Brasileirão – Grêmio 1 x 1 Vasco


Desde o início do partida o Grêmio se portou como mandante, propondo o jogo, ocupando o campo de ataque e criando oportunidades. O Vasco esperava bem postado na defesa e tentava sair em contra-ataques. Com essa dinâmica o primeiro tempo transcorreu com uma leve superioridade gremista, que teve as maiores e melhores chances. Fernando Prass defendeu os chutes de Viçosa e Gabriel e evitou a abertura do marcador na ao barrar a cobrança de pênalti (mal) executada por Gabriel. Quando Prass foi vencido a arbitragem anulou o gol por impedimento (Magrão tocou na bola? Participou do lance?). O Vasco chegou perto em falta cobrada por Alecsandro, mas aí foi a vez de Victor fazer importante intervenção. E Eder Luís ficou cara a cara com o goleiro gremista, mas o seu drible só terminou além da linha de fundo.

No segundo tempo o Grêmio correu menos riscos, mas também criou menos. A entrada de Escudero parecia dar maior movimentação a meia cancha tricolor, mas logo o argentino se acomodou no jogo e o time se viu refém de uma jornada pouca inspirada de Douglas e da ansiosas e precipitadas jogadas Lins e Viçosa. O Grêmio tinha dificuldade em reter a bola na frente e o Vasco acabou marcando primeiro, num lance fortuito, no qual Bernardo tentou cruzar a acabou surpreendo Victor. Restavam 15 minutos para o Grêmio se recuperar. Aos 38, Roberson subiu alto e completou o escanteio cobrado por Douglas, empatando o jogo. No final da partida, Mário Fernandes quase emulou o lance de Bernardo, mas o seu cruzamento acabou batendo na trave.


Mais uma vez o Grêmio não fez boa partida, mas não me parece que tenha jogado menos do que o Vasco, que é um bom time (não foi campeão da Copa do Brasil por acaso).

Gostei bastante da atuação da zaga gremista, em especial da partida que Saimon fez. Errou somente na bola que chutou em cima de Eder Luís.

O Grêmio segue sentindo falta do bom futebol de Lúcio.

Não gostei nada da arbitragem do Sr. André Luiz de Castro. Pareceu ter aceitado a pressão vascaína na marcação do pênalti. Victor e Rochemback reclamaram de uma falta na origem do gol do Vasco. E achei que houve pênalti de Felipe em Viçosa no início do segundo tempo. O Vascaíno deu um carrinho, não acertou a bola e levantou a perna para barrar a passagem do atacante.

Eu achei legal a idéia da camisa retrô ter sido lançada e utilizada em um jogo. Mas em se tratando de uma camisa de 81, a ocasião perfeita seria o confronto contra o SPFC no Morumbi (e parece que essa era a idéia original)

Fotos: Luciano Leon (FinalSports), Mauro Schaeffer (Correio do Povo), GrêmioFotos e Nabor Goulart (UOL)

Grêmio 1 x 1 Vasco

Bernardo 76´

Roberson 83´


GRÊMIO: Victor, Gabriel (Vilson 20’/2ºT), Mário Fernandes, Saimon e Neuton; Fábio Rochemback, William Magrão, Lúcio (Escudero – Intervalo)e Douglas; Lins e Júnior Viçosa (Roberson 28’/2ºT).

Técnico: Renato Portaluppi


VASCO: Fernando Prass, Fágner, Dedé, Anderson Martins e Ramon; Allan, Rômulo, Felipe (Jumar -10’/2ºT) e Diego Souza (Bernardo 29’/2ºT); Éder Luís e Alecsandro (Elton 45’/2ºT).

Técnico: Ricardo Gomes

5ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2011
Data: 19 de junho de 2011, domingo, 16h00min
Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre, RS.
Público: 16.322 (13.840 pagantes)
Renda: R$ 248.001,50.
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro.
Auxiliares : Fabrício Vilarinho da Silva e Márcio Soares Maciel.
Cartões amarelos : Fábio Rochemback, Willian Magrão e Saimon (Grêmio); Fagner, Allan, Bernardo e Jumar (Vasco).
Gols: Bernardo, aos 31 min e Roberson, aos 38min (Grêmio), no segundo tempo.

5 Responses to “Brasileirão – Grêmio 1 x 1 Vasco”

  1. Diogo Says:

    Acho que a arbitragem acertou na anulação do gol do Grêmio e errou ao não marcar pênalti sobre JrViçosa.

    Belíssima camisa. Topper e o Dpto de Marketing mandaram bem.

    Miralles já!

  2. Eduardo Doria Says:

    Passou pela bela atuação do Prass esse nosso empate. Lins e Viçosa serão a quarta e quinta opção de ataque. Problema é que estamos perdendo pontos fáceis. Não vejo o Vasco tao bom time assim…

    A camiseta retro da Topper acertou melhor a colocação do distintivo, acho que a grossura das listras deve ser pouca coisa menor que a da Puma. Já a da Puma acertou com o nro da camiseta. Esse 30 da Topper ficou bem feio…

    Legal que fizeram uma branca agora.

  3. Daniel Says:

    O Mário não tentou cruzar como o Bernardo, ele deu uma cavadinha (o que tornaria o gol muito mais bonito se tivesse entrado).

  4. Anonymous Says:

    Desde que viraste conselheiro, tens tido um discurso oficialista, o que é uma pena. Nenhum post sobre o péssimo departamento de futebol do Grêmio?

  5. André Kruse Says:

    Anônimo,

    Essa crítica vazia eu não posso aceitar.

    Onde está o discurso oficialista neste blog?

    Quando foi que eu fiz post sobre algum departamento de futebol?

    Corneta burra não é comigo. Não sou irresponsavel. Critico o que eu acho que está errado e elogio o que está certo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: