1º turno da eleição para Presidente

Ontem, no Conselho Deliberativo, ocorreu o primeiro turno da eleição para a presidência do Grêmio em 2013/2014. Participaram do pleito 314 conselheiros, sendo 22 suplentes, um quórum recorde na história do Clube“. O resultado foi o seguinte. 

Chapa 1 – Fábio Koff: 93 votos (29,71%)
Chapa 2 – Eldir Antonini 2 votos (0,63%)
Chapa 3 – Homero Bellini Jr: 67 votos (21,40%)
Chapa 4 – Paulo Odone: 151 votos (48,24%)
 e 1 voto nulo.

Disse em inúmeras ocasiões que julgo ser inadequada essa forma de votação em primeiro turno dentro do conselho. Até entendo que os conselheiros possam fazer algum tipo de controle (ou aval) sobre as candidaturas, mas não concordo com a idéia do conselho decidir sozinho a eleição.
Mas essa é a regra e temos que obedecer. Em razão do acima exposto, eu fui um dos conselheiros que assinou a inscrição da Chapa 2 do Grêmio do Prata. Infelizmente eles não conseguiram votos suficientes para disputar a eleição junto ao associado. 
Já tinha aberto o meu voto em Homero Bellini Jr. E não é novidade para ninguém que sou integrante do Movimento Grêmio Independente. Tenho motivos objetivos e subjetivos para justificar a minha escolha, mas em suma digo que considero o Homero o candidato mais adequado para o momento e para o futuro do clube. Acho que é dele a candidatura que tem a chapa mais heterogênea e mais capacitada e que possui o projeto mais factível para o Grêmio. Mas respeito as opiniões divergentes e vejo virtudes em todas outras candidaturas.
Foi um noite bem fria no Olímpico ontem, com algumas pessoas ocupando o pátio (entre os quais muitos ex-conselheiros). O conselho em si estava bem cheio, contando com a presença de muitos membros que não costumam aparecer nas sessões ordinárias. Mas o clima era bom, cordial e a eleição transcorreu de forma pacífica e organizada.
Acho importante ressaltar como foi importante a redução da cláusula de barreira de 30% para 20%. Não tivesse sido promovida essa alteração (em duas ocasiões ela não foi) nós não teríamos eleições no pátio.
Outro dado importante é que a votação serviu para desmentir uma série de inverdades repetidas nos últimos anos. A principal delas talvez seja aquela frase irresponsável que afirma que o “presidente Odone domina/controla o conselho”.
Eu fiquei feliz com o resultado. Teremos 3 candidatos no pátio. Acho importante que a escolha seja feita pelo sócio. Se o sócio vai escolher sabiamente aí já é uma outra história, mas isso faz parte da democracia.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: