Copa do Brasil 2016 – Grêmio 2×1 Palmeiras

 

2016-gremio-2x1-palmeiras-copa-do-brasil-2

Esse jogo de ontem foi bem diferente do empate em 0x0 do dia 11 de setembro. Um belo exemplo da diferença entre um mata-mata e campeonato de pontos corridos. Foi uma partida bem menos estudada, com as equipes correndo mais riscos e sendo mais diretas nas suas ações. O Grêmio fez um primeiro tempo muito bom, tendo volume de jogo, criando situações e abrindo 2×0 (num golaço de Ramiro e com Pedro Rocha pegando o rebote da cabeçada de Geromel).

O gol de pênalti (sofrido por Gabriel Jesus e convertido por Zé Roberto) acabou sendo uma ducha de água fria no entusiasmos tricolor. O Grêmio tentou retomar o ritmo inicial, mas aos poucos os dois times começaram a diminuir a intensidade, quase como se estivessem pensado no jogo de volta.

 
2016-gremio-2x1-palmeiras-copa-do-brasil-6 2016-gremio-2x1-palmeiras-copa-do-brasil-7

Ramiro fez um golaço e foi melhor em campo. Acho interessante que Renato tenha colocado ele para jogar na segunda linha do meio de campo, fazendo uma função parecida com a que ele fez no Gre-Nal dos 4×1.

O juiz foi muito confuso no jogo. Maior prova disso foi o lance que ele marcou falta no recuo de Roger Guedes para o goleiro Jailson, mas deixou que a barreira ficasse em distância muito inferior a exigida pela regra.

Gabriel Jesus é um jogador muito promissor. Mas é impressionante como ele reclama durante o jogo. E igualmente impressionante é conivência da arbitragem com esse comportamento. Lembrei do artigo do Tim Vickery no qual ele dizia que no futebol brasileiro as estrelas são excessivamente protegidas pela arbitragem.

O Grêmio disputou 15 jogos em casa por quartas de final de Copa do Brasil. A média de público nessas fase é de 29.259 pagantes. Público de ontem ficou um pouco abaixo dessa média.
2016-gremio-2x1-palmeiras-copa-do-brasil-12016-gremio-2x1-palmeiras-copa-do-brasil-3
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Cesar Greco (Palmeiras)

Grêmio 2×1 Palmeiras

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edilson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Jaílson, Ramiro (Rafael Thyere, aos 44’/2ºT, Douglas e Pedro Rocha (Guilherme, aos 34’/2ºT); Luan.
Técnico: Renato Portaluppi

PALMEIRAS: Jailson; Fabiano, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel (Leandro Pereira, no intervalo), Moisés, Tchê Tchê e Dudu (Rafael Marques, aos 43’/2ºT); Róger Guedes (Barrios, 38’/2ºT) e Gabriel Jesus
Técnico: Cuca

Copa do Brasil 2016 – Quartas de Final – Jogo de ida
Data: 28 de setembro de 2016, quarta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Público total: 26.589 (24.471 pagantes)
Renda: R$ 723.201,00
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva
Assistentes: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn
Cartões amarelos: Kannemann, Marcelo Grohe, Walace; Fabiano, Mina, Vitor Hugo
Gols: Ramiro, aos 32 minutos do 1º tempo, Pedro Rocha, aos 44 minutos do 1º tempo;
Zé Roberto (de pênalti), aos 5 minutos do 2º tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: