Quanto custou ir à Arena no Ano de 2015

Repeti trabalho  feito no ano passado e fiz um levantamento de quanto custou ir à todos jogos do Grêmio em casa no ano de 2015. 
Para tanto, levei em conta quanto quanto cada tipo de associação e setor paga por mês (com ou sem antecipação do pagamento de mensalidade), e também incluí o preço de ingressos avulsos, sem considerar descontos para estudantes e idosos (uma vez que essa questão não é fixada pelo Grêmio). E para tornar a comparação possível, considerei que o sujeito foi sempre no mesmo setor do estádio, apesar de saber que a possibilidade de variação é um atrativo do programa do sócio-torcedor.
Acabei desconsiderando as promoções que davam desconto ou gratuidades para acompanhantes ou menores de certa idade.
Os resultados são bem parecidos com o do ano passado, muito embora esse ano o sócio patrimonial/migrado/contribuinte tenha sido favorecido pelo maior número de partidas na Arena (34 em 2015, contra 31 em 2014)
Na última reunião do Conselho Deliberativo, ao ser perguntado sobre reajustes de mensalidade, o presidente Romildo Bolzan chegou a comentar que a diretoria pensou em fazer mudanças mais significativas entre os valores cobrados por setores, mas acabou optando por aplicar o mesmo percentual de reajuste para todas categorias.
Segue abaixo a o levantamento dividido por setores e por meses (clique nas imagens para ampliá-las)

No caso da arquibancada norte (Geral) vale lembrar que o levantamento em relação ao não-sócio é meramente hipotético, uma vez que em diversas partidas, como o Grenal do Brasileirão, os ingressos para o setor se esgotaram antes de que fosse aberta a venda para o público em geral.
Acho interessante que o valor total gasto pelo sócio patrimonial e o sócio-torcedor diamante seja bem próximo. Mas penso que seria até mais justo que o sócio patrimonial pagasse um valor um pouco mais alto por ter ingresso garantido no lugar mais concorrido do estádio.

Na cadeira alta Norte/Sul aconteceu um fenômeno curioso: A variação do preço do ingresso variou. E estranhamente o valor cobrado para o Grenal do Brasileirão foi mais BARATO do que o cobrado para Grêmio X Avaí marcado para um sábado às 21h.
O valor da mensalidade cobrado para este setor é o mesmo do cobrada para a geral. Imagino que poderia se pensar em cobrar um valor mais baixo (inclusive para os ingressos avulsos), considerando a maior oferta de lugares e a menor procura no momento das vendas jogo a jogo.

Nas cadeiras gramado, acabou saindo bem mais em conta a modalidade sócio-torcedor diamante.

Na cadeira gold chama a atenção o fato de que o “mensalista” acaba pagando um valor bem mais alto do que um não sócio. 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: