Gauchão 1996 – São Luiz de Ijuí 0x4 Grêmio

by

Foto: José Doval (Zero Hora)

 

Na estréia do Gauchão de 1996, o Grêmio venceu o São Luiz, em Ijuí, por 4×0.

É válido lembrar que Jardel não é citado na matéria da Zero Hora transcrita abaixo como um desfalque porque nesse período ele estava envolvido numa transferência mal sucedida para o Glasgow Rangers.

Isso também explica o motivo do Grêmio ter tantos estreantes nas posições de ataque nesta partida.

Foto: José Doval (Zero Hora)

GRÊMIO DÁ GOLEADA NA PRIMEIRA VITÓRIA DO ANO
Em sua estréia no campeonato gaúcho a equipe da Capital venceu o São Luiz por 4 a 0, em Ijuí

O Grêmio conseguiu a sua primeira vitória do ano no jogo de estreia no Gauchão. Sábado à tarde, goleou o São Luiz, de Ijuí, por 4 a 0. Mesmo sem os titulares Danrlei, Roger, Dinho e Paulo Nunes, o time exibiu a mesma força e organização tática do ano passado. Além da conquista dos três primeiros pontos no campeonato gaúcho, a partida no Estádio 19 de Outubro serviu para aprimorar a adaptação dos novo jogadores ao esquema do técnico Luiz Felipe. E os recém-contratados mostraram que já começaram a se entender com os companheiros mais antigos: três dos quatro gols do time foram marcados pelos estreantes Zé Alcino, Capitão e Negreti.

Foi de Goiano, no entanto, o primeiro gol do jogo, aos 28in, quando chutou de fora da área e a bola desviou num zagueiro para enganar o goleiro Osvaldo. O time local sentiu o gol e passou a apertar mais a marcação, na tentativa de frear o ímpeto do Grêmio. Pouco adiantou. Num lance bem elaborado pelo lado direito, Zé Alcino fez a 2 a 0, aos 38min.

Na segunda etapa, o Grêmio continuou a dominar o São Luiz. A equipe de Luiz Felipe poderia ter chegado ao terceiro gol logo aos oito minutos, quando Negreti sofreu pênalti. O aproveitamento medíocre do Grêmio nas penalidades máximas acabou se confirmando mais uma vez. O centroavante Silvio bateu forte, pata fora.

O time de Ijuí conseguiu segurar o ataque do Grêmio até 32min do segundo tempo, quando Adilson marcou de cabeça na cobrança de um escanteio. O árbitro Fabiano Gonçalves, no entanto, deu gol de Capitão, que chutou depois de um zagueiro do São Luiz ter defendido a cabeçada de Adilson já dentro do gol. O lance mais perigoso do São Luiz ocorreu aos 40min, quando Paulo César apanhou de cabeça um cruzamento de Nazarildo, acertando a trave de Murilo.  A superioridade gremista foi coroada a um minuto do fim da partida. O habilidoso Negreti aproveitou uma falha da defesa adversária para fechar a goleada: 4 a 0.” (Zero Hora, segunda-feira, 5 de fevereiro de 1996)

“Três dos quatro gols foram marcados por estreantes em jogos oficiais. Apenas Goiano é veterano” (Tabelão Placar 1996, n.º1, página 11)

 

SÃO LUIZ: Osvaldo; Kiko, Jaime, Fábio e Clausemir; Nelson, Baggio (Jorjão), Sandro e Batista (Tiziu); Nazarildo e Paulo César
Técnico: Pontes

GRÊMIO: Murilo; Arce. Rivarola, Adilson e Carlos Miguel; João Antônio (Carlos Alberto) , Goiano, Emerson e Negretti; Zé Alcino (Márcio) e Sílvio (Capitão)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Gauchão 1996 – 1ª Fase – 1ª Rodada
Data: 03 de fevereiro de 1996, sábado
Local: Estádio 19 de Outubro, em Ijuí-RS
Público: 3.662 (2.717 pagantes)
Renda: 26.485,00
Árbitro: Fabiano Gonçalves
Auxiliares: José Oliveira e Cláudio Andrei
Cartões Amarelos: Zé Alcino, João Antônio, Kiko, Nazarildo, Fábio e Jaime
Gols: Goiano, aos 26 minutos do primeiro tempo, e Zé Alcino, aos 35 minutos, do 1° tempo; Capitão, aos 32 minutos e Negreti, aos 44 minutos do 2° tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: