Copa do Brasil 2015 – Criciúma 0x1 Grêmio

Durante esses últimos dias, iniciou-se uma discussão se o Grêmio deveria/poderia “optar” por uma saída da Copa do Brasil nessa fase para disputar a Copa Sul-Americana em 2015. Ninguém do clube deu declaração sobre o assunto, mas dentro do campo a resposta ficou bem clara. O tricolor entrou com força máxima no Heribert Hülse e jogou para reverter a derrota sofrida na Arena na semana passada.

A partida foi bastante movimentada, os dois times buscaram o ataque, fazendo com que não faltasse espaços para a criação de jogadas. O Grêmio conseguiu marcar seu gol aos 22 minutos, quando Luan caiu pelo lado direito da área e de lá fez um cruzamento, Giuliano não chegou na bola no primeiro pau, mas Pedro Rocha, ainda que sem jeito, conseguiu completar para as redes. Depois disso a disputa foi bastante igual, as oportunidades criadas/cedidas por cado lado se equivaleram, mas ninguém aproveitou  e a decisão foi para os pênaltis. Braian Rodriguez foi o único batedor gremista a desperdiçar a sua cobrança, enquanto Paulo Sérgio e o goleiro Luis tiveram seus chutes defendidos por Marcelo Grohe.


Pedro Rocha tem desempenhado uma função que exige muita movimentação. E mesmo assim ele já soma um número importante de gols marcados na temporada.

Tem sido muito legal ouvir o Roger após os jogos. Fala abertamente dos defeitos do seu time, mas também sabe proteger os seus atletas (como fez ontem com Braian Rodriguez).

Porém, outras coisas ditas no vestiário do Grêmio soam um tanto estranhas. César Pacheco diz que a direção tem “o planejamento, as ideias, a convicção. Se de fato existe uma convicção, é  muito difícil de entender quais são os conceitos que a norteiam. Por exemplo, no início do ano, os dirigentes diziam que o Grêmio jogaria com dois centroavantes e hoje o time joga sem nenhum. Essa convicção passa pelo sistema de jogo da equipe?

Sei que é bobagem, mas não gosto de ver jogador usando malha de manga longa azul por baixo da camisa tricolor de manga curta. Dá uma sensação de “quebra” nas listras.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

  Criciúma Criciúma 0x1 Grêmio Grêmio
(4×3 para o Grêmio nos pênaltis)

CRICIÚMA: Luiz; Maicon Silva (Jonas, 30’/2º), Wanderson, Fábio Ferreira e Guilherme Santos; Wellington, Marcão, Rodrigo Andrade; Juba (Maurinho, 30’/2º), Lucca (Cristiano, 35’/2º) e Paulo Sérgio
Técnico: Dejan Petkovic
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Hermes; Walace (Edinho, 44’/2º), Maicon, Giuliano (Fernandinho, 33’/2º), Douglas, Pedro Rocha (Braian Rodríguez, 41’/2º); Luan Técnico: Roger Machado

Copa do Brasil 2015 – Terceira Fase – Jogo de volta
Data: 21/07/2015, terça-feira, 21h00min
Local: Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma – SC
Público: 9.746
Renda: R$ 276.341,00
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Bruno Boschilia (SP) e Vicente Romano Neto (PR)
Cartões amarelo: Guilherme Santos, Luiz, Cristiano, Fábio Ferreira, Walace, Douglas, Galhardo, Maicon.
Cartão Vermelho: Guilherme Santos,  aos 35/2T;
Gol: Pedro Rocha, aos 22 minutos do 1º tempo
Pênaltis: Maicon (acertou), Paulo Sérgio (errou), Fernandinho (acertou),  Maurinho (acertou), Galhardo (acertou), Fábio Ferreira (acertou),  Braian Rodriguez (errou), Cristiano (acertou), Douglas (acertou) e Luiz (errou)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: