Gauchão – Cruzeiro 2 x 3 Grêmio

Os minutos iniciais de um mata-mata em jogo único já são naturalmente de muito estudo. Em Cruzeiro e Grêmio tal fato foi acentuado pelo estranhento dos atletas com o gramado sintético encharcado. O estrelado tinha alguma dificuldade em sair jogando e o tricolor exercia algum domínio, mas sem ter conclusões efetivas. Passada a primeira meia hora de jogo os comandos de Leocir passaram a chegar mais no ataque, e aos 32 obrigaram Victor a sair corajosamente do gol, evitando a cabeçada de Mauro. Mas a ousadia do arqueiro gremista lhe rendeu uma preocupante lesão no ombro. Marcelo Grohe entrou em seu lugar, e aos 41 minutos, cobrou um tiro de meta, que foi desviado de cabeça por W.Magrão. Borges ganhou a “segunda bola” e serviu Leandro que ,cortando o zagueiro, concluiu de pé direito e marcou o primeiro gol do jogo. Antes do final da primeira etapa Adílson quase marcou o segundo em um chute de longa distância.

A reação do Cruzeiro no segundo tempo foi rápida. Falta na ponta esquerda, Márcio cobrou bem e Claudinho subiu mais do que a defesa tricolor, anotando de cabeça o empate. O Grêmio retrucou na mesma moeda, mas a cabeçada de Borges passou perto. Contudo o desempate saiu 3 minutos depois, quando W.Magrão tentou o chute de fora de área, a bola desviada na zaga tirou o goleiro Fábio do lance. O Grêmio poderia ter resolvido jogo na sequência, quando Borges fez jogada individual e sofre pênalti, mas o confuso Vinicius Costa não marcou. O Cruzeiro voltou a se postar no campo de ataque e em novo cruzamento de Márcio Leo Maringá surgiu entre a zaga gremista e empatou o jogo mais uma vez. Renato tentou ter maior criação no meio de campo ao colocar Carlos Alberto no lugar de Borges, mas o terceiro gol saiu em lance de bola parada. Rochemback levantou na área e Rafael Marques empurrou para as redes de carrinho.


Gostei desse sistema com 3 volantes. O time desarmou muito mais. Adílson (chutando de fora da área) e Willian Magrão (aparecendo no ataque), foram os destaques do jogo.

Com chuteira de futebol sete, Gabriel voltou a se destacar.

Não vi ninguém comentando, mas imagino que a decisão de colocar Lúcio na lateral também passe pela marcação do veloz Jô.

Rafael Marques não saltou nos dois gols do Cruzeirinho. Menos mal que anotou o gol da vitória. Mas assim não me serve, o balanço é negativo. E digo isso com tranquilidade, porque muito já defendi o futebol do camisa 4.

Carlos Alberto entrou um tanto “elétrico”. A mijada que o Renato deu nele foi sensacional.

Quem tanto fez lobby pelo campo de grama sintética deve ter ficado muito feliz com a lesão de Lúcio.


Fotos: Richard Ducker (Ducker.com.br), Cristiano Estrela (Correio do Povo), Lucas Uebel (Grêmio.net), Neco Varella (UOL)

Cruzeiro 2 x 3 Grêmio
Leandro 41′
Claudinho 46′
Willian Magrão 51′
Leo Maringá 62′
Rafael Marqu
es 74′

CRUZEIRO: Fábio; Márcio, Claudinho, Sandro e Tinga; Alberto, Almir, Leo Maringá (Juninho Botelho 39’/2ºT) e Diego Torres(Faísca 33’/2ºT); Jô e Mauro (Rafael Cearense 30’/2ºT).
Técnico: Leocir Dall’astra.

GRÊMIO: Victor (Marcelo Grohe 39’/1ºT); Gabriel, Rafael Marques, Rodolfo e Lúcio; Fábio Rochemback, Adilson, Willian Magrão e Douglas; W.Leandro (Lins 38’/2ºT) e Borges (Carlos Alberto 24’/2ºT).
Técnico: Renato Portaluppi.

Semifinal – Segundo Turno – Campeonato Gaúcho 2011
Local: Estádio Passo D´Areia, em Porto Alegre (RS)
Data: 23 de abril de 2011, sábado, 18h30min
Árbitro: Vinícius Costa
Auxiliares: Júlio César dos Santos e Alexandre Kleiniche
Cartões amarelos: Alberto, Márcio (C)
Cartões vermelhos : Alberto (C)
Gols: Leandro, aos 41 minutos do primeiro tempo; Claudinho, aos 2, Willian Magrão, aos 6, Léo Maringá aos 17 e Rafael Marques, aos 29 minutos do segundo tempo

Advertisements

One Response to “Gauchão – Cruzeiro 2 x 3 Grêmio”

  1. Eduardo Says:

    Deixar o Adilson no lado esquerdo do losango é uma boa, já que nosso ponto fraco na defesa é aquela regiao. Ainda mais agora que vamos perder os 2 laterais dali e o Lucio. Alem disso, o melhor chute a gol que ele deu ontem e tb o unico gol da carreira foram parecidos, pela esquerda e enquadrando o corpo pra direita.

    Rafa Marques reclamou das criticas que recebeu ao longo da semana. Falou que a zaga nao é apenas ele e o Rodolfo. Tá certo ele. E falou com propriedade de que tão marcando alguns jogadores pra fazer a critica. Realmente até a torcida recai na critica sempre dos mesmos enquanto outros tb falham e passam desapercebido. Uma pena que esse desabafo dele tenha sido num dia que ele falhou mesmo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: