Brasileirão – Grêmio 2×1 Flamengo

Maxi Rodriguez resolveu o jogo para o Grêmio. Nem sempre é possível resumir o jogo em uma frase, mas creio que dessa vez não há nenhum exagero na afirmativa que inicia esse texto. Pois foi exatamente o que aconteceu. O uruguaio saiu do banco e marcou dois belo gols em jogadas individuais, numa partida que se mostrava complicada para a equipe gremista. 
Enfrentando um Flamengo escalado para não perder (ou talvez até não perder de muito) o Grêmio deu sinais de fadiga, tendo dificuldade de se movimentar e ser criativo, apesar do claro empenho ofensivo do time. No primeiro tempo o tricolor chegou perto de abrir o marcador em bolas lançadas na área e em duas ocasiões os defensores flamenguistas salvaram o gol em cima da linha. Contudo, o placar só foi ser movimentado aos 15 do segundo tempo, após a entrada de Maxi Rodriguez, que acrescentou iniciativa pessoal a um time que driblava pouco, e assim ele fez o 1×0, trazendo uma bola da ponta direita, para o centro, concluindo no canto esquerdo da meta adversária. Mas, perto do final do jogo,  Flamengo viu que não tinha mais nada a perder e procurou o campo de ataque e empatou aos 40 minutos, quando João Paulo chutou e a bola desviou em Rhodolfo, tirando Dida do lance. Contudo, praticamente no lance seguinte, Maxi Rodriguez voltou a fazer a diferença, abrindo espaço na defesa a dribles para dessa vez chutar no alto para superar o arqueiro:. 2×1 providencial na classificação.

Eu sempre defendo que o treinador deva ser avaliado pelo que FAZ, e não pelo que FALA. Mas é preciso reconhecer que as vezes a fala do treinador ajuda a entender o trabalho que ele faz. Assim sendo, eu continuo acreditando que seria proveitoso que Renato mencionasse mais alguns temas nas suas coletivas. Ontem ele poderia falar sobre tática, sobre como ele recuou Zé Roberto e “criou” um espaço para Maxi Rodriguez avançar. Poderia também falar um pouco mais sobre seus critérios para utilização de jogadores, e não só se limitar a dizer que vai “esfriar a cabeça e pensar no assunto”.

 
 

Fotos: Mauro Schaefer (Correio do Povo), Vinicius Costa (UOL), Lucas Uebel (Grêmio.net) e Leonardo Osmarin (GrêmioFotos)

Grêmio Grêmio 2×1 Flamengo Flamengo

GRÊMIO: Dida; Pará, Rhodolfo, Bressan e Alex Telles; Souza, Ramiro, Riveros (Maxi Rodríguez, 10’/2ºT), Zé Roberto; (Yuri Mamute, 41’/2ºT), Kleber (Elano, 26’/2ºT) e Barcos
Técnico: Renato Portaluppi
FLAMENGO: Paulo Victor; Welinton, Frauches, Samir; Digão, Diego Silva, Val (Luiz Antônio, 20’/2ºT), Gabriel (Adryan, 38’/2ºT), João Paulo; Bruninho (Rafinha, 29’2ºT) e Nixon
Técnico: Jayme de Almeida
35ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2013
Data: 17/11/2013, domingo, 19h30min
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Público: 23.372 (17.097 pagantes)
Renda: R$ 648.812,00
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos-SC e Jose Roberto Larroyd-SC)
Cartões amarelos: Kleber, M. Rodríguez;  e Frauches, L. Antonio
Gols: Maxi Rodríguez 15’/2ºT, João Paulo 40’/2ºT  e Maxi Rodríguez 42’/2ºT .

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: