Gauchão – Juventude 2×1 Grêmio

E o Grêmio fez o seu sexto jogo no campeonato Gaúcho em pouco mais de 20 dias de temporada. Como não poderia deixar de ser, usou uma equipe diferente a do jogo anterior. Um time misto, que fez um bom confronto com o Juventude em Caxias. No primeiro tempo a equipe da casa apresentou um futebol mais objetivo, enquanto o tricolor tinha alguma dificuldade em reter a bola. Mas o placar permaneceu intocado nos 45 minutos iniciais. 
Os dois treinadores promoverem mudanças no intervalo, e o Grêmio pareceu melhor na volta para o segundo tempo. Aos 30 segundos, Tony foi a linha de fundo e Mamute acertou o travessão. Alguns minutos depois a jogada se repetiu, mas dessa vez Mamute cabeceou sem chance para o goleiro.  O Grêmio tinha o jogo a seu favor e esperava o Juventude. Ia resistindo bem, até que o juiz Francisco Silva Neto marcou um pênalti duvidoso para o time da casa. O centroavante Zulu converteu. Na sequência, Marco Antônio desperdiçou uma grande oportunidade após bom passe de Guilherme Biteco. Aos 37, Zulu aproveitou uma bola que sobrou dentro da área para virar o jogo. O Grêmio tentou o empate, chegou a colocar bolar mais uma bola na trave mas teve que amargar outra derrota no gauchão.
Perder em Caxias, com bola na trave e pênalti duvidoso faz parte do jogo. O que não deveria fazer parte é este excesso de jogos no início do ano. O Gauchão merecia um calendário melhor. Para efeitos de comparação é válido lembrar que Atlético-MG e Cruzeiro só entraram em campo uma vez pelo seu campeonato estadual, contra seis de Grêmio e Inter.
O Gauchão também merecia uma arbitragem melhor. Francisco Silva Neto não poderia estar apitando jogos do Grêmio. Não só pela história do apelido de “Chico Colorado”, mas especialmente porque é um juiz confuso. Ontem mostrou amarelo para Marcelo Grohe por supostamente desperdiçar tempo. Mas na hora de repor o tempo perdido ele se omitiu. Deu pouco tempo de acréscimo e o jogo simplesmente não andou no período de recuperação.

Tony só tinha tido apresentações preocupantes em 2013. Mas ontem ele deu sinais de melhora. Apareceu bem no ataque e não deixou um vazio na defesa.
Não entendi porque o Grêmio não usou a sua camisa azul ontem. Parecia o ideal contra um adversário de uniforme listrado em branco e verde.

Fotos: Porthus Junior (O Pioneiro)

Juventude 2×1 Grêmio

JUVENTUDE: Fernando; Murilo, Fred, Diogo e Robinho (Diogo Oliveira – intervalo); Rafael Pereira, Fabrício (Léo – 29’/2ºT), Jardel (Douglas – 23’/2ºT), Alan e Rogerinho; Zulu 
Técnico: Lisca.
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Tony, Bressan, Werley e Alex Telles; Fernando, Ramiro, Marco Antônio e Jean Deretti (Guilherme Biteco – 23’/2ºT); Yuri Mamute (Lucas Coelho – 19’/2ºT) e Willian José (Bertoglio – intervalo)
Técnico: Roger Marques.
07 ª Rodada – 1º turno – Campeonato Gaúcho 2013  
Data: 9/02/2013, Sábado,  16h20min
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Francisco Neto
Auxiliares: Júlio Cesar dos Santos e Rogerio Gonçalves
Público: 4.798 
Renda: R$ 94.515
Cartões amarelos: Alex Telles, Bressan, Marcelo Grohe (GRE) Fabrício, Rafael Pereira (JUV)
Cartão vermelho: Alex Telles (GRE) 
Gols: Yuri Mamute , aos 2 do segundo tempo; Zulu, aos 34 (pênalti) e 37 do segundo tempo.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: