Brasileirão – Grêmio 3×1 Cruzeiro

by
 

E o Grêmio finalmente conseguiu emendar duas vitórias seguidas no campeonato e dar um salto na tabela. Conseguiu isso depois de um jogo duro com o Cruzeiro, numa noite muita fria na Arena. Renato optou por voltar ao 3-5-2, e pelo que tudo indica, Marcelo Oliveira já acreditava nisso. O treinador cruzeirense posicionou Luan e Ricardo Goulart para bloquear a passagem dos alas gremistas e assim criou dificuldade para o tricolor propor o jogo. Com Maxi Rodriguez muito adiantado, os volantes e zagueiros gremistas ficavam trocando passes pouco inspirados na saída de jogo. O Cruzeiro estava melhor em campo e chegou por diversas vezes perto do gol. Aos 30 minutos, Paulo César de Oliveira marcou um toque questionável de Bressan. Dida não se impressionou com a “corridinha lateral” de Everton Ribeiro e fez sua primeira defesa de pênalti com a camisa 1 do Grêmio. Seis minutos depois, Souza (O ruivo) puxou Barcos pela camisa e recebeu seu segundo amarelo (A expulsão até pode ser justa, mas Paulo César não mostrou muito critério. Leandro Guerreiro fez faltas mais duras e sequer foi advertido). O panorama se alterava em favor do Grêmio.
Mesmo com o adversário com um jogador a menos, Renato não alterou a sua equipe no intervalo.  O Grêmio continuou tendo os mesmos problemas na criação. Tal situação só se alterou quando Guilherme Biteco entrou em campo e o time passou a jogar no 4-4-2, ganhando em velocidade e movimentação. O tricolor iniciou uma pressão e aos 12 minutos, Rhodolfo cabeceou e Werley aproveitou o rebote de Fábio para abrir o placar. Pouco depois, foi Barcos que mostrou oportunismo ao apanhar uma bola mal cortada pela defesa cruzeirense e marcar o 2×0. O Cruzeiro ensaiou uma reação ao descontar numa cobrança de falta de Nilton (a bola desviou na barreira), mas aos 27 do segundo tempo Alex Telles cobrou falta por baixo da barreira, Fábio soltou e Kleber empurrou para o fundo das redes, selando a vitória tricolor.  

O Grêmio não fez uma grande partida e chegou a ser envolvido pelo Cruzeiro em alguns momentos do primeiro tempo. Contudo, o time soube aproveitar a situação do jogo  e as oportunidades para somar mais três pontos. Quero interpretar isso como um sinal de maturidade da equipe.
Feliz é o treinador que olha pro banco e tem um Biteco para atacar e outro para defender.
Ramiro foi muito bem na partida ontem e Rhodolfo, até aqui, só teve atuações impecáveis com a camisa tricolor.
Por falar em camisa tricolor, eu já disse no blog que não gosto dessa prática de usar uma malha de manga longa por baixo da camisa de manga curta. Acho que não combina com as listras do nosso uniforme titular. Ao menos deveriam oferecer aos jogadores uma opção de camisa de manga longa listrada.
Koff faz bem em falar em título. Renato age sabiamente ao pensar no jogo a jogo. Não vejo contradição nesses posicionamentos. Cada um está agindo de acordo com o seu papel.
Ontem o sistema de som do estádio não executou aquela versão histriônica do hino do clube tocada na guitarra na entrada e na saída do time. Alguém sentiu falta?
O público na Arena não foi grande, mesmo com a expressiva promoção feita na venda de ingressos. Talvez seja um exemplo de que a mera redução nos valores dos tickets não leva mais gente ao estádio. E muitos dos que ficaram em casa seguem reclamando do posicionamento da câmera da TV.

A RBS não transmitiu os minutos finais do jogo de ontem. E fosse um novo “Heidi Game“? 

Fotos: Site Oficial do Cruzeiro, Lucas Uebel (Grêmio.net) Tiago Baldasso (tiagobaldasso.wordpress.com) e Marcelo Matusiak (MGI)

 
Grêmio Grêmio 3×1 Cruzeiro Cruzeiro

GRÊMIO: Dida, Werley, Rhodolfo e Bressan (Guilherme Biteco – 9’/2ºT); Pará, Ramiro, Souza, Maxi Rodríguez (Mateus Biteco – 20’/2ºT) e Alex Telles; Kleber (Paulinho – 40’/2ºT) e Barcos.  
Técnico: Renato Portaluppi
CRUZEIRO: Fábio, Ceará, Bruno Rodrigo, Dedé e Egídio; Nilton (Lucas Silva – 33’/2ºT), Souza, Éverton Ribeiro (Willian – 14’/2ºT) e Ricardo Goulart; Luan e Vinícius Araújo (Leandro Guerreiro – 40’/1ºT).
Técnico: Marcelo Oliveira
14ª rodada – Campeonato Brasileiro
Data: 14/08/2013,  quarta-feira, 21h50mon
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 17.330 (16.529 pagantes)
Renda: R$ 508.415,00
Árbitro: Paulo César Oliveira/SP (Fifa)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Vicente Romano Neto (SP)
Cartões amarelos: Bressan, Rhodolfo (G); Souza, Luan, Bruno Rodrigo (CRU)
Cartão vermelho: Souza (CRU), aos 36 minutos do primeiro tempo
Gols: Rhodolfo, aos 12 min., Barcos, aos 16 min., Nilton, aos 21 min., e Kleber, aos 28 min. do 2º tempo

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: