Brasileirão – Coritiba 4×0 Grêmio

 Um dos grande méritos do Grêmio nesse brasileirão é ser um time que dá pouca chance ao azar, ser uma equipe que erra pouco.Hoje o tricolor errou demais. E errou muito cedo. Logo aos 15 segundos de jogo Pará fazia um gol contra, numa clamorosa falha individual precedida de uma grosseira falha coletiva (uma vez que o time permitiu uma jogada ensaiada infantil do Coritiba na saída de bola). Poucos minutos depois, a defesa gremista deixou que Alex circulasse livre entre a intermediária e área defendida por Dida, e na altura da meia lua o camisa 10 do Coxa recebeu livre e chutou no canto do goleiro gremista. 2×0 em menos de cinco minutos. Grêmio ficou os 85 minutos restantes correndo atrás da bola, e ainda levou mais dois gols, terminando o confronto com inapelável 4×0.
Era esperado uma queda de rendimento em meio a tantos compromissos em “quarta e domingo”. Seria difícil o time repetir o mesmo tipo de concentração vista no jogo contra o Corinthians. Estranha-se apenas que o tombo tenha sido tão feio. Resta saber qual será a reação da equipe, e como esse resultado afetará o futuro do time nas competições, especialmente na Copa do Brasil.

 

Pará sempre se destacou pela regularidade e confiabilidade. Hoje ele estava completamente perdido. De fato Geraldo estava de palhaçada desde o final do primeiro tempo (tanto é que Renato reclamou disso no intervalo e Alex lhe deu razão), mas Pará não pode reagir daquela maneira (Uma chegada dura alguns minutos depois teria o mesmo efeito e resultaria numa punição bem mais leve da nossa hipócrita arbitragem).
Uma boa prova que o Grêmio “não achou” o Coritiba em campo foi o fato de que o time cometeu apenas 9 faltas, contra 13 feitas pelo time da casa.
Não faria nenhuma diferença, mas é importante registrar que a arbitragem deixou de dar um pênalti em Kléber aos 8 minutos do segundo tempo.

 Fotos: Marcelo Andrade (Gazeta do Povo) e Coritiba.com.br
 
Coritiba Coritiba 4×0 Grêmio Grêmio

CORITIBA: Vanderlei, Gil, Luccas Claro, Leandro Almeida, Carlinhos, Junior Urso, Willian, Robinho, Alex (Keirrison, 36/2T), Julio César (Deivid, 26/2T) e Geraldo.
Técnico: Péricles Chamusca
GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Bressan e Alex Telles; Adriano, Matheus Biteco (Elano, 11/2T) e Riveros; Vargas (Saimon, 41/2T), Barcos (Moisés, 24/2T) e Kleber.  
Técnico: Renato Portaluppi
31ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2013
Data: 27/10/13, domingo, 18h30min
Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Público: 21.630 (19.203 pagantes)
Renda: R$ 425.347,00  
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Danilo Simon Morais (SP)
Cartão vermelho: Pará (GRE)
Gols: Pará (contra), 15”/1ºT ; Alex, 3’/1ºT, Robinho, 34’/1ºT, Geraldo, 13’/2ºT

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: