Brasileirão – Botafogo 0x1 Grêmio

by

Depois do Atlético-PR, o Grêmio tinha mais um confronto direto pelas primeiras posições do campeonato. Para enfrentar o Botafogo no Maracanã, Renato Portaluppi voltou a escalar seu time no 3-5-2 com 3 volantes. No começo do jogo a iniciativa foi dos mandantes, que buscavam o ataque pelos lados do campo, se valendo das descidas dos seus laterais. Aos 3 minutos Gilberto cruzou da direita e Henrique cabeceou com perigo. Aos 7 minutos, Júlio César acionou Dankler. Mas, aos poucos o tricolor foi adiantando sua marcação e ganhando maior presença ofensiva. Souza e Werley ficaram perto de abrir o marcador em escanteios cobrados por Alex Telles. Parecia que o panorama do jogo poderia ser alterado aos 29 minutos quando Kléber, que já tinha cartão amarelo por suposta reclamação, deixou a perna levantada após uma conclusão e recebeu o cartão vermelho. Mas mesmo em desvantagem o Grêmio conseguiu marcar. Aos 37, Riveros foi até a linha de fundo e rolou para trás, onde Alex Telles estava pronto para soltar um foguete no ângulo de Jefferson. 
Como era de esperar o Grêmio ficou todo atrás no segundo tempo (apenas Ramiro se atrevia a se aproximar de Barcos no ataque) e a posse de bola foi toda botafoguense. Mas apesar de estar sempre rondando a área, o domínio do Fogão era infrutífero. Apenas um chute de Renato, desviado em Rhodolfo, obrigou Dida a fazer uma defesa mais difícil. No restante o Botafogo misturou desorganização (O incompreensível Dória virou atacante) com cansaço e não conseguiu empatar a partida.
As estatísticas ajudam a comprovar a superioridade do Grêmio na partida. O tricolor desarmou mais e cometeu menos faltas que o Botafogo, e foi mais eficiente nas conclusões (2 chutes no gol em 3 finalizações, contra 3 em 20 do Alvinegro).

O curioso é que muito se disse que o Botafogo jogava bonito e empolgava (E por isso era candidato ao título e o Grêmio não). O que aconteceu?  Será que essas diferenciações entre “jogar bonito” e “jogar feio” não acabam resultando em preconceitos nos prognósticos e análises?

Li ontem, no principal jornal de Porto Alegre, que “Alex Telles erra passe a todo instante“. Por um momento imaginei que o colunista que afirmou isso está assistindo um campeonato diferente. Por via das dúvidas eu  redobrei a atenção ao futebol de Alex Telles e sigo achando que ele é o melhor lateral esquerdo do Brasileirão.

E o que o Ramiro correu nesse jogo, hein? Menos mal que ele recebeu o terceiro amarelo, porque seria desumano exigir que ele repita a performance na próxima quarta-feira.

Assim como ocorreu contra o também alvinegro Atlético Mineiro, não entendi porque o Grêmio usou a camisa branca contra o Botafogo. Creio que a camisa azul celeste ajudaria mais a diferenciar os times e de quebra remeteria a primeira vitória do Grêmio no Maracanã.

O jogo valia pelo principal campeonato do país. Era confronto entre o 2º e o 3º colocados. Duas equipes tradicionais se enfrentando numa cidade de 6 milhões de habitantes. E com tudo isso o público no Maracanã ficou abaixo dos 15 mil espectadores. Tem alguma coisa errada aí, e talvez não seja só o preço dos ingressos.

 Fotos: Vitor Silva (Botafogo FR) e Paulo Sérgio (Terra e Lance)

Botafogo Botafogo 0x1 Grêmio Grêmio

BOTAFOGO: Jefferson, Gilberto, Dankler, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Jeferson, aos 24’/2°T), Renato, Lodeiro (Bruno Mendes, no intervalo), Seedorf e Rafael Marques; Henrique (Sassá, aos 31’/2°T) 
Técnico: Oswaldo de Oliveira
GRÊMIO: Dida, Werley, Rhodolfo e Bressan; Pará, Souza, Ramiro (Adriano, aos 35’/2°T), Riveros (Wendell, aos 48´/2ºT) e Alex Telles; Kleber e Barcos (Lucas Coelho, aos 39’/2°T) 
Técnico: Renato Portaluppi 

26ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2013
Data: 5/10/2013, sábado, 21h00min
Local: Maracanã, Rio de Janeiro – RJ
Público: 14.418 (10.959 pagantes)
Renda: R$ 356.995,00
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Cartões amarelos: Kleber, Ramiro e Bressan (GRE); Lodeiro, Dória, Henrique e Gilberto (BOT)
Cartões vermelhos: Kleber (GRE), aos 29 do 1ºT
Gol: Alex Telles, aos 37 minutos do 1º tempo

Advertisements

2 Responses to “Brasileirão – Botafogo 0x1 Grêmio”

  1. Jorge Bettiol Says:

    Tchê, te parabenizo pelo excelente trabalho apresentado neste Blog !

    Sds. Tricolores !

  2. Anonymous Says:

    E o Grêmio fez duas vitórias seguidas fora de casa “MORUMBI – MARACANÔ (1×0 São Paulo e 1×0 Botafogo). Esse situação se repetiu em mais 2 oportunidades: 1971 – 07/08 – 3×0 São Paulo no Morumbi e 11/08 – 2×0 América no Maracanã; 1982 – 07/04 – 2×1 Fluminense no Maracanã e 11/04 – 2×1 Corinthians no Morumbi…//

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: