Brasileirão 2014 – Grêmio 1×0 Atlético-PR

O Grêmio não teve uma grande atuação contra o Atlético Paranaense, mas em nenhum momento foi pior que o seu adversário. Apresentando um rendimento inferior ao visto nos jogos anteriores, o tricolor ainda assim repetiu algumas virtudes e defeitos. Novamente foi o Grêmio que teve o maior controle da partida e novamente o Grêmio teve certa dificuldade para se movimentar e criar no campo ofensivo. Nos minutos iniciais, apesar de toda a iniciativa, não se viram arremates e infiltrações tricolores. As raras chances só apareceram depois dos 20 minutos de bola rolando. Aos 21, Ramiro testou Weverton em um bom chute de pé esquerdo. No lance seguinte Barcos ganhou no alto após lançamento de Matheus Biteco, mas concluiu para fora depois de trazer a bola pro chão.

Felipão mexeu na equipe ainda antes do primeiro tempo acabar. A saída de um dos três meio campistas com características defensivas fazia sentido, uma vez que a bola estava quase sempre no ataque gremista e o Furacão pouco incomodava a defesa tricolor. Só não entendi porque o treinador tirou o time do 4-1-4-1 e passou ele para um 4-2-3-1, recuando Ramiro e Matheus Biteco. O Grêmio não teve maior presença ofensiva e para piorar, Giuliano (que não entrou bem no jogo), começou a “bater cabeça” com Luan. Fernandinho entrou aberto pela ponta direita para corrigir isso, mas apesar de todo o empenho do time, as chances não eram criadas. Mas o esforço coletivo foi recompensado no ultimo minuto de jogo, quando Barcos recebeu uma bola erguida na área, fez o 1×0 num belo gol e saiu de braços abertos para a torcida. Na jogada, a matada no peito do Pirata me impressionou mais do que a virada e bom chute de perna direita.

Pode se dizer que o jogo foi decidido no chuveirinho. Mas é preciso atentar para os detalhes que fazem a diferença. O Grêmio tinha uma falta quase na linha lateral, na frente do seu banco de reservas. O time já esperava a cobrança direta na área, mas Felipão ordenou que Matias Rodriguez saísse jogando. Talvez esses poucos metros que a bola tenha andado antes de ser cruzado tenham sido determinantes para que o gol saísse.

É muito legal vencer com gol nos acréscimos. Ganhar dois jogos seguidos então, nem se fala. Mas nem sempre isso vai acontecer e muito em função disso o Grêmio precisa melhorar alguns aspectos no seu jogo. Um deles é a cobrança de bola parada, especialmente nos escanteios. O aproveitamento de ontem lembrou muito o do fatídico jogo contra o Santos.
Eu também espero mais do Giuliano e acho que, nesse curtíssimo período desde sua chegada, o investimento feito ainda não se justificou. Contudo, as vaias e pegação no pé de parte da torcida são muito exagerados. Um meia precisa ter apoio e confiança para tentar passes mais difíceis e jogadas mais elaboradas.
Depois do vídeo divulgado essa semana e de todo a cantoria que se viu ontem no estádio é possível dizer que a Geral deu mostras inequívocas que é uma sandice pensar que a solução para eventuais problemas na Arena seja acabar com essa torcida ou com o espaço que ela ocupa.
Sigo defendendo que o Grêmio deveria ter mais atenção e ser mais pro-ativo na questão dos dias e horários dos jogos. Tenha absoluta certeza que o público na Arena ontem seria bem maior caso o ponta-pé inicial fosse algumas horas, ou mesmo uma hora mais tarde.
Gostei de ver o retorno da exibição dos melhores momentos no telão durante o intervalo e achei bem legal ver o gol da outra partida que acontecia no mesmo horário. Fica faltando ainda um cronômetro no placar.

Grêmio Grêmio 1×0 Atlético-PR Atlético-PR

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rrodriguez, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace (Giuliano, 39’/1º), Matheus Biteco, Ramiro, Luan (Fernandinho, 17’/2º) e Dudu (Lucas Coelho 37’/2º); Barcos 

Técnico: Luiz Felipe Scolari

ATLÉTICO-PR: Weverton, Mário Sergio, Willian Rocha, Cleberson e Natanael; Deivid, J. Paulo, Nathan (Sidicley, 10’/2º) e Marcos Guilherme (Hernani, 46’/2ºT); Marcelo e Dellatorre (Mosquito, 8’/2º).
Técnico: Claudinei Oliveira

20ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2014
Data: 10 de setembro de 2014, quarta-feira,  19h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 13.036 (11.584 pagantes)
Renda: R$ 246.116,00
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Gilberto Stina Pereira (RJ)
Cartões amarelos: Marcos Guilherme, Deivid, Ramiro e Gerome
Gols: Barcos, aos 46 minutos do 2º tempo

3 Responses to “Brasileirão 2014 – Grêmio 1×0 Atlético-PR”

  1. Anônimo Says:

    Cronômetro no placar? Aquilo que é proibido em competições oficiais da Fifa?

    “Jênio”!

  2. André Kruse Says:

    Pra mim é novidade essa proibição. O tempo era marcado no placar nos jogos da Copa do Mundo (como se pode ver nestas fotos http://www.pedromigao.com.br/ourodetolo/wp-content/uploads/2014/06/DSCN1684.jpg e http://www.pedromigao.com.br/ourodetolo/wp-content/uploads/2014/06/DSCN1684.jpg) e em outros campeonato nacionais (como a Bundesliga http://twitpic.com/ebjs6g )

  3. Koy Van Gonan Says:

    Perfeito, André!

    Ficou óbvio que o “Jênio” é o Anonimo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: