Brasileirão 1985 – Grêmio 0x0 Bahia

by

Foto: João Onofrio (Zero Hora)

 

No Brasileirão de 1985, o Grêmio recebeu o Bahia em casa, estava liderando o grupo depois de 7 rodadas, mas não conseguiu sair do 0x0.

A grande atração da noite era Alejandro Sabella, que faria sua primeira apresentação no Olímpico, após estrear com a camisa do Grêmio contra o Cruzeiro no Mineirão.

O público presente foi terceiro maior  do Grêmio naquele Brasileirão, onde a média tricolor foi de 15.195 pagantes por jogo.

Interessante notar nos textos transcritos abaixo as menções as vaias que parte da torcida presente direcionou a Renato.

 

Foto: Gerson Schirmer (Zero Hora)

 

“GRÊMIO DECPECIONA, MAS AINDA É LÍDER
Time de Minelli se complicou muito num jogo onde era o grande Favorito

O consolo dos 20 mil torcedores que assistiram ao empate do Grêmio com o Bahia em O x 0, ontem à noite, no Estádio Olímpico é a liderança que o time ainda mantém (está ao lado do Atlético Mineiro com 11 pontos, mas com uma vitória a menos) no grupo A da Taça de Ouro. Fora disso, não havia mais nenhum motivo para comemorar porque a equipe realizou sua pior apresentação deste ano em Porto Alegre. Houve momentos em que os torcedores vaiaram — a Renato, por exemplo, aos 36 minutos do primeiro tempo — e até pediram a substituição do ponteiro-direito por Tarciso, num pedido que Minelli não tinha condições de atender, pois o jogador não estava no banco de reservas.

Desde o início, no entanto, a torcida demonstrava muita fé na equipe, especialmente no argentino Sabella, que centralizou as jogadas, procurou driblar e conseguiu boas faltas próximas à área. O problema é que o Bahia mostrou um bom esquema tático, que deixava claras as suas intenções — manter o empate a qualquer preço. Beneficiado pela falta de inspiração do adversário, o Bahia mereceu o 0 x 0 do primeiro tempo e voltou para o segundo com a mesma disposição, sem que o Grêmio soubesse como reagir. Minelli tentou uma modificação, tirando Ademir e colocando Osvaldo, expulso dois minutos depois junto com o lateral-esquerdo Miguel. Em tese, esse incidente deveria ajudar o Grêmio: haveria mais espaço no campo para o time que realmente tentava vencer, e Renato estava se livrando de um excelente marcador. Mas nada disso aconteceu e o Bahia até tornou-se mais eficiente nos contra-ataques.

No final, restou mesmo o consolo de que o time ocupa a primeira posição no grupo e uma constatação: é preciso melhorar muito para chegar ao título deste turno.” (Pedro Macedo, Zero Hora, 28 de fevereiro de 1985)

 

“MINELLI PEDE TEMPO PARA ACERTAR TIME
Técnico admite que há problemas de adaptação

O técnico Rubens Minelli considerou o segundo empate consecutivo do Grêmio (e o quinto neste Campeonato Nacional, como um resultado justo: “O Bahia veio a Porto Alegre para tentar o empate e conseguiu”. Depois lembrou que todas os times que participam desta Taça de Ouro são adversários de respeito:

— O nosso consolo é que ainda nos mantivemos na liderança. Mas eu quero dar os parabéns à torcida, que não nos vaiou. Todos precisam entender que o Grêmio ainda está tentando se armar. Há problemas de adaptação que certamente serão resolvidos na seqüência de jogos.

Minelli explicou que a substituição de Osvaldo por Valdo foi para dar mais força ao setor do meio de campo do time. ‘‘O Osvaldo tem faro de gol e é mais ofensivo do que o Valdo. Mas infelizmente esta substituição não deu em nada”, disse ele, lembrando a expulsão do jogador. Em seguida falou do argentino Sabella:

— É um jogador ofensivo e que sempre procura a área adversaria. Ele sabe fazer girar o jogo como poucos Mas o Sabella precisa de um melhor entrosamento com a equipe. Só então é que ganharemos maior qualidade. Ele deve melhorar com a seqüência de jogos” — explicou o técnico Rubens Minelli no vestiário.” (Zero Hora, 28 de fevereiro de 1985)

 

 

“OSVALDO: UMA EXPULÃO INCRÍVEL

A expulsão de Osvaldo no segundo tempo da partida contra o Bahia foi muito prejudicial ao esquema tático de Rubens Minelli. O meia-direita jogou apenas 2 minutos, depois de aquecer durante 12 minutos com o preparador físico Gilberto Tim. E ao deixar o gramado do Olímpico, Osvaldo reclamou da decisão do árbitro. Preferiu culpa-lo pela expulsão:

— É brincadeira. Fui apenas pegar e a Bola e ele (árbitro) me deu o cartão vermelho: É Brincadeira — explicou rapidamente o jogador, ao deixar o gramado, gaguejando muito.

Os outros jogadores, porém, queixaram-se apenas da retranca do Bahia: O argentino Sabella disse que o time baiano jogou os 90 minutos na defesa: “Eles vieram buscar o empate e conseguiram. Ficaram atrás, não nos deram espaço e acabaram anulando nossa força ofensiva”.

O lateral Casemiro explicou que o Grêmio não conseguiu mostrar seu futebol. Disse que o ponto ganho foi importante, mas e lembrou que a partida com o São Paulo, domingo, é decisiva: -“Precisamos faturar estes dois pontos de qualquer maneira“. (Zero Hora, 28 de fevereiro de 1985)

 

 

“Cotação

[…]

SABELLA -Primeiro tempo excelente: driblou, lançou e tabelou. Discreto no segundo. NOTA 6.

RENATO – Conseguiu uma jogada de linha de fundo. Mas irritou a torcida com seu individualismo e foi vaiado no primeiro tempo. NOTA 4.

[…]

OSVALDO – Conhece o árbitro paulista e expôs-se a uma justa expulsão dois minutos depois de entrar. NOTA 0. […] ” (Zero Hora, 28 de fevereiro de 1985)

 

 

 

GRÊMIO NÃO SAI DO EMPATE: OXO

Com uma atuação sofrível e muito pouca inspiração no meio de campo o Grêmio não conseguiu sair do empate em zero ontem a noite, em seu estádio, contra o Bahia. O time criou pouquíssimas situações e esteve confuso a maior parte do tempo. Minelli ainda tentou corrigir no segundo tempo colocando Osvaldo em lugar ao ineficiente Roberto César. Mas não adiantou, pois Osvaldo foi expulso. O 0x0 acabou sendo resultado justo.” (Pioneiro, 28 de fevereiro de 1985)

 

 

MINELLI DEVE MANTER A MESMA EQUIPE DOMINGO

Conhecedor profundo dos mistérios do futebol o treinador Rubens Minelli muitas vezes opta pelo silêncio antes dos jogos e de anunciar o time. Ontem, foi dia de folga geral no Olímpico, e foi no hotel onde se hospeda que comentou as atuações do Grêmio. De tudo que disse, pode-se concluir que a equipe tende a ser a mesma que começou o jogo contra o Bahia.

“O Roberto César não é culpado. O meio-de-campo é que não está chegando perto”, analisou Mas a modificação que poderia fazer para aumentar esta aproximação seria a entrada de Osvaldo, que não poderá jogar domingo, porque foi expulso quarta-feira. “Temos que prestigiar a equipe”, foi outra de suas frases, isto é, apesar do individualismo de Renato e da pouca eficiência objetiva de Ademir, ele ainda vai apostar mais uma vez no time. O coletivo de hoje pode ajudar a sanar as dificuldades.

O paulista Luís Fernando, por exemplo volta a treinar com bola amanhã, e à tarde, conforme for a reação do treino matinal, participa do coletivo Ele era o titular até o Gre-Nal, quando se lesionou e saiu do time para fazer tratamento. E Luís Fernando era o jogador titular no time idealizado por Minelli ainda quando Sabella não tinha condições de jogo, pois faz lançamentos longos e ajuda na marcação. “Dois estilos diferentes”, explica o treinador.

Tarciso também pode ser uma solução testada .No primeiro tempo do jogo contra o Bahia, a torcida gritou o seu nome, irritada com algumas jogadas do titular Renato. .Mas não será no ataque que .Minelli mudará. Tarciso fica como uma boa opção de banco.” (Pioneiro, 1º de março de 1985)

Foto: João Onofrio (Zero Hora)

Grêmio 0x0 Bahia

GRÊMIO: Mazaropi; Ronaldo, Baidek, Luis Eduardo e Casemiro; China, Valdo e Sabella; Renato Portaluppi, Roberto César (Luis Fernando Gaúcho) e Ademir
Técnico: Rubens Minelli

BAHIA: Roberto Bahia; Salvador, Estevam, Celso e Miguel; Sales, Toinzinho e Jorge Leandro; Róbson, Ronaldo Marques e Emo
Técnico: Paulinho de Almeida

Brasileirão 1985 – 1ª Fase – 1º Turno – 8ª Rodada
Data: 27 de fevereiro de 1985, quarta-feira, 21h30min
Público: 20.240 pagantes
Renda: Cr$ 100.401.000,00
Árbitro: Dulcídio Wanderley Boschilia (SP)
Auxiliares: Osvaldo Ramos e Antonio Lopo Carlos
Cartões Amarelos: Renato e Roberto Bahia
Cartões Vermelhos: Osvaldo e Miguel

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: