Brasileirão 1996 – Bahia 1×2 Grêmio

by
https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/34810-img_5050.jpg

Foto: Mauro Vieira (Zero Hora)

No Brasileirão de 1996, o Grêmio venceu o Bahia por 2 a 1 na Fonte Nova pela 16ª Rodada da primeira fase.

O gol da vitória foi marcado por Arce, aos 47 minutos do segundo tempo. O paraguaio, que estava de fora do time desde o jogo contra o Velez, 18 dias antes, ingressou no segundo tempo para atuar no meio de campo. A matéria da Zero Hora transcrita abaixo afirma que ele atuou “deslocado”. Eu não lembro de outra partida do Grêmio que ele tenha jogada na meia cancha, contudo é válido lembrar que ele jogava neste setor no Cerro Porteño (como por exemplo nas quartas-de-final da Libertadores de 1993 na qual ele converteu uma cobrança de pênalti usando a camisa 11)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/0a176-19962bbahia2bfora2bvalter2bponter2bcp.jpg

Foto: Valter Ponter (Correio do Povo)

 

GRÊMIO VENCE EM CIMA DA HORA
Brasileirão 96 – Momentos antes de encerrar-se a partida, Arce fez o gol da vitória de 2 a 1 sobre o Bahia 

A partida se desenvolveu no lento ritmo de um berimbau. Era toque para um lado, toque para outro, o calor de 32 graus e o sol dos trópicos impediam lances de velocidade. Era tudo que o Grêmio queria para vencer o Bahia por 2 a 1 em Salvador. Como se estivesse cansado em campo, a equipe gaúcha esperou o momento certo de definir a partida com o um bonito gol de Arce, já aos 48 minutos finais. Foi uma vitória que dá fôlego ao Grêmio, agora na sexta colocação do Brasileirão, com 28 pontos ganhos. 

O ritmo do Grêmio no começo do jogo era em busca do gol. Aos 20 minutos, Zé Alcino conseguiu cabecear à frente do Jean, na pequena área. Mas o goleiro defendeu no susto. Aí o Bahia acordou. A torcida, enraivecida pela má campanha do time — embolado entre os ameaçados de rebaixamento —, gritou para os jogadores e pediu futebol. Sabendo disso, Luiz Felipe tratou de acalmar os ânimos e aderir à malemolência e ao gingado baiano. Colocou Emerson mais próximo a João Antônio e a Dinho e deixou o tempo correr. Principalmente depois que Carlos Miguel fez 1 a 0, de falta, aos 26 minutos. O meia viu a falha na barreira e conseguiu colocar a bola ali mesmo. Os baianos sentiram que era melhor providenciar a ajuda de todos os santos para o seu próprio time. Em desvantagem, o técnico Fito Neves mandou a equipe atacar. Luiz Felipe saiu correndo do reservado e corrigiu o posicionamento de João Antônio, deu duas a três instruções e tudo voltou como antes. Com toque e mais toque. 

No segundo tempo, aos minutos, Zé Alcino deixou  o campo por causa de lesão. Luiz Felipe surpreendeu colocando Arce em seu lugar. Em seguida, Charles, que havia entrado em lugar de Claudinho, empatou. O Grêmio segurou o ímpeto do adversário. Até que Arce, como se estivesse cobrando uma falta, colocou a bola no ângulo de Jean num chute em curva, de fora da área.” (JONES LOPES DA SILVA  – Enviado Especial/Salvador, Zero Hora, segunda-feira, 21 de outubro de 1996)

 

“SANTO BAIANO AJUDA GRÊMIO A VENCER

 O árbitro Luciano Almeida já se preparava para encerrar o jogo quando Arce, deslocado para o setor esquerdo, recebeu um passe de Ailton e arriscou de longe. A bola fez uma curva no ar e encontrou o canto superior esquerdo do goleiro Jean, que saltou mas não evitou o gol da vitória do Grêmio sobre o Bahia, na Fonte Nova. Com os 2 a 1 sobre o time baiano, que luta para fugir do rebaixamento, o Grêmio subiu para 6º lugar e encaminhou sua classificação à próxima fase.

O gol de Arce, que havia substituído Zé Alcino, ocorreu aos 48 minutos do segundo tempo. “Um santo baiano olhou para nós”, comentou o treinador Luiz Felipe, admitindo que o time não jogou bem e que o empate seria mais justo. No primeiro tempo, o Grêmio foi melhor, dominando o Bahia. Aos 26 minutos, Carlos Miguel fez 1 a 0, cobrando falta e acertando o canto direito de Jean. No segundo tempo, o Bahia melhorou e pressionou, até que aos 22  minutos, Charles desviou de cabeça e empatou. Recuado, o Grêmio resistiu e até festejava o empate, quando Arce marcou o gol da 3ª vitória consecutiva do time de Felipão” (Correio do Povosegunda-feira, 21 de outubro de 1996)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/2a3e6-img_50562b-2bcc3b3pia.jpg

Foto: Mauro Vieira (Zero Hora)

 

ARCE JOGA DESLOCADO E FAZ O GOL DA VITÓRIA
O jogador paraguaio começou na reserva e foi escalado no meio-de-campo no decorrer da partida

O lateral Arce recebeu o passe já na intermediária do Bahia, no lado esquerdo de ataque, justo no ponto ideal que ele costuma dar duro todos os dias, exercitando cobranças de falta. Mas não era uma cobrança tradicional de bola parada. Era um lance corrido, em que o paraguaio teve tempo suficiente para ajeitar a bola, calcular e chutar de pé direito. Nem ele acreditou. A bola tomou altura e desceu no ângulo esquerdo do grandalhão Jean. Já passavam três minutos dos 45 finais e gol foi bem ao jeito baiano: de última hora.

Arce correu para se abraçar aos colegas do banco. Zé Alcino deu-lhe uma gravata, os outros jogadores se atiraram sobre o lateral transformado ontem em meio-campista. O Luiz Felipe, que já se contentava com o empate, deu um soco no ar.

O paraguaio voltou ao time fora de posição, amargava um bom tempo longe do time por causa de lesão e das viagens para servir a seleção de seu país, mas entrou com grande movimentação. Foi o jogador que mais correu em campo nos 30 minutos que esteve em campo. Ele escapou da indisposição intestinal que os colegas Danrlei, Murilo, Carlos Miguel e Zé Alcino sofreram na noite de sábado, em Salvador, e já foi um indício de que as coisas seriam boas para ele. Afinal, ele sempre é um dos primeiros a apresentar problemas intestinais no grupo do Grêmio.

O domingo parecia estar reservado para o time gaúcho. A falta cobrada por Carlos Miguel, bateu em Paulo Nunes e entrou. Preocupado em ganhar mais um gol na tabela de artilheiros, ele pediu ao árbitro Luciano Almeida para ganhar a autoria do gol. Paulo Nunes chegou a dizer: “O senhor vai ver na televisão. Foi meu o gol”. Almeida, achando que Paulo estava reclamando, o mandou seguir o lance e virou o rosto.

A delegação do Grêmio embarca hoje, às 7h, de volta a Porto Alegre. O horário de chegada está previsto para o meio-dia, no Aeroporto Salgado Filho.” (Zero Hora, segunda-feira, 21 de outubro de 1996)

 

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/045aa-img_5046.jpg

 

TRICOLORES
• O técnico Luiz Felipe não escondia o sentimento de alívio depois da vitória conquistada no final do jogo com o Bahia. “Deu para vencer, mas tivemos problemas, especialmente no segundo tempo, quando enfrentamos várias situações difíceis”, definiu. Ao projetar o confronto com o Palmeiras, no próximo domingo, Luiz Felipe disse que haverá tempo para treinar e trabalhar melhor os aspectos técnicos do time que não funcionaram bem em Salvador. “Como temos toda a semana livre pela frente, poderemos nos preparar adequadamente para a partida contra o Palmeiras”, disse.

• O paraguaio Arce foi contundente e sincero quando encerrou-se a partida de ontem na Bahia. “Acho que nunca mais conseguirei fazer um gol como este”, afirmou, referindo ao belo chute que desferiu de fora da ares e que entrou no ângulo esquerdo do goleiro Jean. Já Paulo Nunes, que permanece como goleador isolado do Brasileirão, lamentou que o árbitro Luiz Augusto de Almeida tenha dado a Carlos Miguel a autoria do primeiro gol do Grêmio. Na cobrança da falta, a bola chegou a tocar em Paulo Nunes, desviando de Jean.

• O Grêmio folga hoje e volta a trabalhar na terça-feira à tarde. Para o jogo contra o Palmeiras, no próximo domingo, no Estádio Olímpico, o técnico Luiz Felipe não poderá contar com o zagueiro Mauro Galvão, suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo ontem à tarde, contra o Bahia. Em compensação, o treinador terá a possibilidade de escalar novamente o zagueiro e capitão Adilson e o volante Luiz Carlos Goiano, que cumpriram suspensão ontem e já estão liberados. Há uma grande expectativa para a partida de domingo, considerada um clássico. Luiz Felipe disse ontem que espera um público de 50 mil pessoas no Olímpico. “E se tivermos este apoio não há como perder para o Palmeiras”, disse Luiz Felipe, que ainda não revelou a escalação da equipe.” (Zero Hora, segunda-feira, 21 de outubro de 1996)

 

Antes de embarcar para a Bahia, Luiz Felipe colocou Arce no banco de reservas. O puxão de orelhas no paraguaio surtiu efeito. Nos descontos, Arce marcou um golaço de fora da área, decretando a vitória do Grêmio, que subiu para a sexta posição.”(Zero Hora, segunda-feira, 16 de dezembro de 1996)

 

“O JOGO: O Bahia fez sua melhor partida na competição, mas foi surpreendido no final e deixou a Fonte Nova com mais uma derrota.” (Tabelão Placar 96)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2021/11/50898-img_5052.jpg

Foto: Mauro Vieira (Zero Hora)

https://i.imgur.com/jSrSKF7.png

Bahia 1 x 2 Grêmio

BAHIA: Jean; Givaldo, Parreira, Vladimir e Daniel; Leandro Silva, Hermes, Bobô e Darci (Juninho); Naldinho (Edmundo) e Claudinho (Charles)
Técnico: Fito Neves
GRÊMIO: Danrlei; Marco Antônio, Rivarola, Mauro Galvão e Roger (André Silva); Dinho, João Antônio, Émerson (Aílton) e Carlos Miguel; Paulo Nunes e Zé Alcino (Arce)
Técnico: Luiz Felipe Scolari16ª Rodada – 1ª Fase – Campeonato Brasileiro 1996
Data: 20 de outubro de 1996, domingo
Local: Estádio Fonte Nova, em Salvador
Público: 13.657 (11.809 pagantes)
Renda: R$ 99.655,00
Árbitro: Luciano Augusto de Almeida (DF)
Auxiliares: Jorge Gomes e Rogério Oliveira
Cartões Amarelos: Daniel, Vladimir e Charles (B); André Silva, Dinho, Marco Antônio, Mauro Galvão e João Antônio (G)
Gols: Carlos Miguel (G), 24 minutos (1º tempo); Charles (B), 21 minutos; Arce (G), 47 minutos (2° tempo).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: