Presença de público no Gauchão (2007/2013)

by
E o Gauchão 2013 chegou ao seu esperado fim. Poderíamos aproveitar a ocasião para falar, mais uma vez, de assuntos como calendário, arbitragem e fórmula, mas por ora acho mais proveitoso tratar do tema da presença da torcida gremista nos jogos desta competição. Na análise dos números desse ano, o primeiro dado que salta aos olhos é o fato de o Grêmio ter tido a maior média de público pagante (Com 10.110 pagantes por jogo nos seus estádios), mesmo tendo feito somente um jogo decisivo em seu estádio.
Ainda que possa ser considerado bom, tal número fica abaixo da média tricolor nos últimos 7 estaduais. Em 65 jogos como mandante no Gauchão entre 2007 e 2013 o Grêmio tem uma média de pagantes de 12.266 e uma média de público total de 14.822 (tabela acima).  É sabido que o Brasileirão gera mais interesse que o Gauchão, ainda assim acho válido comparar os números antes citados com os dos jogos no Olímpico nas últimas 7 edições do campeonato nacional, onde a média de público pagante foi de 22.345 espectadores e a média de público total foi de 25.900 torcedores nos 130 jogos disputados em casa no período.

A grande questão de 2013 é saber qual o efeito da Arena na presença de público. Em abril passado os comandantes do clube e da Arena Porto-Alegrense se mostravam bastante satisfeitos com os números da torcida gremista no novo estádio:

“a presença de público nos primeiros três meses da Arena é comemorada, tanto por dirigentes gremistas, como pela Arena Porto-Alegrense — especialmente a média nas partidas do Campeonato Gaúcho, já que a presença alta na Libertadores era esperada.
Estamos espantados. Público assim para sábado à noite é fantástico. Ainda mais que a Geral está fechada”, comemora o integrante do Conselho de Administração, Nestor Hein. O Grêmio conseguiu levar 17.749 torcedores em um sábado, às 21h, diante do Caxias. “Estamos com uma média muito boa. É fora do padrão. Só mesmo a Arena, o time que o Grêmio montou para isso”, salienta o gerente de marketing da Arena Porto-Alegrense, Gilmar Machado. Isso que a Arena ainda não foi palco de um jogo no domingo, às 16h” (Correio do Povo – 07 de abril de 2013)
E quais seriam esses números? Nos 5 jogos disputados na Arena pelo Gauchão a média de pagantes foi de 12.963 e a média de público total foi de 15.070 (tabela acima) Na comparação com os últimos anos esses números de fato se mostram positivos, mas ainda não representam um aumento significativo em relação ao Olímpico.
Mas é importante lembrar que nenhum desses jogos foi disputado numa tarde de domingo, e apenas um deles era um jogo eliminatório. Nenhum era clássico ou mesmo final de turno, que costumam chamar mais público. Assim acho que o mais válido seria fazer a comparação apenas com a média dos jogos da fase classificatória, conforme se mostra na tabela abaixo.

Também é preciso lembrar que não tivemos nenhum Grenal na Arena ainda, de modo que talvez seja preciso desconsiderar o clássico nesse levantamento (tabela abaixo):

Outra questão palpitante é a questão sobre o dia em que o jogo é marcado. O levantamento abaixo demonstra que os jogos em finais de semana levam mais gente a campo do que os jogos de meio de semana. Uma conclusão parecida a que se chegou ao analisar essa questão nos números do campeonato Brasileiro.

Quando se exclui os clássicos Grenais do cálculo a média dos jogo de final de semana cai, mas segue sendo superior as das partidas disputadas durante a semana.

E mesmo que se exclua os jogos eliminatórios (quartas, semis, finais de turno e final de campeonato) e os grenais a média dos jogos realizados em fins de semana segue sendo maior.

Advertisements

2 Responses to “Presença de público no Gauchão (2007/2013)”

  1. Fabricio Says:

    André, belo trabalho, apenas para que possamos aprofundar um pouco mais, com vistas a mensurar de fato a principal questão ao clube, poderias realizar o mesmo exercício para a renda (bilheteria)?
    Imagino assim que poderíamos avaliar se houve ou não upgrade na renda. Valeu
    Fabricio

  2. André Kruse Says:

    Fabricio, essa questão de comparação de renda é sempre um tanto complicada. Primeiro pela questão do valor do dinheiro no tempo. 100 mil reais em 2007 não é a mesma coisa que 100 mil reais em 2013. Para fazer uma comparação mais acertada seria precisar fazer algum tipo de correção/reajuste.

    Outro motivo é que essa renda que consta nas fichas da partida é praticamente “uma ficção”. O valor que efetivamente entra nos cofres do CLUBE é outro, uma vez que na renda é preciso estimar um valor para sócios patrimoniais, donos de cadeiras, remidos e etc, sem falar nas taxas e nos descontos das federações.

    Mas dá pra fazer um rápido comparativo entre 2012 e 2013

    Em 2012 foram 9 jogos em casa pelo Gauchão. A Média da renda foi de R$ 252.026,45

    Em 2013 foram 9 jogos do Grêmio como mandante. A média de renda foi de R$ 291.587,77.

    Desses 9 jogos, 5 foram disputados na Arena. E a média de renda na Arena pelo Gauchão foi de R$ 401.586,20

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: