Brasileirão 2015 – Grêmio 3×1 Avaí

O Brasileirão é uma competição chata. Não fosse isso suficiente, é também uma competição, por muitas vezes, desonesta. Apesar disso, tem sido muito legal acompanhar as partidas do Grêmio no campeonato, apesar das limitações e oscilações da equipe tricolor. Isso porque o time de Roger apresenta um padrão de jogo, onde claramente se vê que os atletas repetem em campo o que foi treinado durante os treinamentos.
Os dois primeiros gols foram um belo exemplo disso. Aos 12 minutos, Pedro Rocha saiu da ponta esquerda e aproveitou que Edinho, Luan, Giuliano e Galhardo trocavam passes para atravessar o campo e receber a bola no lado direito, aonde fez a assistência para Giuliano abrir o marcador. 11 minutos mais tarde foi possível ver Edinho orientando que Galhardo avançasse para o campo de ataque (infelizmente ainda não encontrei imagens dessa ação na internet). A movimentação do lateral abriu espaço para o volante gremista tabelar com Pedro Rocha, projetando-se a frente para enfiar a bola para Giuliano fazer o 2×0. 
No segundo tempo, o Avaí chegou a descontar com André Lima (para alegria do “futuro Mark Chapman tupiniquim” e pra tristeza de quem não gosta de flauta), mas o Grêmio ampliou com um golaço de Maxi Rodriguez (na sua jogada mais característica) e só não chegou a uma goleada porque seus avantes foram um tanto individualistas nas várias oportunidades que tricolor teve de marcar um quarto gol.

Repito o que já escrevi aqui anteriormente: Se levarmos em conta as peças que Roger tem a sua disposição, Pedro Rocha não pode ser reserva. Nenhum dos outros concorrentes a titularidade é capaz de repetir a mesma movimentação, fazendo com que a equipe gremista tenha intensa  troca de posicionamento entre os seus homens de frente do Grêmio.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Diego Guichard (Globo Esporte)

Grêmio Grêmio 3×1 Avaí Avaí

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Bressan, Erazo e Marcelo Hermes; Walace, Edinho, Giuliano, Luan (Moisés, 46’/2º) e Pedro Rocha (Everton, 28’/2º); Bobô (Maxi Rodriguez, 13’/2º). 
Técnico: Roger Machado
AVAÍ: Vagner; Nino Paraíba, Antônio Carlos, Emerson e Romário; Claudinei, Eduardo, Rudnei (Anderson Lopes, int), Everton Silva (Roberto, 31/2º) e Renan Oliveira; Léo Gamalho (André Lima, 13’/2º). 
Técnico: Gilson Kleina. 

28ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 26/09/2015, sábado, 21h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 15.164 (13.251)
Renda: R$ 420.226,00 
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza
Auxiliares: Rogerio Pablos Zanardo e Vicente Romano Neto
Cartões amarelos: Claudinei (AVA), Emerson (AVA), Eduardo Neto (AVA); Edinho (GRE);
Gols: Giuliano, aos 12 minutos e aos 23 minutos do primeiro tempo; André Lima, aos 20 minutos do segundo tempo; Maxi Rodríguez, do Grêmio, aos 30 minutos do segundo tempo;

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: