Gauchão 2015 – São José 1×1 Grêmio

Achei bastante adequado que tenha se falado em “ligar o sinal de alerta” no vestiário do Grêmio ontem. Por que ao final dessa primeira fase não dá pra deixar fugir do fato de que o tricolor, mesmo fazendo mais jogos em casa e tendo menos compromissos no calendário, ficou atrás do Co-irmão na classificação geral, e muito provavelmente não terá o mando de campo no segundo jogo de uma eventual/provável decisão em Gre-Nal.
Nesse empate contra o São José nós nem podemos reclamar da grama sintética, uma vez que, por uma barbeiragem da Federação (que marcou dois jogos na capital justo na única rodada que não poderia ser desmembrada) o jogo foi realizado em São Leopoldo. O Grêmio até que começou bem a partida, marcando o primeiro gol logo aos 11 minutos com Fellipe Bastos. Depois disso, o time teve chance de marcar o segundo (Giuliano perdeu a principal oportunidade, mas aos poucos começou a dar muito espaço para o adversário, Aos 13 do segundo tempo o São José chegou ao gol de empate (num lance em que vários dos seus jogadores cabecearam livres dentro da área) e o Grêmio não teve forças para buscar uma reação.

O curioso dessa primeira fase é que o Grêmio teve o mesmo aproveitamento nos jogos dentro e fora de casa (66%). E convenhamos que 66% de aproveitamento em casa é preocupante em qualquer campeonato,
Não me pareceu pênalti em nenhum dos lances selecionados pelo GloboEsporte. Contudo Márcio Chagas achou que o juiz só errou a favor do Grêmio. E esse entendimento do comentarista de arbitragem vem se repetindo, só verificando erros de arbitragem a favor de um dos grandes times do estado. Não há como deixar de pensar que ele ainda de se atrapalha por tentar responder, ainda que inconscientemente, sobre a questão do time do coração do seu pai,  levantada em 2011 por Roberto Siegmann.
Muito legal essa camisa do Zequinha, disparada a mais marcante do Gauchão. Uma pena que na transmissão os uniformes tenham ficado um pouco semelhantes. Foi o segundo jogo no campeonato que o Grêmio se viu obrigado a trocar de camisa no intervalo. Seria tão difícil a Federação verificar isso antes do jogo? Um email para os clubes resolveria facilmente a questão, mas o presidente da FGF parece mais interessado em continuar falando barbaridades na imprensa do que em administrar o campeonato de forma correta.
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Lauro Alvez (Zero Hora)

São José-RS São José 1×1 Grêmio Grêmio

SÃO JOSÉ: Fábio; Bindé (William, 41’/2ºT), Léo, Rafael Goiano e Brida; Roberto, Felipe Guedes, Jean Roberto (Danrley, Intervalo) e Rafinha (Collazzo, 13’/2ºT); Jô e Rafael Carrilho.  
Técnico: Gilson Maciel

GRÊMIO:  Tiago; Matias Rodríguez, Erazo, Geromel e Júnior; Wallace (Lincoln, 24’/2ºT), Fellipe Bastos; Giuliano,  Douglas (Maicon, Intervalo) e Everton (Everaldo, 12’/2ºT); Yuri Mamute
Técnico: Luiz Felipe Scolari
15ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2015

Data: 5/4/2015, domingo, 16h00min
Local: Estádio Cristo Rei, em São Leopoldo-RS
Árbitro: Jean Pierre Lima (RS)
Assistentes: Leison Peng Martins (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Cartões amarelos: Rafael Carrilho (SJO)
Gols: Fellipe Bastos, aos 11 minutos do primeiro tempo, e Rafael Carrilho, aos 13 minutos do segundo tempo

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: