Primeira Liga 2016 – Avaí 2×2 Grêmio

Apesar de não ter feito uma grande atuação, o Grêmio foi melhor que o Avaí e teve de tudo para começar sua participação Primeira Liga com uma vitória. O jogo praticamente começou com um gol tricolor após boa jogada de Pedro Rocha que Edinho apareceu dentro da área (tal como pedido por Roger) para concluir. O placar só voltou a ser movimentado no segundo tempo. Aos 7 minutos William girou bem dentro da área e aproveitou da distância dada por Bressan na marcação para empatar o jogo. Bressan se “redimiu” ao marcar, de cabeça, o 2×1 após falta bem batida por Lincoln. O Grêmio teve duas boas chances de liquidar a partida. Na primeira Pedro Rocha tentou um toque enfeitado e não conseguiu passar pelo goleiro Renan. Depois, aos 38 minutos, Lincoln sofreu pênalti, mas Bobô bateu muito mal, facilitando a vida do arqueiro avaiano. Como castigo para sua displicência, o Grêmio acabou levando o empate aos 42 minutos, numa cabeçada do zagueiro Gabriel.
Não tenho dúvida que o Grêmio foi superior ao adversário, mas não significa que o rendimento da equipe tenha sido bom. Não consigo concordar com o Roger quando ele avalia “a partida como muito boa, segura coletivamente.

Essa questão do pênalti perdido pelo Bobô me preocupa especialmente por lembrar do percentual ruim que o Grêmio teve em conversão de penalidades máxima no ano passado.

O torneio por si só não me empolga, mas a iniciativa dos clubes tomarem frente da organização da suas competições é importantíssima. A Primeira Liga precisa de apoio do público. Mas a organização precisa facilitar a recepção desse apoio. Colocar um jogo as 21h45min de uma quinta-feira, com o ingresso mais barato a 60 reais não é exatamente uma receita garantida para estádio cheio.

Deu pra ver que o time reserva do Grêmio tinha totais condições de vencer o Avaí. Mesmo assim, eu não entendi muito bem o planejamento do tricolor para esses primeiros jogos. O uso de reservas na Primeira Liga é um pouco contraditório com o (acertado) discurso da direção de enfrentar a CBF/FGF e valorizar a competição. Ademais, a primeira fase do Primeira Liga são apenas 3 jogos, onde somente 4 dos 12 participantes classificam para próxima fase. As chances de recuperação são bem menores do que no Gauchão, onde o time joga 13 vezes e 8, de 14 equipes, classificam para a fase seguine.

Fotos: Siri Freitas (Diário Catarinense)

Avaí 2×2 Grêmio

AVAÍ: Renan; Renato, Henrique, Gabriel e Paulinho; João Filipe (Braga, 35’/2º), Caio César  (Lucas Chapecó, 25’/2º), Diego Jardel e Rômulo; Lucas Fernandes (Tauã, 25’/2º) e Willian.
Técnico: Raul Cabral

GRÊMIO:  Marcelo Grohe; Wesley, Thyere, Bressan e Marcelo Hermes; Edinho, Moisés e Ramiro (Fernandinho, 11’/2º) Lincoln; Pedro Rocha (Tilica, 32’/2°), Bobô
Técnico: Roger Machado

1ª Rodada – Grupo B – Primeira Liga 2016
Data: 28/01/2016, Quinta-feira, 21h45min
Local: Arena Condá, em Chapecó – SC
Público: 2.704
Renda: R$ 100.270,00 Árbitro: Erik Giovanni Fernandes (MG)
Auxiliares: Marcyano Pires de Lima e Leandro Salvador Silva (Ambos de MG)
Cartões Amarelos: Bobô, Moisés, Marcelo Hermes); Caio César, Henrique, Paulinho
Gols: Edinho, a 1 minuto d 1º tempo; William, aos 7 minutos ; Bressan, do Grêmio, aos 16 minutos e Gabriel, do Avaí, aos 42 minutos do segundo tempo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: