Brasileirão 2016 – Grêmio 0x0 Inter

2016-grenal-brasileirao-0x0-2

Foi um Gre-Nal de pouquíssimas alternativas. Chances concretas de marcar foram apenas uma para cada lado no segundo tempo: a cabeçada de Kannemann depois de um escanteio e o chute por cima de Vitinho em um contra-ataque perigoso. De resto se viu um jogo truncado, com algumas tentativas de conclusão de fora da área. Após a longa paralisação em razão das expulsões, as equipes adotaram uma postura ainda mais cautelosa.

Entendo que tenha que se levar o fato de que a lesão na mandíbula atrapalhou o ritmo de jogo do Bolaños, mas isso não explica porque ele, com 26 anos, se movimenta menos que Douglas (que tem 34). Com a escalação do equatoriano, o Grêmio teve menos troca de posicionamento entre seus homens de frente e assim Luan acabou jogando mais longe do gol, onde costuma render menos.
2016-grenal-brasileirao-0x0-3

Eu não sei o que foi mais absurdo: o fato do Vitinho não ter sido expulso apesar de ter dado um soco no Kannemann ou o fato do Rodrigo Dourado ter sido expulso por ter levado dois socos do Edilson (não vi nos replays o tal do revide mencionado pelo juiz na súmula)

Renato foi didático ao explicar a função exercida pelo Ramiro e ao dizer porque Everton está na reserva de Pedro Rocha. De um modo geral ele é autêntico e espontaneamente engraçado nas coletivas, mas ontem parecia falar como se tivesse vencido o clássico e como se estivesse no G6.  Kannemann e Geromel foram os melhores atletas do Grêmio na partida, e isso é preocupante se de fato foi o tricolor o time que buscou a vitória.

Foi batido o recorde de público da Arena ontem (desde 1996 o Grêmio não tinha dois públicos acima de 50 mil em partidas de Campeonato Brasileiro), mas o estádio ainda não lotou. Um dado curioso é que o percentual de não pagantes ontem (10,55%) foi maior do que no jogo contra o Corinthians (8,01%).

2016-grenal-brasileirao-0x0-1
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 0x0 Inter

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Guilherme – 39’/2ºT) e Ramiro; Miller Bolanõs (Jaílson – 20’/2ºT), Luan e Pedro Rocha (Everton – 11’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Ceará, Paulão, Ernando e Geferson; Anselmo, Rodrigo Dourado, William e Valdívia (Eduardo Henrique – 24’/2ºT); Eduardo Sasha (Gustavo Ferrareis – 41’/2ºT) e Vitinho (Aylon – 39’/2ºT)
Técnico: Celso Roth

32ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 23/10/2016, domingo, 17h00min
Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre-RS
Público: 53.287 (47.662 pagantes)
Renda: R$ 1.782.613,00
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Auxiliares: Alessandro A. Rocha de Matos (FIFA-BA) e Bruno Raphael Pires (FIFA-GO)
Cartões Amarelos: Anselmo e Vitinho (INT)
Cartões Vermelhos: Edílson (GRE, aos 17’/2ºT) e Rodrigo Dourado (INT, aos 20’/2ºT)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: