Reunião do Conselho – 29 de Março 2011

ORDEM DO DIA:

1) Apreciar o relatório do Presidente do Grêmio, gestão 2010;

2) Tomar conhecimento do parecer do Conselho Fiscal;
3) Tomar conhecimento do parecer da Comissão para Assuntos Econômico-Financeiros;
4) Julgar as contas do Conselho de Administração referentes ao exercício de 2010;
5) Eleger e empossar 02 (dois) Conselheiros Fiscais, com mandato de 03 (três) anos

Como não poderia deixar de ser, Raul Régis começou a reunião lamentando a morte do ex-presidente Rudi Armin Petry. O presidente do conselho pediu uma salva de palmas em homenagem ao seu Petry, que foi longa.
De imediato a palavra foi passada para o Presidente Paulo Odone, que anunciou o luto oficial do clube. Depois, fez algumas considerações sobre a última reunião do conselho, explicando a sua saída e ressaltando que entendia as divergências. Não concordava, mas as entendia. Sobre a pauta do dia, lembrou que deveria ser encarado como a gestão de todos os gremistas, que o estaria sendo discutido era tão somente a aprovação das contas. Que já tinha tido acesso aos números e os aprovava.
O ex-presidente Duda Kroeff lembrou que era adolescente quando conheceu o seu Petry, dizendo que o mesmo era muito amigo de seu pai. Fez uma rápida brincadeira com Paulo Odone, falando que já estava com saudade do Olímpico, mas que vinha dormindo melhor. Chamou Irany Sant’ana Jr. para apresentar o relatório de 2010.
Irany disse que no primeiro semestre de 2009 o clube ficou “perto do 0x0”, já no segundo semestre houve uma readequação de valores, que o time de 2008 tinham valores muito abaixo do restante do mercado (o que não deixava de ser um mérito da gestão anterior). Afirmou que foi feita uma aposta em 2010, mas que a resposta só aconteceu no segundo semestre. Explicou ainda a questão referente as antecipações, afirmando que elas se faziam necessárias para retomar a credibilidade com pagamento de outros passivos e para desonerar a área do Olímpico
O parecer do Conselho Fiscal foi lido pelo conselheiro Roberto Sommer, onde foram detalhadas as contas, o deficit e foi enfatizado que “mínimas foram as melhorias em relação a 2009”, mas que não havia maior objeções técnicas em relação aos números apresentados.
O conselheiro Carlos Biedermann, Presidente da Comissão de Finanças, saudou a grande presença de conselheiros na sala e fez algumas considerações sobre o parecer da auditoria (que será publicado no final de abril) . Lembrou que o clube não tem nenhum imposto vencido. Deu alguns números do condomínio de credores, mencionou o êxito no processo relativo ao Banco Central e ressaltou que o clube não cumpria requisitos de governança previsto no capítulo X do estatuto (mas que tal situação foi em parte resolvida com a contratação de Crisitiano Koehler).
E as contas foram aprovadas pelo conselho.
Houve uma única chapa inscrita para preencher 2 vagas do conselho fiscal, e assim sendo, os conselheiros Eduadro Magrisso e Jaime de Marco foram aclamados para os cargos.
O levantamento sobre o número de conselheiros presentes ainda não havia sido feito no momento em que a reunião acabou.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: