Brasileirão 1995 – Grêmio 1×2 Goiás

by

Foto: Paulo Franken (Zero Hora)

 

No Brasileirão de 1995, o Grêmio chegou até esse confronto numa situação interessante, na primeira posição do Grupo A no returno. Aqui é necessário fazer a ressalva que o Grêmio teve três jogos adiantados, então sua liderança se dava por pontos, e não por aproveitamentos.

O Grêmio vinha de uma eliminação na Supercopa, mas numa sequência de três vitórias no Brasileirão. Isso fez com que alguns atletas pedissem que fosse utilizada força máxima nessa partida, o que foi prontamente rechaçado por Felipão, sob o argumento de que “o momento agora não é de correr riscos, mas de pensar no time do Ajax”.

Com apenas dois titulares iniciando a partida o Grêmio foi derrotado pelo Goiás, e terminou a rodada atrás do Botafogo, que viria a garantir a vaga nas semifinais (e posteriormente o título da competição).

 

O JOGO: O Grêmio entrou em campo com um time reserva, que falhou na zaga e foi incompetente no ataque. Depois de acertar duas vezes a trave, o Goiás fez o segundo gol no último minuto.” (Placar, Tabelão 95 n.º 10)

 

GRÊMIO PERDE PARA O GOIÁS NO FIM DO JOGO
A partida teve um baixo nível técnico, mas apesar da derrota o time continua na liderança do grupo

 
Numa tarde-noite calorenta, Grêmio e Goiás fizeram uma partida de baixo nível técnico no Estádio Olímpico. 0 time de Hélio dos Anjos superior e venceu a partida por 2 a 1. Apesar do resultado, O Grêmio permanece na liderança do Grupo A, com 13 pontos. A vitória do Goiás foi ruim para o Inter. Agora, a equipe de Goiânia sobe para 13 pontos —cinco a mais que o colorado — e assume o primeiro lugar no Grupo B.

 
Parte dos 2.280 torcedores que assistiram à partida deixou o Estádio Olímpico no intervalo. Durante os primeiros 45 minutos as duas equipes fizeram um jogo insosso, sofrível. A um minuto do segundo tempo, a defesa do Grêmio falhou e Marcão abriu o placar para o Goiás. Luiz Felipe sacou Ranielli do time e colocou o titular Carlos Miguel com a incumbência de armar os lances de frente. Aos 13 minutos, Carlos Miguel lançou Emerson para empatar a partida: 1 a 1. Logo depois do gol, o volante entrou no lugar de André Vieira. Aos 45 minutos, Magrão aproveitou nova falha zaga gremista e deu a vitória ao Goiás.

 
A diretoria do Grêmio entregou a polícia uma fita de vídeo RBS TV com imagens de 17 torcedores gremistas apedrejando um ônibus da empresa Trevo que levava torcedores do Inter ao Beira-Rio, domingo, para assistir ao jogo com o Flamengo. Os agressores foram identificados e punidos pelo Grêmio. Agora, todos deverão responder ao processo criminal que será instalado pela 3ª Delegacia de Polícia da Capital.” (Zero Hora, quinta-feira, 9 de novembro de 1995)

GRÊMIO: Murilo; Andre Vieira (Dinho 14 do 2ºT), Vagner Fernandes, Scheidt e Roger; Luís Carlos Goiano , Carlos Alberto (Vagner Mancini 26 do 2ºT), Emerson e Ranielli (Carlos Miguel, intervalo); Magno e Nildo
Técnico: Luiz Felipe Scolari

GOIÁS: Clemer; Edinan, Marcio, Richard e Augusto; Romeu (Zé Teodoro 23 do 2º), Adriano (Guara, intervalo), Wallace e Edson Pezinho; Magrao e Batistinha
Técnico: Hélio dos Anjos

Brasileirão 1995 – Segundo Turno – 6ª Rodada
Data: 8 de novembro de 1995, quarta-feira, 19h00min
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre, RS
Público: 2.280 (1.029 pagantes)
Renda: R$ 9.453,00
Juiz: Claudio Vinicius Cerdeira (RJ)
Cartão amarelo: Augusto e Ranielli
Gols: Magrao aos 2 minutos, Emerson aos 13 e Magrão aos 45 minutos do 2º tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: