Brasileirão 2015 – Grêmio 0x0 Coritiba

Parece ser um consenso que o Grêmio sentiu demais o ritmo da partida, o que em parte ajuda a explicar o 0x0 no placar. O tricolor teve mais iniciativa e teve as chances mais claras de marcar, mas os atletas do Coritiba terminaram a partida com muito mais “perna”, ensaiando um sufoco perto da meta defendida por Marcelo Grohe nos minutos finais.

E todo esse cenário passa muito pelo confronto da Copa do Brasil que aconteceu 62 horas antes no mesmo estádio. O Coxa saiu eliminado mas “descansou” muitos dos seus titulares. O Grêmio optou por usar a força máxima para garantir a classificação no mata-mata e acabou pagando o preço no Brasileirão.

Saindo da questão física e entrando no aspecto tático é preciso registrar que sem Maicon o Grêmio roda menos a bola no meio campo e sem Pedro Rocha o ataque tem menos movimentação e troca de posições, o que acaba alterando um tanto a forma do time jogar.

Na partida de estreia no Brasileirão, a análise do comportamento da torcida do Grêmio frente ao horário das 11h do domingo ficou prejudicada pela partida ter sido marcada para um dia das mães, após uma derrota na final do gauchão. Mas ontem ficou evidente que esse horário agrada aos gremistas tanto quanto os demais torcedores do Brasileirão. Foi o terceiro melhor público da Arena no ano.

E fica a pergunta: O Grêmio sentiu o ritmo por que jogou as 11h ou por que vem numa sequência de partidas a cada 3 jogos?

Acho pertinente que o clube questione a distribuição das equipes na grade de horários da TV, mas é preciso cuidado para que não se deixe de analisar todas as causas da queda de rendimento da equipe.

Fotos: Fábio Gomes (Lance) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio Grêmio 0x0 Coritiba Coritiba
GRÊMIO: Marcelo Grohe, Galhardo (Lucas Ramon, 25’/2ºT), Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace (Bobô, 37’/2ºT), Edinho, Giuliano, Douglas e Fernandinho (Pedro Rocha, 22’/2ºT); Luan.
 Técnico: Roger Machado
CORITIBA: Wilson; Leandro Silva, Walisson, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Cáceres (Thiago Galhardo, 8’/2ºT), Lucio Flavio e Ruy (Rodrigo Ramos, 39’/2ºT); Rafhael Lucas (Evandro, 18’/2ºT) e Henrique Almeida
Técnico: Ney Franco

21ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 30/8/2015, domingo, 11h00min
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre – RS
Público: 46.000 (43.549 pagantes)
Renda: R$ 1.913.943,00.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP)
Auxiliares: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
Cartões amarelos: Erazo, Douglas, Edinho e Lucas Ramon; Henrique Almeida, Ruy, Thiago Galhardo e Wallison Maia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: