Pré-Libertadores? Primeira fase? Imparcialidade?

Primeira fase?
Para um jornal de Porto Alegre, quando o Inter jogou, era pré-Libertadores. Agora, é primeira fase. Que imparcialidade! (Luiz Carlos Reche – Correio do Povo – 23 de dezembro de 2012)

Na sua coluna do último domingo Luiz Carlos Reche levantou um tema interessante. Não, não se trata da nomenclatura da fase inicial da Libertadores, pois esta polêmica não se sustenta por mais de 30 segundos nem em uma mesa de bar. A Conmebol chama de primeira fase (a inscrição é a mesma, os gols feitos ali valem para contagem da artilharia, etc…), de modo que não há porque prosseguir num debate que se reduz a uma sêmantica recalcada.
O assunto que me parece que pode merecer maior atenção é justamente é tal de imparcialidade, com todas as questões daí decorrentes: Existe imparcialidade na imprensa gaúcha? É necessário que exista? Os jornalistas que exigem imparcialidade dos veículos rivais, exigem também dos seus jornais, rádios e etc?
Reche reclamou de “um jornal de Porto Alegre” que muda o nome da fase da competição conforme o time que a está disputando. Mas será que o Correio do Povo também não faz o mesmo? Peguei alguns exemplos de como o jornal em questão se referia a esses primeiros jogos da Libertadores em 2011 (Quando o Grêmio disputou) e em 2012 (Quando o Internacional disputou). Como é possível ver abaixo, não houve um critério uniforme:
 2011

 2011
Correio do Povo – 14/01/2011: “O Liverpool, adversário do Grêmio pela pré-Libertadores, realizou na quarta-feira um jogo treino, o primeiro na temporada 2011″ 
Correio do Povo – 27/01/2011: “Grêmio cede empate ao Liverpool em Montevidéu na estreia da pré-Libertadores” 
Correio do Povo – 02/02/2011: “Grêmio vira sobre o Liverpool e se classifica à Libertadores
————————————————————————–

  2012
  2012
Correio do Povo – 06/01/2012: “O Inter começa a sua pré-temporada em Gramado hoje. Bem longe de lá, na Colômbia, o Once Caldas, adversário dos colorados na primeira fase da Libertadores, também deu a partida nos trabalhos”
  
Correio do Povo – 24/01/2012: “O Once Caldas, adversário do Inter na primeira fase da Libertadores, desembarcou ontem à tarde na Capital”
Correio do Povo – 25/01/2012: “A direção do Inter tem consciência de que os dois jogos pela primeira fase da Libertadores são fundamentais para a temporada. Até o aumento, ou diminuição, do quadro social ficam da dependência do resultado contra o Once Caldas. Confronto decisivo, portanto”
 ————————————————————————–

Curiosamente, no final de 2012, o Correio do Povo voltou a falar em Pré-Libertadores. Chega até a ser engraçado. Mas será que essa diferenciação se explica por clubismo, por parcialidade ou é mesmo resultado da falta de uma linha editorial clara? E será que essa falta de linha editorial não pode se tornar um prato cheio para a passionalidade do repórter, para casuísmos, para tratamento diferenciado e outros tantos males que vemos no jornalismo esportivo hoje em dia?
Advertisements

5 Responses to “Pré-Libertadores? Primeira fase? Imparcialidade?”

  1. Anonymous Says:

    Ótima percepção, eu tinha lido o comentário do Reche, mas não lembrava das notícias anteriores do Correio do Povo. O que fica mais claro de tudo isso é de que lado “imparSCIal” nosso amigo Reche fica. Escancarou.

  2. Saulo - O Barbaro Says:

    Reche, Hiltor e Benfica são os exemplos mais deploráveis desta prática espúria da ” imparcialidade” gaúcha. Imparcialidade entre aspas mesmo, pois de imparcial não tem nada!
    Já disse e repito: jornalismo esportivo é a vala comum dos jornalistas. Quando vejo jornalistas especializados em alguma área, por mais que eu possa discordar de seus argumentos, ao menos respeito, pois normalmente possuem embasamento e, principalmente, conhecimento sobre o tema.
    No jornalismo esportivo, a impressão que tenho, salvo casos específicos, é que se o cara não gosta de política, economia ou outros assuntos mais profundos, acaba pegando a latinha e indo direto para a beira do campo. Não precisa estudar, afinal, o Brasil é o país do futebol, e possui 200 milhões de técnicos.

  3. Anonymous Says:

    Desde que o Inter clube desse jornalista de araque ganhou o mundial em 2006
    esse Rech parece determinado a
    destruir com a imagem do Gremio
    inventa,mente e distorce tudo que acontece no Tricolor
    Ele nem devia mais mencionar a palavra imparcialidade na minha opinião

  4. Anonymous Says:

    Conheço o Reche, ele é colorado doente. Observe quando o Corinthians ganha. fica louco.

  5. Marlon Tolksdorf Says:

    Essa é uma das discussões mais absurdas e ridículas que existem no futebol gaúcho. Consegue ser pior que o papo “mundial fifa x mundial não-fifa”.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: