Brasileirão 2014 – Grêmio 0x1 São Paulo

Todos sabiam que uma hora Marcelo Grohe teria interrompido o seu longo período sem sofrer gols. E cedo ou tarde o Grêmio perderia sua sequência de jogos sem derrota. Pra nosso azar, isso foi acontecer justamente contra o São Paulo, que é um adversário direto na luta pelo G4.
O Grêmio não conseguiu repetir a postura apresentada em outras partidas de adiantar a sua marcação e de trabalhar a posse de bola no campo de ataque. Assim o jogo foi um pouco mais aberto e corrido do que os anteriores, com as duas equipes tendo um bom número de chances. Logo aos 3 minutos Luan recebeu a bola de frente pro gol, mas no Rogério Ceni espalmou seu primeiro chute e Paulo Miranda salvou em cima da linha o segundo arremate. Aos 21 Pato soltou forte chute de pé esquerdo e Marcelo Grohe colocou a bola pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio Kaká acertou o travessão, quase marcando um gol olímpico. Aos 32 Fellipe Bastos pegou um rebote e obrigou Rogério Ceni a fazer grande defesa. Dois minutos depois, Zé Roberto mandou uma bomba do bico da área, a bola carimbou Michel Bastos e encobriu Rogério Ceni, mas Edson Silva conseguiu tirar de cima da linha.
Logo no início do segundo tempo o São Paulo teve um pênalti questionável marcado a seu favor. Rogério Ceni converteu e o time e torcida do Grêmio ficaram excessivamente incomodados com a desvantagem no placar e justificadamente revoltados com a péssima condução de jogo que era feito pelo quinteto de arbitragem. O Grêmio lutou bastante para buscar uma reação, mas novamente transpareceram alguns defeitos da equipe, especialmente a falta de refino no penúltimo e último toque nas jogadas de ataque e o péssimo aproveitamento na bola parada. 
Assim o Grêmio acabou sendo derrotado dentro de casa para o São Paulo, o que em qualquer circunstância é ruim, mas não inaceitável. Especialmente se considerarmos que o Grêmio é um time em formação (ou reconstrução) em meio a temporada.

Essa brincadeira de buscar um time ou um treinador para ser o vilão do campeonato perde a graça quando começa a afetar a isenção de quem deveria fazer uma análise séria. Pode se até chegar a conclusão de que o juiz acertou no lance do pênalti, mas ainda assim é inaceitável que se diga que a arbitragem foi “boa”. Mais estranho ainda é o fato do Sportv ter excluído da sua edição de melhores momentos o clamoroso erro do Auxiliar FIFA Bruno Boschilia, que ignorou o livro de regras e marcou impedimento numa bola que foi passada pela defesa. Curiosamente, o Grêmio foi prejudicado com esse mesmo erro no confronto contra o São Paulo no primeiro turno.
Mas o principal problema esteve na condução do jogo como um todo, na total falta de critério da arbitragem. Pará, Kaká e Zé Roberto tentaram cavar pênaltis ao cair dentro da área, mas estranhamente só o camisa 10 gremista recebeu cartão amarelo.
Aos 15 minutos o juiz mostrou cartão amarelo para Fellipe Bastos por uma falta que não foi marcado pelo fato do São Paulo ter tido vantagem na sequência. Seis minutos depois Alan Kardec segurou Giuliano, o Grêmio teve vantagem mas o juiz não deu amarelo para o são-paulino. E é valido lembrar que as orientações do livro de regras determinam que o jogador que segura um adversário com a bola em jogo dever ser advertido com cartão. 
E todos os assistentes só se manifestavam de forma favorável ao São Paulo. Exemplo claro disso aconteceu no lance em Hudson dominou a bola com a mão, mas o “assistente de trás de gol” resolveu ignorar e  atender uma marcação posterior de Rogério Ceni. A propósito, seria bem mais econômico não pagar a taxa de arbitragem e deixar as marcações a critério do goleiro são-paulino e de Kaká, que foram quem efetivamente apitaram boa parte do jogo.
O carrinho que Rhodolfo deu em Alan Kardec foi tão faltoso quanto um que Kaká recebeu de Geromel dentro da área ainda no primeiro tempo, ou mesmo dos recebidos por Ramiro e Barcos no jogo contra o Fluminense. Mas só um deles foi marcado. O critério para marcação não pode (ou não deveria) passar pelo forma que o jogador cai dentro da área.
Kaká foi o grande destaque do jogo, nem tanto por brilho técnico, mas pela “cancha” que ele empresta a esse time do São Paulo e pela disposição dele dentro do campo.
É impossível que as 45 mil pessoas  tenham os mesmos conceitos sobre futebol. E talvez seja um exagero exigir que massa dentro de um estádio seja justa e criteriosa nas suas manifestações. Mas eu me incomodei em ouvir vaias ao Luan. Não entendo essa mania de pegar no pé dele. Nós deveríamos ter MAIS paciência com os guris da base (e não o contrário).
Ir num jogo de estádio cheio, com bandeiras, instrumentos e faixas na torcida é sempre muito legal, independente do resultado final. Todos os ingressos teriam sido vendidos. Mas se viam vários assentos vazios, como nas cadeiras superior corner nordeste e, especialmente, nas cadeiras superior corner sudeste. Um problema que deverá persistir enquanto não for implementado o check-in. O triste é que esse era um jogo propício para se buscar uma solução para essa questão, mas na semana surgiu uma nova desculpa (ao meu ver furada) para que o clube permaneça inerte sobre este assunto.

Grêmio Grêmio 0x1 São Paulo São Paulo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Pedro Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace (Giuliano, aos 19’/2ºT), Fellipe Bastos (Riveros, aos 32’/2ºT), Ramiro, Luan e Dudu; Barcos
Técnico: Luiz Felipe Scolari
SÃO PAULO: Rogério Ceni, Hudson, Paulo Miranda, Edson Silva e Michel Bastos; Souza, Maicon (Reinaldo, aos 29’/2ºT), Kaká e Paulo Henrique Ganso; Alexandre Pato (Osvaldo, aos 33’/2ºT) e Alan Kardec
Técnico: Milton Cruz
26ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2014
Data: 4/outubro/2014, sábado, às 16h20min
Local: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Público: 46.441 (43.653 pagantes)
Renda: R$ 1.677.434,00
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA-PR) e Ivan Carlos Bohn
Cartões amarelos: Pará, Fellipe Bastos, Rhodolfo, Barcos e Zé Roberto; Hudson, Edson Silva e Reinaldo
Gol: Rogério Ceni (de pênalti)  aos 9 minutos do 2º tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: