Brasileirão 2015 – Inter 1×0 Grêmio

Um zagueiro tentando (e não conseguindo) tirar uma bola de letra é bem representativo do estado anímico que o Grêmio entrou em campo nesse Gre-Nal.
É claro que não poderíamos reduzir a explicação do resultado somente pelo maior vontade do Inter, mais me parece que muito da vitória colorada passa por aí, uma  vez que o time de Argel foi sim superior, errou menos e criou mais, mas não teve uma imposição técnica e nem submeteu o time do Grêmio a um nó tático.
Uma pena que o Grêmio tenha decidido abrir mão de suas características justo no clássico. O time de Roger não procurou valorizar a posse de bola, não teve movimentação intensa dos homens de frente e não mostrou compactação entre suas linhas.  Se via um grande espaço entre os meias e os volantes, e nesse espaço o Inter tinha tempo de sobra pra jogar. O tricolor só foi conseguir controlar as ações após tomar o gol, quando o técnico Argel empilhou volantes no seu time, trazendo o Grêmio para perto da sua área.

Uma pena que a passagem de Erazo pelo Grêmio tenha que acabar desse jeito, mas não dá pra aceitar que um defensor ache adequado tentar um desarme de letra quando o jogo está 0x0. É curioso (pra não dizer triste) ver como os erros se repetem no Grêmio. Em 2012 foi o lateral Gabriel que tentou tirar uma bola de dentro da área com o calcanhar em um clássico
Mas não é justo tirar somente um atleta para Cristo quando o time foi mal coletivamente. Foi um pouco irritante notar a diferença da postura de atletas como Luan e Pedro Rocha (que se apresentavam pro jogo) em relação a outros como Giuliano e Douglas (que pareciam mais inertes).
Todo treinador precisa de suporte do seu entorno. Roger, por melhor que seja, não pode fazer tudo sozinho. Hoje no Grêmio ele é a única pessoa que fala sobre futebol (aqui entendido como é que acontece dentro das quatro linhas).
Pelo jeito o roupeiro do Grêmio não leu o meu post de ontem sobre a meia reserva a ser usada no Gre-Nal.
E o público ficou um pouquinho abaixo da média dos últimos 20 Gre-Nais no Beira-Rio pelo Brasileirão

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net), Diego Guichard (Globo Esporte) e Ricardo Duarte (Internacional.com.br)

Inter 1×0 Grêmio

INTERNACIONAL: Alisson; William, Paulão, Ernando e Artur; Rodrigo Dourado, Nico Freitas (Silva, 37’/2ºT), Anderson (Bertotto, 24’/2ºT) e D’Alessandro; Vitinho (Alisson Farias, 34’/2ºT) e Lisandro López
Técnico: Argel Fucks
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro (Maxi Rodriguez, 34’/2ºT), Giuliano, Douglas (Bobô, 22’/2ºT),e Everton (Pedro Rocha, Intervalo); Luan
Técnico: Roger Machado

36ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2015
Data: 21/11/2015, domingo, 17h00min
Local: Beira-Rio, Porto Alegre – RS
Público: 34.109 (30.692 pagantes)
Renda: R$ 1.081.230,00
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha de Matos (FIFA-BA) e Dibert Pedrosa Moisés (RJ)
Cartões amarelos: Vitinho, William, Alisson e Silva (INT); Galhardo e Luan (GRE)
Gol: Vitinho, aos 7 minutos do 2º tempo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: