Brasileirão – Internacional 1 x 0 Grêmio

O Grenal pode ter sido emocionante pelas circusntâncias, pode ter sido brigado e disputado com o costumeiramente é, mas não foi um bom jogo de futebol. O Inter fez muito pouco para conseguir a vitória. O Grêmio fez ainda menos para evitar o objetivo colorado.

Foram poucas chances criadas, pouco momentos de brilho. O jogo foi decidido num lance isolado, num pênalti infantil cometido por Rochemback (que chegou atrasado na marcação e entrou lotado em Oscar). Esse “lance isolado” também poderia ter favorecido o Grêmio, caso alguma das duas bolas que acertaram trave colorada tivesse tomado o rumo das redes.

A maior figura colorada em campo, D´Alessandro, se destacou muito mais pelo seu esforço e luta do que propriamente pelo técnica, por dribles, chutes ou passes.

O Grêmio até fez um primeiro tempo razoavél, segurando o Inter e criando chances. No segundo, o time não tinha mais saída para o ataque, levou o gol e demorou a reagir, tendo se submetido a “amorcegada” do adversário e só tendo levado perigo nos últimos minutos da partida.

Depois da atuação de Victor ontem eu espero que se diminua um pouco o ritmo da campanha contra o arqueiro gremista.

Saimon mais uma vez foi bem no clássico. Mostrou personalidade, vontade, coragem e , juntamente com Vilson, neutralizou o decantado Damião.

Poderíamos ainda citar Fernando com outro jogador com boa atuação no Grêmio e paramos por aí. Os demais atletas pouco fizeram.

Rochemback praticamente errou tudo o que tentou fazer. E tinha jogador, visivelmente, se arrastando em campo. Um desinteresse grave. Também considero grave o treinador, vendo isso, não ter o sacado de campo.

É possível fazer algumas ressalvas a arbitragem de Vuaden, mas no geral ele foi bem. Não dá pra entender como ele ficou tanto tempo sem apitar o clássico. Teve um lance, logo depois do gol, em que o Miralles caiu na área e pediu pênali com veemência. O estranho é que tal jogada foi solenemente ignorada pelo narrador, pelo comentarista e pelo replay.

Fotos: Itamar Aguiar (Grêmio FBPA) e Marcos Nagelstein (VIPCOMM)

Internacional 1 x 0 Grêmio

INTERNACIONAL: Muriel, Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber (Fabrício, 12/2T); Guiñazu, Tinga, D’Alessandro (Andrezinho, 43/2T) e Oscar; Gilberto (Zé Roberto, 31/2T) e Leandro Damião
Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Saimon, Vilson e Julio Cesar; Fábio Rochemback (Leandro, 41/2T), Fernando, Marquinhos (Miralles, 17/2T), Douglas e Escudero (Lúcio, 12/2T); André Lima
Técnico: Celso Roth.

38ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2011
Data: 4 de dezembro de 2011, Domingo, 17h00min
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Público total: 35.041 (31.777 pagantes)
Renda: R$ 579.980,00
Árbitro: Leandro Vuaden (Fifa-RS)
Assistentes: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Erich Bandeira (Fifa/PE)
Cartões amarelos: Leandro Damião, Tinga, Rodrigo Moledo; Vilson, Fábio Rochemback, Saimon
Gol: D’Alessandro (pênalti) aos 17min/2ºT

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: