Brasileirão – Grêmio 3×1 Bahia

O Grêmio não fez uma boa partida contra o Bahia. O time rendeu abaixo do vem rendendo nos últimos jogos. No primeiro tempo o Grêmio comandou as ações no seu campo de ataque, mas com pouca velocidade e criativade as chances não foram tão claras. Ainda assim o Grêmio saiu na frente, aos 32 minutos, em pênalti sofrido por Kleber e convertido por Elano. Pouco depois, o Grêmio perdeu oportunidade de liquidar o jogo, quando Kléber roubou uma bola no meio do campo, mas Elano tentou um toque preciosista por cobertura quando tinha um companheiro livre entrando pelo meio.

No segundo tempo o jogo mudou um pouco de figura. O Bahia saiu um pouco mais pro jogo. Chegou mais ao ataque pelos lados do campo e começou a incomodar. A defesa do Grêmio começou a ser exigida, mas não conseguiu evitar o gol de empate, anotado por Fahel, após falta erguida na área. A parte final do confronto foi bastante tumultuada. Muito por culpa do comando inapto do juiz. Aos 42 o Grêmio desempatou a partida em uma jogada de escanteio e aos 47 Marcelo Moreno marcou um golaço por cobertura, estabelecendo o 3×1 final.


Eu sigo impressionado com o nervosismo e ansiedade de parte da torcida no Olímpica. E o pior de tudo é que esse nervosismo é ruidoso, o que acaba sendo um tanto contraproducente. Qualquer jogada que não envolva um chute, uma arrancada ou um cruzamento imediato não recebe apoio. Jogadas que passam por toque para trás, ou por troca de passes um pouco mais elaboradas são vaiadas.

Elano foi um destaque natural do jogo. Gostei também das atuações do Souza e do Gilberto Silva.

Está na regra 4 do livro de regras: “cada goleiro usará cores que o diferencie dos demais jogadores, do árbitro e dos árbitros assistentes” .

Marcelo Lomba usou a mesma meia, o mesmo calção dos jogadores de linha e uma camisa branca e vermelha. Marcelo Grohe usou meia branca, calção preto e uma camisa azul. Como se vê, a arbitragem tem dificuldade em aplicar a mais simples das regras. Imagina como se comportam nas regras mais complicadas. Aí entra a analogia do M&M do Van Halen, que já mencionei aqui no blog.

O juiz foi pavoroso. Contudo, acho que um dos seus poucos acertos foi anular o gol do Bahia. De resto, não entendi as marcações. Achei questionável o pênalti marcado para o Grêmio. O segundo gol do Grêmio foi marcado em impedimento. Em um escanteio que me pareceu ter sido mal marcado, depois de uma falta em que o juiz não conseguiu colocar a barreira no lugar e não teve coragem de mandar repetir a cobrança mesmo depois de um avanço absurdo dos atletas da defesa do Bahia.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio Oficial)

Grêmio 3×1 Bahia

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson (Léo Gago, 21’/2ºT), Werley, Gilberto Silva e Pará (Tony, 31’/2ºT); Fernando (Marquinhos, 21’/2ºT), Souza, Elano e Zé Roberto; Kleber e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

BAHIA: Marcelo Lomba; Diones, Danny Morais, Titi e Ávine (Lulinha, intervalo); Fahel, Fabinho, Hélder e Mancini; Zé Roberto (Ciro, 26’/2ºT) e Júnior (Magno, 18’/2ºT).
Técnico: Caio Júnior.


14ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2012
Data: 05 de agosto de 2012, domingo, 16h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 23.268 (18.686 pagantes)
Renda: R$ 429.514,00
Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva – SE
Auxiliares: Cleriston Barreto Rios e Ivaney Alves de Lima (SE)
Cartões amarelos: Mancini, Zé Roberto, Danny Morais, Mancini, Fahel (B), Kleber, Fernando (G)
Gols: Elano (pênalti), aos 32 minutos do primeiro tempo; Fahel , aos 18, Souza aos 42, e Marcelo Moreno a 47 do segundo.

One Response to “Brasileirão – Grêmio 3×1 Bahia”

  1. Anonymous Says:

    Três lances que fiquei na dúvida na partida, sendo dois deles no gol do Bahia. Não pude ter certeza se realmente foi falta e, apesar do erro defensivo, achei o jogador do Bahia bastante a frente dos zagueiros (PFC reprisou o gol em vários angulos, mas em nenhum replay, com a camera aberta). E no lance da falta que os jogadores se adiantaram, tive a impressão de que a bola toca no braço do jogador do Bahia, que estava com o mesmo aberto, ganhando “espaço”. Mas claro, são duvidas que tive, mas não consegui esclarecê-las.
    E por falar em PFC, batista chega a ser ridiculo o nao entendimento que o mesmo tem sobre futebol.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: