Gauchão 1990 – Caxias 1×1 Grêmio

by
1990-folha-de-hoje-silvio-avila

Foto: Silvio Avila (Folha de Hoje)

 

No Gauchão de 1990, Caxias e Grêmio se enfrentaram no Centenário pela terceira rodada do quadrangular final. Empate em 1×1, com gols marcados por Nílson Esídio pelo tricolor e Nilson Aragão pelos mandantes.

O Caxias estava desfalcado do goleiro Barbirotto (eternizado em um episódio do Chaves) que sofrera uma séria lesão na última partida do segundo turno

Foto: José Doval (Zero Hora)

 

CAXIAS REAGE E CONTINUA COM CHANCES
O empate de 1 a 1 foi um resultado justo, e o Grêmio ainda terá que esperar mais duas rodadas para comemorar o hexa. O Caxias vive!

Evaristo de Macedo surpreendeu a todos com escolha de João Antônio para substituir a Paulo Egídio que, lesionado, não jogou. A opção acabou sendo providencial. Em primeiro lugar porque proporcionou uma melhor cobertura ao lateral Hélcio na marcação do veloz e habilidoso João Carlos. Em Segundo porque a entrada dele deu mais liberdade pra Assis, embora o campo pesado não tenha permitido uma melhor movimentação do jogador gremista. Enquanto isso, o Caxias do primeiro tempo insistia no chuveirinho, facilitando as coisas para a defesa do Grêmio. O resultado foi o domínio e a vitória parcial gremista no primeiro tempo, com um gol de Nilson, aos oito minutos.

Na segunda etapa, Orlando Bianchini colocou Manuel no time, no lugar de Ranielli e mudou todo o panorama do jogo. Foi a partir desta modificação que o Caxias equilibrou o jogo e passou a dominar o jogo até chegar ao empate, aos 23 minutos, través de Nilson, com justiça. Evaristo foi obrigado a fazer duas alterações, tirando Caio e colocando Almir e trocando Assis, cansado, por Geverton. Com isso, freou um pouco o ímpeto do Caxias e até conseguiu alguns bons contra-ataques. O final foi dramático, mas o empate acabou sendo um resultado justo. ” (Antônio Celso Sampaio, Zero Hora, quinta-feira, 19 de julho de 1990)

 

CAXIAS ADIA DECISÃO DO GAUCHÃO

O Grêmio se apresentou para o jogo com o Caxias, ontem à noite, no estádio Centenário, com o objetivo determinado para não perder a partida. Isto é tão verdade, que Evaristo Macedo montou um esquema com cinco jogadores no meio de campo: Jandir, Cuca, Assis, Caio e Luis Antônio. A rigor, somente Nílson no ataque. A jogada preferencial, e pré-determinada, era sempre com Assis, caindo pelo lado esquerdo, armando o contra-ataque com o centroavante. Para neutralizar a principal jogada do Caxias com João Carlos, o técnico gremista escalou João Antônio e Hélcio.

Em alguns momentos da primeira etapa esta estratégia deu certo, porque Ranieli não conseguia se movimentar, sobrecarregando os homens do meio.

No único chute da primeira etapa, numa falha decisiva do goleiro Marcos, o Grêmio marcou seu gol, aos 8min. Foi só. Na segunda etapa, Bianchini mandou Caçapava jogar em cima de Assis e colocou em campo Manoel e Paulo Alves, retirando Ranieli e Mezzari, tornando o Caxias mais ofensivo e decidido a mudar o resultado. O Grêmio apenas se defendeu, ainda mais com a entrada de Almir e Geverton, saindo Assis e Caio.

De tanto martelar em cima da confusa defesa gremista, o Caxias chegou ao empate aos 23min, através do goleador Nílson, aproveitando uma sobra de bola dentro da área gremista. Os minutos finais da partida foram terríveis para o Grêmio, pois o Caxias esteve perto de marcar o seu gol da vitória. Agora, fica tudo transferido para domingo, no Olímpico.” (Alfeu de Oliveira, Elizeu Evangelista, Osny Freitas de Oliveira – Editoria de Esportes, Folha de Hoje, quinta-feira, 19 de julho de 1990)

 

 

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

8 minutos — Nilson faz o gol do Grêmio, na falha do goleiro Marcos, que defendeu o primeiro chute e depois não evitou que a bola entrasse no gol

11 minutos — Caio entra livre, mas a defesa salva.

17 minutos — Edelvan chuta forte e Mazaropi defende.

24 minutos — Cuca tenta a tabela com Nilson, mas o goleiro Marcos pega.

31 minutos — João Marcelo falha na pequena área e Joel Marcos não aproveita.

41 minutos — Assis bate falta por cima do gol.

44 minutos — Assis, outra vez, tenta de fora da área, mas a bola sai torta.

Segundo Tempo

2 minutos — Manoel chuta forte, mas a bola saí desviada pela linha de fundo.

5 minutos — Jandir cobra falta e o goleiro Marcos defende.

14 minutos — Caçapava pega um rebote de fora da área e bate forte, mas Mazaropi, bem colocado defende.

22 minutos — João Carlos entra livre, mas Mazaropí salva.

23 minutos — Nilson empata o jogo para o Caxias, depois da cobrança de escanteio por João Carlos da esquerda.

36 minutos — Manoel outra vez arrisca de fora da área, mas a bola sai por cima.” (Zero Hora, quinta-feira, 19 de julho de 1990)

Foto: Luiz Chaves (Folha de Hoje)

 

EVARISTO LAMENTA OS GOLS PERDIDOS

Mesmo reconhecendo que o Caxias foi um adversário difícil, Evaristo de Macedo disse que o Grêmio poderia ter liquidado o jogo no primeiro tempo, quando perdeu várias chances de gol. Também elogiou João Antônio:

— Na primeira etapa fomos muitos superiores. No segundo tempo o Caxias, mesmo desordenadamente, foi melhor e poderíamos ter perdido o jogo se eles soubessem aproveitar a chance. E o João foi o melhor em campo, pois anulou o perigoso lado direito do adversário. Ele jogou muito.

Já Orlando Bianchini, do Caxias, lamentou a falha de Marcos no gol do
Grêmio e disse que vai montar um esquema ofensivo para domingo, no Estádio Olímpico:

— Não podemos mudar o nosso estilo de jogo. Vamos para o tudo ou nada, pois ainda temos chances de chegar ao título. O Caxias vai jogar como sempre, no ataque. Não pode ser diferente” (Zero Hora, quinta-feira, 19 de julho de 1990)

1990 caxias ingressos

 

CAXIAS: Marcos: Ricardo, Carlinhos, Mezzari e Alexandre; Caçapava, Joel Marcos e Ranielli (Manoel); João Carlos, Nilson Aragão e Edelvan
Técnico: Orlando Bianchini

GRÊMIO: Mazaropi; Alfinete, João Marcelo, Luis Eduardo e Hélcio; Jandir, João Antônio, Cuca e Caio (Almir); Nilson e Assis (Geverton)
Técnico: Evaristo de Macedo

Campeonato Gaúcho 1990 – Quadrangular Final – 3ª Rodada
Data: 18 de julho de 1990, quarta-feira, 20h00min
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul – RS
Público: 5.098 pagantes
Renda: Cr$ 2.132.200,00
Árbitro: Silvio Oliveira
Auxiliares: João Roberto Scherer e Juarez Mariano.
Cartões amarelos: Assis e João Antônio; João Carlos
Gols: Nilson aos 8 minutos do primeiro tempo; Nilson Aragão, aos 23 minutos do segundo tempo.

3 Responses to “Gauchão 1990 – Caxias 1×1 Grêmio”

  1. jrmorais Says:

    Olá, sou da Grêmiopédia. Vejo que vocês têm um vasto material, nós estamos atrás de alguns jogos faltantes, será que não querem nos ajudar?

    Att.
    Junior Morais

    Gerente Administrativo
    Fone: +55 51 99774-7742
    ________________________________

    • andrekruse Says:

      Eu já enviei algumas contribuições para Grêmiopédia. Estou a disposição para o que precisarem

  2. Retrospectiva do Blog em 2020 | Grêmio1983 Says:

    […] Gauchão 1990 – Caxias 1×1 Grêmio […]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: