que a direção estuda formalizar protesto contra arbitragens“.
O juiz deixou de dar um pênalti em Borges aos 4 minutos do segundo tempo. Errou também em diversas marcações de impedimento, como aos 14 do segundo tempo, quando Adílson lançou e Jonas sairia na cara do goleiro. Interessante notar nas estatísticas do site Superesportes, onde fica claro o descritério da arbitragem, que marcou 28 faltas gremistas contra 17 do Cruzeiro.

Fica difícil entender nosso treinador. No jogo passado Silas resolveu que iria absolver o árbitro. Hoje ficava pedindo para a Débora de Oliveira registrar os prejuízos causados pela arbitragem.
Essa história da confusão no vestiário está muito mal contada. Jogadores “teriam” brigado e foram os funcionários do estádio que presenciaram a briga. Uma história bem comprida. Enfim, mesmo que efetivamente tenha acontecido, o evento não é tão grave ou incomum. O problema está no fato de se permitir que a imprensa faça um carnaval em cima disso sem ter nenhum elemento concreto. O Grêmio está muito fragilizado. Todo mundo faz o quer com (e no) clube.
Fotos: Washington Alves (VIPCOMM), Jornal Hoje em Dia/Correio do Povo e Alisson Gontijo (Terra)

Cruzeiro 2 x 2 Grêmio

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo (Sebá, intervalo), Fabinho, Cláudio Caçapa e Diego Renan; Fabrício (Marquinhos Paraná, 20min 2ºT), Henrique, Jonathan e Everton; Thiago Ribeiro e Robert (Reina, 29min 2ºT).
Técnico: Cuca.

GRÊMIO: Victor; Ozeia, Rodrigo e Rafael Marques (William Magrão, 15min 2ºT); Maylson, Adilson, Rochemback (Ferdinando, 25min 1ºT), Douglas e Hugo; Jonas (Fernando, 36min 2ºT) e Borges.
Técnico: Silas

11ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2010
Data: 25/7/2010, domingo, 16h00min
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Público: 9.845 (9.672 pagantes)
Renda: R$ 208.796,25
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Rodrigo Pereira Jóia (RJ)
Cartões amarelos: R Marques (G), Sebá (C), Douglas (G), Fabinho (C), Henrique (C)
Gols: Borges, aos 45min do primeiro tempo; Henrique, a 1min e 41min, Jonas, aos 34min do segundo tempo

E o Réver voltou

July 25, 2010
Seis meses após ir para a Alemanha, Réver retornou para o futebol brasileiro (infelizmente não para Porto Alegre). Não pretendo discutir a disputa entre Grêmio e Atlético Mineiro, e sim fazer algumas considerações sobre essa volta tão repentina.

Entre outros motivos, Réver mencionou a dificuldade de adaptação como a principal causa do seu insucesso no exterior:

“Na verdade, minha maior dificuldade neste meu início de trajetória na Europa foi a adaptação à Alemanha, isso acontece com a maioria dos jogadores brasileiros e no meu caso, ainda fui prejudicado pelas lesões (fraturou a mão em seu último jogo pelo Grêmio), pois não tive a oportunidade de jogar e este era o meu grande objetivo” (ClicRBS – 10/06/2010 | 15h25min)

Réver não foi o primeiro, e nem será o último jogador brasileiro a voltar do abruptamente do futebol estrangeiro. Lendo a declaração acima, imediatamente lembrei de um capítulo do livro “Soccernomics“, onde os autores tratam dos principais erros no mercado de transferências de atletas. Um dos tópicos se refere justamente aos problemas de adaptação dos jogadores estrangeiros:

[…]”A maioria das grandes empresas sabe como uma mudança/adaptação é difícil, e fazem o máximo para suavizar essa transição. Quando um executivo senior da Microsoft muda de país, um “consultor em mudança” ajuda a sua família a achar escolas, uma casa e a aprender as convenções sociais do novo país.” […] “Uma adaptação cara pode custar $25.000 ou 0,1 porcento de uma grande transferência. Mas no futebol, a mais globalizada das indústrias, gastar qualquer coisa com uma adaptação/mudança é considerado um desperdício de dinheiro

Achei interessante esse ponto levantado pelos autores. Obviamente feito a partir do ponto de vista do europeu/comprador. Mas acho que é uma reflexão válida também para “nós”, sulamericanos/vendedores. Será que não seria o caso de se investir um pouco nessa área, justamente para agregar valor ao “produto” jogador?

Brasileirão – Grêmio 1 x 1 Vasco

July 22, 2010

Com toda a chuva, com toda a água no gramado, realmente fica difícil falar algo sobre o futebol praticado no gramado do Olímpico. Surpreendentemente, dois gols aconteceram antes dos 10 minutos de jogo. Nunes abriu o placar aos 6, num lance em que a bola resvalou em Ozéia e tirou Victor da jogada. Três minutos depois, Maylson deu um bom passe e Jonas marcou um golaço para igualar o placar.

E o Heber aprontou mais uma vez (Como faz, invariavelmente, desde 2006). Pênalti escandaloso cometido por Titi no final do jogo. E quase nenhum jogador do Grêmio reclama (só vi André Lima indignado). Duda ficou “chateado”, Meira não tocou no assunto e Silas, incrivelmente, “absolveu” o juiz. Vestiário gremista em sintonia. E a comunicação do Grêmio segue perfeita.

Fotos: Roberto Vinícius (Terra) e Mauro Shaefer (Correio do Povo)

Grêmio 1 x 1 Vasco
Nunes 6′
Jonas 9′

GRÊMIO: Victor; Fernando (Saimon), Rafael Marques, Ozeia e Neuton; Adílson, Fábio Rochemback, Hugo (Willian Magrão) e Maylson (André Lima); Jonas e Borges

Técnico: Silas

VASCO: Fernando Prass; Fagner (Jumar), Titi, Dedé e Carlinhos; Nilton, Rafael Carioca, Rômulo e Fumagalli (Léo Gago); Jonathan (Elton) e Nunes

Técnico: PC Gusmão

10ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2010

Data: 21/07/2010, quarta-feira

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre

Árbitro: Héber Roberto Lopes (PR)

Assistentes: Gilson Bento Coutinho e José Amilton Pontarolo (PR)

Público: 4.076 pagantes

Renda: R$ 64.309,50

Cartões amarelos: Fernando (GRE), Neuton (GRE), Nunes (VAS),

Gols: Nunes, do Vasco, aos seis minutos do primeiro tempo; Jonas, do Grêmio, aos nove minutos do primeiro tempo;

Obras na Azenha em 1954

July 21, 2010
Achei bastante interessante esta nota publicada no Correio do Povo, em fevereiro de 1954, sobre o andamento das obras de construção do Olímpico. O dado curioso é que a inauguração era prevista para Abril de 54, sendo que só foi inaugurado efetivamente em Setembro daquele mesmo ano.

Da mesma forma, me chamou a atenção um anúncio de um empreendimento imobiliário chamado “Núcleo Residencial Carlos Barbosa“, onde a propaganda tinha como base o novo estádio do Grêmio:

“Prosseguem em ritmo normal as obras do Estádio Olímpico do Grêmio Porto Alegrense, monumental obra que virá dotar a cidade de um notável melhoramento esportivo e colocar o tradicional clube das três cores entre as agremiações mais bem aparelhadas do cenário esportivo nacional. Iniciaram-se agora os trabalhos preliminares para a colocação da marquise do grande pavilhão destinado ao quadro social e que representa uma das últimas etapas da obra, sendo pensamento dos mentores gremistas inaugurar o Estádio em abril próximo, isto se não houver contratempo maior. A foto acima, colhida a bordo de um avião, dá uma idéia do estado atual das obras.”



Brasileirão – Grêmio Prudente 2 x 0 Grêmio

July 19, 2010

Um filme de terror. O Grêmio até teve um certo domínio no início do jogo, demonstrando alguma iniciativa. Teve uma boa chance em falta cobrada por Edílson. Mas, aos 22, a barreira gremista (leia-se Douglas e Edílson) abriu de forma cômica e Paulo César abriu o placar. A partir daí, não se teve mais notícias sobre o paradeiro do time do Grêmio. Nem o pênalti (mal marcado) defendido por Victor conseguiu fazer com que o tricolor reagisse.

É difícil enxergar no campo jogadores com algum comprometimento com o clube, com alguma identificação com a camiseta. A apatia parece ser regra.

Mas por outro lado, é bem fácil enxergar um buraco na meia cancha tricolor. Adílson fica completamente sobrecarregado.

No final do primeiro tempo, Grêmio perdendo o jogo, e Rodrigo, dentro da área, atrasa uma bola de calcanhar para o Victor. Sintomático.

O juiz rouba, o treinador adversário “apita” o jogo inteiro e ninguém faz absolutamente nada

Assistir aos jogos do Grêmio tem sido, por si só, uma experiência bem desagradável. A equipe do PFC conseguiu torna-la ainda pior.

Fotos: Célio Messias (Correio do Povo) e Marcos Bezerra (Terra)

Grêmio Prudente 2 x 0 Grêmio
Paul César 22´
Vanderley 90+1

GRÊMIO: Victor, Edilson (Maylson 29’/2ºT), Rafael Marques, Rodrigo e Neuton; Adilson, Rochemback, Hugo e Douglas (Roberson 43’/2ºT); Jonas e Borges (André Lima 30’/2ºT) Técnico: Silas.


GRÊMIO PRUDENTE: Giovanni, Paulo César, Anderson Luis, Leonardo e Marcelo Oliveira; Rodrigo Mancha, João Vitor, Deyvid Sacconi (Anderson Trindade 21’/2ºT) e Carlos Eduardo (Diego 27’/2ºT); Wanderley e Wesley (Flavinho 34’/2ºT)
Técnico: Toninho Cecílio.

9ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2010
Data: 18/06/2010, domingo
Local: estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Público: 4.153 presentes
Renda: R$ 63.650,00
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Adailton José de Jesus (BA)
Cartões amarelos: Edílson, Rodrigo, Douglas, Neuton; Anderson Luís, João Vítor.
Cartões vermelhos: João Vítor
Gols: Paulo César, do Grêmio Prudente, aos 22 do primeiro tempo; Vanderley, do Grêmio Prudente, aos 46 minutos do segundo tempo

A estréia de Renato no Grêmio

July 17, 2010
Foi o Fábio Mundstock que sabiamente lembrou do dia estréia de Renato no Grêmio, um 15 de junho (mesma data da estréia de Lara) de 1980, num amistoso contra o Comercial-MS
O site do Grêmio aproveitou a dica e registrou essa coincidência, acrescentando que o jogo aconteceu no Estádio Prata Braga (o popular “Loucão”), na cidade Maracaju-MS.
Na época Renato ainda estava nos juniors (não havia sequer completado 18 anos). Foi chamado para os profissionais para suprir a ausência de Tarciso, que tinha machucado a sola do pé ao chutar o calcanhar de Dirceu em um treinamento, ficando com a perna direita engessada por 15 dias. Quando o “Flecha Negra” se recuperou, Renato voltou para a base.
Segue abaixo a reportagem da Folha da Tarde e a ficha do jogo:

Comercial-MS 1 x 0 Grêmio

COMERCIAL: Moacir; Cruz, Laércio, Reacir e Diogo; Mário, Helinho e Genildo; Cido, Alcione (Ninho) e Corisco.

GRÊMIO: Remi; Mauro, Newmar, Vantuir e Dirceu; Vitor Hugo, China (Bonamigo) e Leandro; Renato (Jurandir), Baltazar e Jesum.
Técnico: Valdir Espinosa

Amistoso – 15/06/1980
Local: Estádio Prata Braga “Loucão” em Maracaju-MS
Público: 15 mil pagantes
Renda: Cr$ 468.000,00
Juiz: Alpineu Romão
Auxiliares: Carlos dos Santos e Carlos Roberto
Gol: Mário, 1 minuto do segundo tempo

Entrevista – Grêmio Acima de Tudo

July 16, 2010

A. Identificação.

1. Nome do Movimento:

Movimento Grêmio Acima de Tudo

2. Data da Fundação:

2007

3. Principais Fundadores:

Presidente Hélio Dourado

4. Principal objetivo da sua criação:

Implementar sua proposta no sentido de que o Grêmio tenha uma administração moderna, profissional e democrática, com ampla participação dos sócios, inclsuive em caráter plebiscitário nas decisões de maior relevo para o Clube.

5. Atual Presidente e Equipe Diretiva:

Presidente: Gabriel Pauli Fadel
Vice-Presidente: Paulo Deitos
Secretário-Geral: Fábio Mundstock

6. Quantos membros possui o Grupo. Quantos destes são conselheiros do Clube? Poderia listá-los?

No momento, pedimos escusas pela não divugação destes dados.

7. O Movimento participa da atual Gestão ? Se não participa, concorda que seus membros participem?

Sim, participa. O Coordenador do Departamento Consular integra nosso Movimento

8. Existem membros nomeados para comissões internas do Grêmio ? Quais membros/comissões?

Sim, o Presidente do Movimento participa da Comissão Eleitoral.

B. Idéias e Posicionamentos.
9. O Movimento é contra ou a favor da construção da Arena?

A favor, porém luta pela preservação do patrimônio do Clube e dos direitos dos associados.

10. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o CD?

A favor de sua redução para 20%.

11. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o Presidente?

A favor, porém entende que a matéria possa merecer uma rediscussão quanto ao percentual hoje estabelecido.

12. Tem uma sugestão de melhoria/avanço nessas questões?

Sim, propugnamos uma administração democrática a possibilitar uma maior participação dos associados, ao tempo em que se propõe que o Conselho Deliberativo seja um fórum de debates, em que se respeite o contraditório.

13. Como seus integrantres votaram na reunião sobre a Cláusula de Barreira?

Pela sua redução no caso de eleição para o CD.

14. Se o movimento não participa/apóia a atual Gestão, o Movimento já tem candidato para as próximas eleições?

Não, enfrentaremos essa questão após a eleição para o CD.

15. O Movimento é contra ou a favor aos sócios votarem pela Internet?

Exatamente o Movimento Grêmio Acima de Tudo é que propôs a votação pela internet.

16. O Movimento é contra ou a favor de postos de votação no interior?

O Movimento é favor da utilização de todos os meios que viabilizem ao associado exercer o seu direito ao voto.

17. Quais as principais contribuições que o Movimento já deu ao Grêmio? Foram somente quando estavam na Gestão?

O MGAT tem colaborado com a apresentação de diversas sugestões, as encaminhando por escrito ao Presidente do Conselho e ao Presidente do Clube, com a entrega, inclusive, de um completo plano de marketing, elaborado por profissionais da área.

18. O movimento tem conselheiros faltosos que poderiam ser enquadrados no artigo 66?

Desconhecemos.

C. Estrutura
19. O Movimento tem sede física ou algum site atualizado na internet?

20. Quais as formas de um gremista entrar em contato com o Grupo?

As inscrições ocorrem com a presença do associado gremista em uma de nossas reuniões, que acontecem todas as quartas às 12h no restaurante Copacabana

21. Como são aceitos novos membros? Existe alguma exigência para entrar no Grupo?

A única exigência é ser sócio do Grêmio. Aproveitamos para convidar a todos para que venham se unir ao nosso Movimento.

Entrevista – Movimento Grêmio Democrático

July 15, 2010

A. Identificação.

1. Nome do Movimento:
Movimento Grêmio Democrático

2. Data da Fundação:
03 de setembro de 2009.

3. Principais Fundadores:

* Nilton Cabistani
* Donato Hubner
* Gabriel Cabistani
* Pierre Gonçalves
* Vitor Ruschel
* Samir Dib
* Ronald Wolff
* Jocelyn Spolaor Jr.
* Miguel Cabistani.

4. Principal objetivo da sua criação:
Oportunizar aos torcedores anônimos do Grêmio a participação no cenário político do clube.

5. Atual Presidente e Equipe Diretiva:
* Coordenador-Geral: Nilton Cabistani
* Vice-Coordenador: Donato Hubner
* Secretário-Geral: Gabriel Cabistan
* Coordenadores: Pierre Gonçalves, Cristiano Gobbo, Ronald Wolff, Luiz Gustavo Garrido, Samir Dib, Miguel Cabistani.

6. Quantos membros possui o Grupo. Quantos destes são conselheiros do Clube? Poderia listá-los?
O grupo tem, no momento, 200 membros cadastrados. Nenhum dos participantes faz parte do Conselho Deliberativo do Grêmio.

7. O Movimento participa da atual Gestão?
Se não participa, concorda que seus membros participem?
Até hoje, não houve nenhum contato da direção solicitando a participação de algum membro do Movimento.

8. Existem membros nomeados para comissões internas do Grêmio? Quais membros/comissões?
É muito difícil, em não sendo conselheiro, algum participante ser convocado para alguma comissão interna do Grêmio.

B. Idéias e Posicionamentos.
9. O Movimento é contra ou a favor da construção da Arena?
A favor.

10. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o CD?
Somos completamente contra, inclusive, no nosso site, consta uma página especificamente sobre este assunto, que demonstra a nossa total contrariedade.

11. O Movimento é contra ou a favor da Cláusula de Barreira para o Presidente?
A Cláusula de Barreira para o Presidente deve ser revista e readequada para oportunizar a participação de membros de menor representatividade dentro do Conselho, ou seja, deve ser reduzida para, pelo menos, a metade do quantum atual.

12. Tem uma sugestão de melhoria/avanço nessas questões?
No site do Movimento, há um projeto para redução da Cláusula de Barreira, onde é feita uma demonstração do cenário atual e do prejuízo causado à democracia por este dispositivo estatutário.

13. Como seus integrantes votaram na reunião sobre a Cláusula de Barreira?
Não temos conselheiros, portanto, não participamos da votação.

14. Se o movimento não participa/apóia a atual Gestão, o Movimento já tem candidato para as próximas eleições?
No momento estamos discutindo a participação do Movimento na eleição para o Conselho Deliberativo, e a nossa definição e posicionamento com relação a isso será divulgada nos próximos dias. Com relação à eleição para Presidente, estaremos tratando internamente e definindo candidato após a eleição para o Conselho Deliberativo.

15. O Movimento é contra ou a favor aos sócios votarem pela Internet?
A favor.

16. O Movimento é contra ou a favor de postos de votação no interior?
A favor.

17. Quais as principais contribuições que o Movimento já deu ao Grêmio? Foram somente quando estavam na Gestão?
Como somos um Movimento oriundo somente de torcedores comuns, consideramos que a nossa maior participação é ir ao Estádio e apoiar o nosso clube.

18. O movimento tem conselheiros faltosos que poderiam ser enquadrados no artigo 66?
(O Movimento não tem Conselheiros.)

C. Estrutura
19. O Movimento tem sede física ou algum site atualizado na internet?
Sim, www.gremiodemocratico.com.br

20. Quais as formas de um gremista entrar em contato com o Grupo?
Acessando o nosso site, e abrindo a página “Contato”. Lá, se pode enviar qualquer ideia, sugestão ou crítica para o nosso Movimento. Existe, também, espaço para envio de Projetos e o Fórum, que pode ser usado para todos aqueles cadastrados. Para se cadastrar, basta acessar a página “Cadastre-se”.

21. Como são aceitos novos membros? Existe alguma exigência para entrar no Grupo?
A partir do cadastro feito no site, o membro começa a receber informativos e convocações do Movimento. A principal exigência para entrar no grupo é que o membro gremista e disposto a trabalhar em prol do engrandescimento do Grêmio, e devolver o nosso clube ao caminho das vitórias.
_____

Conheça amanhã o Grêmio Acima de Tudo