Brasileirão 2015 – Grêmio 1×1 Sport

O empate em 1×1 foi muito ruim para o Grêmio, que precisava se restabelecer no Brasileirão, que precisava superar um adversário direto, que precisava se manter no G4. Mas a atuação gremista e o jogo em si foram muito bons.
No estádio ficou claro que o Sport é uma equipe muito bem treinada. O time do Recife foi bastante corajoso na  proposta de compactação das suas linhas. Em diversas vezes foi possível ver que os zagueiros do Sport se posicionavam perto da linha do meio de campo quando o goleiro do Grêmio tinha a bola nas mãos para fazer a reposição. E a equipe gremista, mesmo diante desse cenário, manteve a sua proposta de rodar a bola, de tentar inversão do jogo buscando a entrada de um jogador vindo da lateral pela diagonal. E assim o time criou oportunidades e marcou o seu gol, aos 45 minutos da primeira etapa, com Pedro Rocha aparecendo dentro da área para chutar rasteiro.
O início do segundo tempo não foi tão bom para o Grêmio. Eduardo Baptista tirou um dos seus volantes e passou a incomodar mais no ataque. Aos 17, num cruzamento vindo da esquerda, toda a defesa gremista saltou pouco (inclusive  Tiago, que saiu do gol de maneira questionável) e a bola sobrou para Diego Souza empatar a partida. Depois disso o tricolor voltou a pressionar, passando a usar mais os cruzamentos na área (após as entradas de Fernandinho e Braian Rodriguez). O Grêmio poderia ter saído com a vitória, não fosse a grande atuação do goleiro Danilo Fernandes, que fez duas defesas sensacionais na cabeçada de Braian e num chute de Luan, aos 42 e 46 minutos, respectivamente.

Não acho que o resultado da partida possa ser atribuído à arbitragem. Mas o juiz foi muito mal no jogo. É surreal que ele tenha colocado na súmula que o Rogerfalou palavras que não foram identificadas, mas que considerei por demais ofensiva à arbitragem” para justificar a expulsão do treinador. Lembrei daquela cena do personagem do Kevin Hart no filme “O Virgem de 40 anos”.
César Pacheco deixou pra reclamar depois do jogo da escalação de um juiz que já prejudicou o Grêmio nesse campeonato. Acho (só acho) que seria mais producente tomar uma medida antes da partida. Mas a parte que mais me surpreendeu nessa coletiva foi o uso do neologismo “gabine” (a partir de 4min40s no áudio do link.)
Mas não é só nos “detalhes” da escala de arbitragem e da língua portuguesa que o Grêmio anda se descuidando. Roger pediu que a torcida comparecesse no estádio nesse sábado. A torcida foi (não chegou na casa dos 40 mil, mas num bom número), mas algumas situações preocupantes se repetiram. Mais uma vez uma das rampas do setor leste estava fechada no final do jogo. E, pelo jeito, a chegada e a saída do Humaitá seguirá sendo tarefa de gincana por um bom tempo. As obras do entorno do estádio, que tinham finalização prometida para junho de 2013, ficaram para 2017 ou 2019. E as referidas obras não preveem nenhum tipo de integração dos acessos ao estádio com a Free-Way (o que hoje é um dos principais gargalos da Arena, quando deveria ser um dos seus principais trunfos). E ninguém do clube se manifesta a respeito disso.
Contudo, apesar de todas essas dificuldades, a torcida segue comparecendo. E, o mais importante, segue se renovando.   


Grêmio  Grêmio 1×1 Sport Recife Sport

GRÊMIO: Tiago; Galhardo, Erazo, Rafael Thyere e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Giuliano (Fernandinho, 33’/2ºT), Douglas (Maxi Rodriguez, 21’/2ºT) e Pedro Rocha (Braian Rodríguez, 35’/2ºT); Luan.
Técnico: Roger Machado

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Danilo; Rithely, Wendel, Rodrigo Mancha (Élber, int.), Diego Souza (Samuel, 34’/2ºT) e Marlone; André (Régis, 23’/2ºT). Técnico: Eduardo Baptista

15 ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 25 de julho de 2015, sábado, 18h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 33.437 (31.084 pagantes)
Renda: R$ 1.134.524,00
Árbitro: Péricles Cortez (FIFA-RJ)
Assistentes: Rodrigo Corrêa (FIFA-RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (Esp.-RJ)
Gols: Pedro Rocha, aos 44 minutos do primeiro tempo; Diego Souza, aos 17 minutos do segundo tempo.

Advertisements

2 Responses to “Brasileirão 2015 – Grêmio 1×1 Sport”

  1. Anônimo Says:

    olá, tenho um site de futebol, sobre Inter, Gremio e tudo mais. Tá dificil encontar um gremista pra escrever uma coluna, então gostaria de saber se me autorizas pegar teus comentário eventualmente? (aliás já peguei).
    Paulo Fachel

  2. André Kruse Says:

    Não autorizo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: