Gauchão 2015 – Grêmio 0x0 Inter

Tem sido muito chato acompanhar futebol nos últimos tempos. Os mesmos problemas parecem que irão se repetir para sempre. Ontem tivemos mais um exemplo do árbitro que entra em campo com o único propósito de se preservar, apitando a partida para si mesmo, quase que torcendo por um zero a zero. Em nome do famigerado “administrar o jogo”, Anderson Daronco saiu mostrando cartões amarelos sem nenhum critério e sem muita necessidade. O maior exemplo disso aconteceu aos 40 minutos, quando ele advertiu Geromel em um lance que a própria existência de infração é questionável (e pra legitimar o erro, ainda mostrou cartão amarelo para Alisson e Braian Rodriguez).
Esse descritério acabou tendo consequências aos 17 minutos do segundo tempo, quando Geromel fez falta em Valdívia e recebeu o que deveria ter sido o seu primeiro cartão, mas acabou sendo expulso de campo. E por falar em descritério, na origem do lance, Douglas recebeu carga parecida e o juiz sequer marcou falta. O jogo se alterou com a expulsão. Antes, o Grêmio propunha mais e estava mais perto de marcar, embora carecesse de maior velocidade e/ou refino na suas jogadas de ataque. Depois, o Inter acabou controlando as ações e teve chances mais claras de abrir o marcador.

Geromel fez duas faltas e recebeu dois amarelos. Duas faltas.

Sobre o 1º cartão do Geromel:

Comentarista de SP: “Completamente discutível”
Comentarista do RS: “Não há o que discutir”.
Difícil entender essas questões onde a unanimidade não ultrapassa o Mampituba. 
Mas não é só no apito que as coisas ruins se repetem. Mais uma vez teve picuinha e descumprimento da regra de destinar 10% da capacidade do estádio para torcida visitante. Mais uma vez foi possível ver vários lugares vazios no quarto anel mesmo com o anúncio de ingressos esgotados. Mais uma vez os vendedores ambulantes bloquearam o fluxo da saída das rampas sem que ninguém tomasse uma providência. Mais uma vez a total inércia dos governos em relação as obras do entorno da Arena causou transtornos.


Grêmio Grêmio 0x0 Inter Internacional

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Pedro Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Maicon (Walace, 32’/2ºT), Fellipe Bastos, Giuliano, Douglas (Cristian Rodríguez, 26’/2ºT) e Luan; Braian Rodríguez (Erazo, 20’/2ºT)
Técnico: Luiz Felipe Scolari
INTERNACIONAL: Alisson; William, Alan Costa, Ernando e Geferson; Nico Freitas (Valdívia, Intervalo), Rodrigo Dourado, Aránguiz, D’Alessandro (Anderson, 34’/2ºT) e Eduardo Sasha (Rafael Moura, 41’/2ºT); Nilmar
Técnico: Diego Aguirre

Data: 26/4/2015, domingo, 16h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público:  46.909 (43.681 pagantes)
Renda: 2.402.081,00
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: José Javel Silveira (RS) e Julio César Rodrigues dos Santos (RS)
Cartões amarelos: Maicon, Geromel, Braian Rodríguez, Marcelo Grohe (G); Nico Freitas, Aránguiz, Alisson, William, Valdívia, Geferson
Cartão vermelho: Pedro Geromel, aos 17 minutos do 2º tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: