30 anos da Libertadores de 1983 – America de Cali 0x0 Estudiantes

O jogo que colocou o Grêmio na final da Libertadores de 1983 não teve a participação de nenhum atleta Grêmista. Foi o empate em 0x0 entre América de Cali e Estudiantes em 15 de julho de 1983. Como vimos no post anterior, após o 3×3 em La Plata no Grêmio, para avançar a final, precisava torcer para que o Pincha não vencesse o seu último jogo na Colombia. O problema é que, como sói acontecer em triangulares, o América já estava eliminado antes mesmo dessa última rodada e a preocupação era a motivação dos escarlatas  para este compromisso.

O presidente do clube colombiano enviou um telegrama (imagem acima) para o Presidente Koff, o convidando para  a partida, prometendo empenho total. O treinador Gabriel Ochoa Uribe disse que não facilitaria a vida de ninguém, especialmente a do Estudiantes.

Na época, Fábio Koff declarou aos jornais locais que não iria oferecer um bicho extra ao América. Mas posteriormente deu um depoimento contando que levou a Cali “numa daquelas guaiacas vinte e cinco mil doláres”, quantia que foi educadamente recusada pelos colombianos.

Outro tema que gerou polêmica foi a participação dos jogadores argentinos do América, uma vez que se suspeitava que eles pudessem favorecer os seus compatriotas. O meia Alfaro e o atacante Teglia foram retirados do time titular. Apenas o goleiro Falcioni permaneceu na equipe, sendo um dos principais responsáveis pelo 0x0 que colocou o Grêmio na sua primeira final de Libertadores de América.

Um fato pouco lembrado é que em fevereiro de 1984, o Grêmio voltou a Cali para realizar um amistoso contra o America, no que ficou conhecido como “jogo da gratidão”. O resultado foi um empate em 1×1, com gols de La Rosa para o time de casa e Osvaldo para o Grêmio.

Fontes: Zero Hora, Folha da Tarde e  “Até a Pé Nos Iremos” de Ruy Carlos Ostermann

America de Cali 0x0 Estudiantes de La Plata


AMERICA: Falcioni; Valencia, Espinoza, Reyes e Chaparro; Caicedo, Gonzales e Sierra (Penagos); Bataglia, Ortiz e De Ávila (Cassales)
Técnico: Gabriel Ochoa Uribe
ESTUDIANTES: Bertero; Malvarez, Herrera, Gette e Gugnalli; Russo, Sabella e  Aguero; Monzon (Rezza), Trama e Gurrieri
Técnico: Eduardo Manera
Libertadores 1983
Data: 15 de julho de 1983, sexta-feira, 22h45min
Local: Estádio Pascoal Guerrero, em Cali -Colômbia
Árbitro: Elias Jacone (Equador)
Auxiliares: Guillermo Quirola e Jorge Orelana (Equador)
Cartão Vermelho: Espinoza aos 19 do 1º tempo e Aguero aos 7 minutos do segundo tempo
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: