Copa do Brasil 2015 – Grêmio 0x1 Criciúma

O Grêmio sofreu sua primeira derrota na Arena sob o comando de Roger. É verdade que poderia ter tido melhor sorte na partida se a arbitragem não tivesse equivocadamente marcado impedimento no gol de Pedro Rocha aos 22 minutos do primeiro tempo. Mas o tricolor já não jogava bem antes do erro do bandeirinha e seguiu mal, sofrendo um gol aos 33, quando Paulo Sérgio teve muito tempo para olhar pra dentro da área antes de cruzar para o segundo pau, onde Lucca subiu mais que o marcador e, de cabeça, fez o único gol do jogo
Depois disso o Grêmio não consegui retomar o bom futebol apresentado em jornadas anteriores, ficando clara a dificuldade imposta pela boa marcação do Criciúma, que impedia uma maior aproximação dos homens de frente do tricolor. 
O exponencial crescimento que o Grêmio teve desde a chegada de Roger não pode servir para que se cometam erros por prepotência, ignorando as limitações do plantel gremista. Será que, com o grupo que o tricolor dispõe, nós poderíamos nos dar o luxo de afastar um jogador titular somente porque ele está envolvido numa negociação? Rhodolfo ficou de fora dos últimos três jogos e, coincidência ou não, o time sofreu duas derrotas. Mas o que mais me incomoda nessa história é falta de transparência e/ou unidade no discurso da diretoria. Numa semana, o Presidente diz que o afastamento “nada tem a ver com venda ou proposta”, na outra o médico diz que Rhodolfo não está fora do jogo por problemas médicos e sim “por outras questões”. Fica chato.
Roger tem uma desenvoltura nas coletivas que é típica de treinadores mais experientes. Ontem ele conseguiu, por exemplo, mencionar diversas vezes o erro do bandeirinha sem parecer que estava colocando a culpa do insucesso do seu time na arbitragem.
Eu defendo que o clube deva sempre olhar pra frente, buscando soluções novas. Nesse aspecto, o retorno do Fernandinho é inexplicável. É um jogador que precisaria ter uma brutal melhora no seu desempenho para que a sua relação de custo/benefício deixe de ser uma das piores da história do Grêmio. 

Fotos: Fernando Ribeiro (Criciúma) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 0x1 Criciúma Criciúma

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Douglas (Fernandinho; 12’/2°), Giuliano e Luan (Braian Rodríguez; 30’/2°); Pedro Rocha (Yuri Mamute; 24’/2°).
Técnico: Roger Machado
CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva, Adalberto, Wanderson e Guilherme Santos (Cristiano; 35’/2°); Wellington (Jonas; 40’/2°), Marcão, Rodrigo Andrade (Jefferson, 17’/2°) e Juba; Paulo Sérgio e Lucca.

Técnico: Dejan Petkovic

Copa do Brasil 2015 – Terceira Fase – Jogo de Ida
Data: 14/07/2015, terça-feira, 21h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 17.439 (15.673 pagantes)
Renda: R$ 361.235,00
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade, Guilherme Santos. Wellington, Paulo Sérgio
Gol: Lucca, aos 33 minutos do primeiro tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: