Arbitragens na imprensa – Bahia

Muitos não gostam de discutir sobre arbitragem. Eu sou um dos que acham que a análise de erros, acertos e interpretações pode melhorar o nível do jogo. Acho positivo que o tema entre em discussão, só não entendo o rumo que o assunto toma em diversas vezes.

Tenho dificuldade de aceitar o uso de expressões como “a banca paga e recebe” ou “errou para os dois lados”. O juiz que erra para os dois lados erra duas vezes. Acho que o debate não pode se encerrar com esses chavões.

Também não consigo entender porque certos erros ganham mais espaço do que outros. Por que alguns lances geram maior repercussão?

Um bom exemplo desse tipo de diferença está no jogos da dupla Grenal contra o Bahia nesse primeiro turno do Brasileirão. Obviamente não são lances iguais, mas é estranho que a arbitragem só se tornou centro das atenções em uma das partidas. É possível notar isso nos dois principais jornais de Porto Alegre:

GRÊMIO 3X1 BAHIA

O juiz de Grêmio 3×1 Bahia foi muito mal. Favoreceu o time da casa validando um gol ilegal de Kléber. Contudo, creio que um dos seus poucos acertos foi anular o que seria o segundo gol do Bahia, pois Fahel estava em posição irregular (imagem acima).

O lance pode ser difícil, mas a Zero Hora e seus dois colunistas (W.Carlet e D.Olivier) não tiveram nenhum pudor em afirmar que o juiz errou na jogada. O Correio do Povo menciona reclamações do Bahia, mas não lista o lance. Contudo o seu colunista e editor de esportes (H.Mombach) escreve que “pareceu gol legal”.

BAHIA 1X1 INTER
Há pouco mais de um mês, Bahia e Inter ficaram no 1×1. E os mandantes reclamaram de duas jogadas em que o árbitro teria ignorado o pênalto cometido pela zaga colorada (vídeo acima).

A Zero Hora chegou a registrar a reclamação de Fahel no primeiro lance, mas não citou o lance ocorrido no segundo tempo. E dessa vez, os dois colunistas do jornal (W.Carlet e D.Olivier) nada escreveram sobre a arbitragem. No Correio do Povo não há nenhuma menção aos lances, nem mesmo na coluna do editor (Hiltor Mombach).


One Response to “Arbitragens na imprensa – Bahia”

  1. Meu Blog Says:

    E depois a imprensa é 'isenta'.
    Lamentável. Eu raramente leio a imprensa 'oficial'. Prefiro me deter nos vários bons blogs gremistas, que trazem a informação livre dessa contaminação moranga.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: