Copa do Brasil 1997 – Grêmio 2 x 0 Vitória

Há 15 anos, numa sexta-feira a noite, o Grêmio vencia o Vitória por 2×0 no estádio Olímpico pela Copa do Brasil. Repetia-se o confronto acontecido em 1994, também nas quartas de final da mesma competição.

Paulo Nunes e Goiano marcaram os gols do Grêmio. Danrlei, na noite do seu aniversário, teve grande atuação, travando o ataque adversário composto por Bebeto e Agnaldo, garantindo o 2xo no placar.

O Grêmio enfrentava um sério problema de lesões em função do calendário de jogos (foram 12 jogos nos mês de abril daquele ano). O curioso é que nesse jogo o tricolor sofreu duas baixas inusitadas: Dauri, vítima de um golpe baixo do adversário e o presidente Cacalo, que se lesionou ao exagerar na comemoração do gol de Goiano.


Jogo perigoso
O meia Dauri está impossibilitado de participar dos jogos do Grêmio devido a uma lesão pouco comum – inflamação nos testículos. O tratamento está sendo feito à base de antibióticos e repouso, muito repouso. A causa do problema foi um agarrão de um jogador do Vitória-BA, em jogo pela Copa do Brasil. Para impedir Dauri de avançar em direção à sua área, o zagueirão segurou-o pelos testículos (Folha de São Paulo)

“O presidente do Grêmio conseguiu a proeza, inédita, de romper o tendão de aquiles do pé direito enquanto extavava a alegria pelo segundo gol contra o Vitória, da Bahia. Equilibrado em uma mesa, na sala da presidência – que fica atrás das sociais do Olímpico – Luiz Carlos Silveira Martins via a partida por um vão na janela, nervoso. Quando goiano marcou o golação de fora da área, Cacalo pulou mais alto que pôde. Resultado. Está no quarto 722 do Hospital Mãe de Deus, se recuperando de uma cirurgia feita pelo médico e diretor de futebol Márcio Bolzoni para reconstituir o tendão. Levou 25 pontos na perna, passou a noite sedado por morfina para aliviar a dor e terá de ficar 75 dias com o pé engessado.” (Zero Hora – abril de 1997)


Grêmio 2 x 0 Vitória

GRÊMIO: Danrlei; Arce, Luciano, Mauro Galvão e André Silva; Dinho (Rodrigo Gral 44/2), Luiz Carlos Goiano, Emerson e Dauri (Otacílio 24/2); Paulo Nunes e Zé Alcino.
Técnico: Evaristo de Macedo

VITÓRIA: Nílson; Russo, Flávio Tanajura, Júnior, Esquerdinha; Hélcio, Bebeto Campos, Chiquinho (Nelsinho 40/2), Uéslei (Gil Baiano 25/2); Agnaldo, Bebeto.
Técnico: Arthurzinho

Copa do Brasil 1997 – Quartas de Final – Jogo de Ida
Data: 18/4/1997, sexta-feira 21:40
Local:Olímpico,Porto Alegre-RS
Público: 41,395 (36.064 pagantes)
Renda: R$ 238.804,00
Juiz: Antonio Pereira da Silva-GO
Auxiliares: Filomeno Dourado e Ramon Rodrigues
Cartões Amarelos: Hélcio, Agnaldo, Gil Baiano
Cartões Vermelhos: Russo 31/2
Gols: Paulo Nunes 02/2T, Luiz Carlos Goiano 38/2T


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: