Brasileirão – Cruzeiro 2 x 2 Grêmio

Jogando num 3-5-2 emergencial o Grêmio voltou a ser aquele time de antes da Copa. Mas não o time do Gauchão ou da Copa do Brasil, e sim o Grêmio do Brasileirão. O time que, como visitante até joga melhor que o adversário, mas nunca consegue a vitória. Foi o que aconteceu hoje. O tricolor dominou o primeiro tempo, criou as melhores chances e conseguiu abrir o placar pouco antes da ida para o vestiário, quando Jonas fez boa jogada e Borges marcou de cabeça, se antecipando a defesa cruzeirense.
A vantagem durou somente os 15 minutos de intervalo, pois o Grêmio conseguiu a proeza de tomar um gol praticamente no reinício do jogo. A bola não saiu da defesa do Grêmio até Henrique empatar o jogo de cabeça. A reação do Cruzeiro parou aí, o Grêmio voltou a mandar no jogo e desempatou com um gol de Jonas aos 34 (Teria desempatado antes não fosse a arbitragem). Mas sofreu novo empate em nova cabeçada de Henrique. Victor reclamou de falta no lance (não consegui ver, uma câmera invertida seria esclarecedora). O time novamente pagou um preço caro por não saber converter a superioridade em vantagem no placar.
Me surpreendi com o (relativo) bom desempenho desse novo esquema e gostei dessa mudança de atitude (que por si só não resolve nada).

Não era preciso ser nenhum gênio para saber que Marcelo de Lima Henrique iria prejudicar o Grêmio. Mas foi só depois de feito o estrago é que a direção estuda formalizar protesto contra arbitragens“.
O juiz deixou de dar um pênalti em Borges aos 4 minutos do segundo tempo. Errou também em diversas marcações de impedimento, como aos 14 do segundo tempo, quando Adílson lançou e Jonas sairia na cara do goleiro. Interessante notar nas estatísticas do site Superesportes, onde fica claro o descritério da arbitragem, que marcou 28 faltas gremistas contra 17 do Cruzeiro.

Fica difícil entender nosso treinador. No jogo passado Silas resolveu que iria absolver o árbitro. Hoje ficava pedindo para a Débora de Oliveira registrar os prejuízos causados pela arbitragem.
Essa história da confusão no vestiário está muito mal contada. Jogadores “teriam” brigado e foram os funcionários do estádio que presenciaram a briga. Uma história bem comprida. Enfim, mesmo que efetivamente tenha acontecido, o evento não é tão grave ou incomum. O problema está no fato de se permitir que a imprensa faça um carnaval em cima disso sem ter nenhum elemento concreto. O Grêmio está muito fragilizado. Todo mundo faz o quer com (e no) clube.
Fotos: Washington Alves (VIPCOMM), Jornal Hoje em Dia/Correio do Povo e Alisson Gontijo (Terra)

Cruzeiro 2 x 2 Grêmio

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo (Sebá, intervalo), Fabinho, Cláudio Caçapa e Diego Renan; Fabrício (Marquinhos Paraná, 20min 2ºT), Henrique, Jonathan e Everton; Thiago Ribeiro e Robert (Reina, 29min 2ºT).
Técnico: Cuca.

GRÊMIO: Victor; Ozeia, Rodrigo e Rafael Marques (William Magrão, 15min 2ºT); Maylson, Adilson, Rochemback (Ferdinando, 25min 1ºT), Douglas e Hugo; Jonas (Fernando, 36min 2ºT) e Borges.
Técnico: Silas

11ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2010
Data: 25/7/2010, domingo, 16h00min
Local: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Público: 9.845 (9.672 pagantes)
Renda: R$ 208.796,25
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Rodrigo Pereira Jóia (RJ)
Cartões amarelos: R Marques (G), Sebá (C), Douglas (G), Fabinho (C), Henrique (C)
Gols: Borges, aos 45min do primeiro tempo; Henrique, a 1min e 41min, Jonas, aos 34min do segundo tempo

Advertisements

7 Responses to “Brasileirão – Cruzeiro 2 x 2 Grêmio”

  1. Zezinho Says:

    É duro, André.Tomar gol de empate aos 54 segundos é dose pra leão! Não é possível que Douglas ainda seja titular do time. Quando o jogo estava 2×1, ele teve a oportunidade de puxar um contra-ataque pra matar o jogo, mas tentou driblar o zagueiro e perdeu a bola.Quanto a possível falta no segundo gol do Cruzeiro: não houve. O Henrique ficou sozinho na pequena área, o Ozéia errou o cabeceio e o Victor ficou pregado no chão.A braçadeira de capitão está matando o Victor. Ele perdeu uma bola aérea, na pequena área, para um jogador com menos de 1,80m. É inadmissível!Quanto a brigas no vestiário…tu te lembras de Figueirense 2×1 Grêmio, pelo Brasileiro de 2003? Coincidentemente, o Meira estava lá

  2. Anonymous Says:

    Eu acho normal. Se eu fosse jogador do Grêmio também entraria chutando tudo no vestiario. Chutava o Rodrigo, o Silas, o Meira e quem mais aparecesse na frente. O problema é o ClicRBInter, que nunca fala de erros de arbitragens contra o tricolor, mas são os primeiros a noticiar uma "possível briga, possível troca de tapas, possível sei la o q" no vestiario tricolor…

  3. Eduardo Says:

    Problema é negar que houve briga. A imprensa tá aí pra noticiar o que aconteceu, quem dá pano pra manga é o proprio Gremio. Que a imprensa irrita é verdade. É um monte de gente estilo Nelson Rubens com "aumento mas nao invento". Mas nao é de hoje. Não é imprensa que erra gol, que troca mal jogador, que fica marcando jogador ao inves de tirar a bola com as mãos em escanteio.Houve briga entre Jonas e Rodrigo. Houve falha da zaga e do Victor no segundo gol, num momento crucial da partida.Silas substituiu mal o Jonas e tal erro foi agravado pelo erro dos jogadores no segundo gol do Cruzeiro.Gremio jogou até bem, contra um bom time, fora de casa. Isoladamente foi bom resultado. Problema é que o somatorio de resultados em casa tá péssimo.Ontem foi irritante o jogo. Irritou por conta do penalti nao dado, mas irritou muito mais por nossos erros. Seja de marcação, seja de passes medonhos matando a saída de jogo ou pra armar ataque.E o Silas tem culpa no cartório, mas coitado também, tem que por Maylson de lateral direito e Hugo na esquerda.Pra mim, o principal problema ainda é a questao das lesões e suspensões acumulados. Todo jogo tem 3 ou 4 desfalques, quando não sao ainda no mesmo setor do time.Aí falta bola mesmo. Uma coisa é ter plantel e sanar falta de 1 ou 2 titulares. Quando as mudanças sao tantas de uma só vez, ferra tudo mesmo.

  4. André Kruse Says:

    Eduardo, se a "imprensa tá aí pra noticiar o que aconteceu" por que não falam do pênalti?

  5. Eduardo Says:

    Mas se falou do penalti também. Só que o fato mais marcante foi a briga no vestiário. Por isso digo, quem tá dando pano pra manga é o próprio Gremio. Um site por exemplo, nao vai por de manchete "gremio empata com penalti nao marcado" se pode por algo como "Jonas da voadora em companheiro no vestiário".A imprensa sempre foi aproveitadora da situação. Seja em crises, seja nas boas fases, quando exageram ao elogiar jogadores e etc.Enfim, o resto falei no comentario anterior.

  6. André Kruse Says:

    Ainda assim, eu defendo que o Grêmio deveria lidar melhor com isso. Saber "manipular" a imprensa.

  7. Daniel Says:

    Um pouco fora de tempo , mas acho que vale o comentário: o Vítor vem falhando faz horas!! Hoje, no jogo contra o Goiás pela sul-americana, fez mais uma saída de gol desesperante daquelas.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: