Brasileirão 2015 – Flamengo 1×0 Grêmio

O Grêmio definitivamente se afastou da boa fase ao ser derrotado pela terceira vez nos últimos quatro jogos. O confronto com o Flamengo, reforçado por Emerson Sheik e Paolo Guerrero e um Maracanã cheio, era sabidamente difícil. E até sofrer o gol, o tricolor não estava pior do que o que o seu adversário, tendo inclusive uma chance muito clara aos 20 minutos da primeira etapa, quando Galhardo carimbou o travessão após um baita passe de Luan.
Mas o jogo mudou aos 40 minutos. O Flamengo teve uma falta ao lado da área. Ayrton cruzou sobre a pequena área. A defesa do Grêmio teve um comportamento estranho no lance: ninguém atacou a bola e ninguém impediu a corrida dos cabeceadores Flamenguistas. Marcelo Grohe poderia/deveria ter cortado o cruzamento, mas optou por permanecer em cima da linha, aonde só conseguiu defender a cabeçada de Wallace, mas não conseguiu evitar que Guerrero marcasse no rebote.

O Grêmio teve uma chance de empatar logo aos 4 minutos do segundo tempo, mas Pedro Rocha acabou ficando sem ângulo para finalizar após driblar o goleiro Cesar. Depois disso o tricolor até voltou a chegar na área adversária, mas o arqueiro flamenguista praticamente não foi mais acionado.

Das falácias repetidas na defesa do sistema de pontos corridos a que mais me incomoda é da suposta “igualdade” entre todos os participantes. Corinthians e Grêmio enfrentaram o “mesmo” Flamengo no “mesmo” Maracanã num intervalo de seis dias. Para se falar em igualdade nesse caso nós teríamos que ignorar que o Sheik e Guerrero não atuaram contra o Corinthians e que o público praticamente dobrou de um fim de semana para o outro.  
O Grêmio parece ter feito questão de se bagunçar fora de campo justamente quando tinha começado a se ajustar dentro das quatro linhas. Essa situação do Rhodolfo está cada vez mais incompreensível. Quando a negociação com os turcos avançou, o atleta não só voltou a ser escalado como também recebeu de volta a braçadeira de capitão.

Nem o “pensamento mágico” justifica essa decisão de resgatar o Fernandinho. É puro non sense. 

Fotos: Gilvan de Souza (Flamengo) e Celso Pupo (Fim de Jogo)

Flamengo Flamengo 1×0 Grêmio Grêmio

FLAMENGO: Cesar; Ayrton, Marcelo, Wallace e Jorge; Canteros, Márcio Araújo e Everton (Gabriel, 41’/2ºT); Marcelo Cirino (Arthur Maia, Intervalo), Emerson Sheik e Guerrero
Técnico: Cristovão Borges
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Rhodolfo e Marcelo Hermes; Wallace (Braian Rodríguez, 43’/2ºT), Maicon, Giuliano, Douglas (Fernandinho, 16’/2ºT) e Pedro Rocha (Vitinho, 29’/2ºT); Luan 

Técnico: Roger Machado

14ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 18/07/2015, sábado, 18h30min
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 51.055 (44.318 pagantes)
Renda: R$ 2.070.015,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (FIFA-MG) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)
Cartões amarelos: Emerson Sheik, Pedro Rocha, Marcelo Hermes, Geromel, Maicon e Marcelo Grohe
Gol: Guerrero, aos 40 minutos do primeiro tempo 1-0 (40’/1ºT)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: