Brasileirão 2015 – Grêmio 2×0 Vasco

Era previsível que o Vasco de Celso Roth, de fraca campanha até aqui no Brasileirão, iria vir a Porto Alegre para ficar recuado no seu campo de defesa, jogando por uma bola no contra-ataque. Diante desse quadro, o Grêmio não se valeu das mais habituais armas para furar retrancas (bola aérea e chutes de longa distância), mantendo seu jogo de velocidade e movimentação constante no ataque. A marcação vascaína apresentava falhas e o tricolor conseguiu criar situações em jogadas pelo lado do campo que terminavam em cruzamentos rasteiros. Na melhor oportunidade do primeiro tempo, Giuliano entrou de carrinho, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Vasco não conseguiu aproveitar o contragolpe, e só ameaçou em duas cobranças de falta executadas por Rodrigo.
No segundo tempo, na primeira vez que o Grêmio atacou pelo lado direito, Galhardo levantou a cabeça e cruzou rasteiro, o goleiro Charles espalmou a bola na direção do zagueiro Anderson Salles, que marcou contra. Em desvantagem, o Vasco se abriu e foi ao ataque, mas só conseguiu concluir uma vez. O Grêmio passou a ter espaço para contra-atacar e marcou o segundo gol aos 35 minutos, quando Giuliano deu bom passe e Pedro Rocha mandou pras redes usando o lado de fora do pé direito.

O que foi a janelinha que o Luan deu no segundo tempo? E mesmo jogando isso tudo tem torcedor do Grêmio que sempre se refere a este atleta de forma pejorativa, usando termos como: soneca, “Sonâmbulo“, “bundamole“, “bostão“, “mentecapto“, “molóide“, “naba“, “preguiçoso para caralho“, “displicente e piá de merda” e “pescoço mole igual a uma galinha.  É inaceitável que se faça esse tipo de comentário em relação a um jogador, especialmente quando vindo da base.

Uma pena que o Galhardo siga tendo dificuldades na parte física quanto está claramente evoluindo na parte técnica e tática.

35 mil pessoas na Arena (segundo melhor público da temporada gremista até aqui) e uma das rampas fica fechada na saída da torcida. Difícil de entender.

Sigo achando estranho que o Grêmio tenha feito um vídeo sobre lançamento de um uniforme da Umbro  com a mesma música de um comercial da Nike dos anos 90.  Mas pelo visto a relação entre a diretoria do clube e a fornecedora de material esportivo não vive o seu momento de maior harmonia. Em se tratando de uma parceria, acho que o Grêmio tem sim o direito de questionar a postura da Umbro nas redes sociais, mas acho que deve fazer isso ao menos inicialmente, de maneira privada. Fazer essa cobrança de forma pública nas redes sociais soa como bravata para “inglês ver”.
Grêmio Grêmio 2×0 Vasco Vasco

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Galhardo (Lucas Ramon, 29’/2ºT), Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira (Marcelo Hermes, 16’/2ºT); Walace, Maicon, Giuliano, Douglas (Edinho, 33’/2ºT) e Pedro Rocha; Luan
Técnico: Roger Machado

VASCO: Charles, Madson, Anderson Salles, Rodrigo e Christianno (Gilberto, 25’/2ºT), Serginho, Guiñazú, Andrezinho e Julio Cesar; Riascos (Eder Luis, 2ºT) e Dagoberto (Herrera, 11’2º)  
Técnico: Celso Roth

13ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 11/7/2015, sábado, 18h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 34.752 (32.464 pagantes)
Renda: R$1.161.582,00
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Auxiliares: Emerson A.de Carvalho (FIFA-SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)
Cartões amarelos: Walace (Grêmio) e Guiñazú (Vasco)
Gols: Anderson Salles (contra) aos 14 minutos e e Pedro Rocha aos 35 minutos do 2º tempo

One Response to “Brasileirão 2015 – Grêmio 2×0 Vasco”

  1. Leonardo Zamboni Says:

    qual foi o lance que o Walace tomou amarelo mesmo?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: