Pelaipe retorna

O retorno de Paulo Pelaipe ao futebol gremista não deveria ser motivo de surpresa para ninguém que acompanha o noticiário tricolor com um mínimo de atenção. Mas nesse momento, é altamente improdutivo analisar os motivos da volta de Pelaipe ao clube.
Nunca é demais lembrar que Pelaipe, juntamente com Renato Moreira e Rodrigo Caetano, fez um belo trabalho entre 2005 e 2007. É reconhecido por saber executar a política do “bom e barato” e é tido por folclórico (o que é do agrado de alguns, e motivo de ressalvas para outros tantos).
Pelaipe volta para ser um executivo remunerado. Antiga e legítima pretensão sua. Eu sou favorável a profissionalização e acho justo que os diretores recebam pelo trabalho que executam. Mas me parece que a profissionalização é um conceito mais amplo do que simplesmente contratar um profissional ou remunerar uma determinada função.
É no mínimo curioso que o Pelaipe agora receba por uma função que já exerceu de forma amadora. Mas talvez essa configuração seja uma etapa de transição necessária no processo de mudanças nas estruturas do clube.
E, independente de quem exerça esse cargo executivo, acho que a figura de um vice de futebol é necessária. Alguém que sirva de anteparo perante o conselho de administração e faça a representação política da direção junto ao departamento de futebol. Mas penso que essa escolha deveria ser anterior a contratação do executivo.

2 Responses to “Pelaipe retorna”

  1. Anonymous Says:

    O Grêmio quase não subiu para a série A com aquele elenco enquanto outros clubes como Corinthians, Vasco e Atlético subiram com facilidade. E não adianta botar a culpa no quadrangular final, o Grêmio chegou a ser goleado na série B. E inicioou o ano seguinte acreditando que esse mesmo elenco ia dar conta. Venceu o Corinthians e depois ficou 5 jogos sem vencer. Chegou a tomar uma goleada do grandioso Paraná agora na série B. Pelaipe é uma piada um amador. E tá enchendo os bolsos em cima do Grêmio. Igual ao Julinho Camargo amigo pessoal do Odoni. Um mes de trabalho e 1,5 Milhão nos bolsos. Acha que não escorrega nada pros bolsos dos dirigentes? Antonini é outro que deve estar mamando nas tetas do Grêmio. O Grêmio é um clube e deve agir como um. Seus vices são torcedores e não podem receber salário como também o Presidente da Grêmio Empreendimentos não deve receber, ainda mais se não tem experiência comprovada na função. O Grêmio só muda quando o Odoni sair linchado do Grêmio.

  2. martina Says:

    pela lógica, o CA escolheria o vice de futebol, que por sua vez escolhe o executivo. me parece que o Odone deu um nó na hierarquia pra acomodar o pelaipe no lugar que ele queria estar.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: