Brasileirão – Grêmio 0x1 Atlético Mineiro


Era um jogo de grande importância para o Grêmio. Ganhando, o tricolor ultrapassaria uma série de adversários, aumentaria o seu aproveitamento e iria enfrentar os próximos dois jogos fora de casa em posição mais confortável. Mas o Atlético que é (momentaneamente) adversário direto foi mais eficiente e saiu do Olímpico líder do campeonato.

Como era de se esperar, o Grêmio foi para cima desde o início do jogo. O Atlético esperava e não tinha nenhuma pressa para jogar, valorizando imensamente o tempo que tinha com a bola no ataque. Tal situação só se acentuou depois do golaço marcado aos 25 minutos, quando Bernard aplicou dois grandes dribles e cruzou para Jô marcar. O Grêmio novamente mostrou dificuldade em jogar contra um adversário que se coloca todo atrás. Ainda assim teve algumas chances de empate. Na principal delas, Giovanni fez grande defesa após um desvio de cabeça de Marcelo Moreno.

No segundo tempo as ações se deram quase que exclusivamente no campo de ataque gremista, mas faltou um drible, um chute de fora da área, um cruzamento mais caprichado para o Grêmio conseguir o empate.


Zé Roberto fez uma estreia boa, mas ainda espero mais dele. Por tudo o que vi dele ao longo da carreira e pelo jogo de ontem, me pareceu que ele rende mais jogando um pouco mais recuado, e não como último homem do meio campo.

Mas é justamente aí que está uma das principais carências do time do Grêmio. A equipe sente falta desse meia de ligação, que encoste nos atacantes, que tente o chute de fora e/ou adentre a área para concluir a jogada.

A boa notícia foi a atuação segura de Marcelo Grohe. Fez três importantes intervenções.

Luxemburgo, acertadamente, reconheceu que o Atlético mereceu o resultado. Mas também está certo em reclamar do árbitro. Uma coisa não invalida a outra. Paulo César de Oliveira foi muito mal na partida. Truncou demais o jogo. A expulsão de Anderson Pico foi um completo exagero e eu tenho sérias dúvidas em relação a um impedimento marcado aos 40 do 2º tempo em um lance que Kleber ficaria sozinho com o goleiro.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio Oficial) e Leonardo Osmarin (Grêmio Fotos)

Grêmio 0x1 Atlético Mineiro

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Edilson (Tony, Intervalo), Vilson, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando (André Lima, 29’/2ºT), Souza, Léo Gago (Rondinelly, Intervalo) e Zé Roberto; Kléber e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Serginho (Marcos Rocha, 48’/2ºT), Leonardo Silva, Rafael Marques e Junior Cesar; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho (Escudero, 36’/2ºT), Ronaldinho e Bernard (Richarlyson, 42’/2ºT); Jô.
Técnico: Cuca.


7ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2012
Data: 1/7/2012, domingo, 18h30min
Local: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Público Total: 34.550 (29.137 pagantes)
Renda: R$ 695.960,00
Árbitro: Paulo César Oliveira (FIFA/SP)
Auxiliares: Emerson Carvalho (FIFA/SP) e Anderson Coelho (SP)
Cartões amarelos: Serginho, Leandro Donizete e Jô (CAM); Vilson e Fernando (GRE)
Cartão vermelho: Anderson Pico, 36’/2ºT (GRE)
Gol:
Jô, aos 25 minutos do 1º tempo
Link

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: