Brasileirão 1996 – Sport Recife 1×0 Grêmio

by
https://64.media.tumblr.com/dbf6cfd83efa691fe036a643fe38d2d6/tumblr_oagxcnu44z1unkqbzo1_1280.jpg

Foto: Cacalos Garrastazu (Zero Hora)

No Brasileirão de 1996, o Grêmio perdeu para o Sport na Ilha do Retiro, em partida da penúltima rodada da primeira fase.  Foi a segunda de uma sequência de três derrotas nas últimos jogo da etapa classificatória.

Esse foi o único jogo que o Grêmio utilizou a meia azul e branca lançada junto com a camisa “negresco”.

https://gremio1983.files.wordpress.com/2022/06/d7fc9-sport2b12bfase2btextob.jpg

GRÊMIO PERDE PARA O SPORT E CAI PARA QUINTO
A equipe gaúcha, com nove jogadores em campo, não resistiu a pressão do adversário e levou um gol no final

OSWALDO BUARIM JÚNIOR  (Enviado Especial/Recife)  Sem cinco titulares — Danrlei, Émerson (machucados), Adilson, Carlos Miguel e Paulo Nunes (com três cartões amarelos) —, o Grêmio chegou ontem a Recife disposto a garantir um empate, o que asseguraria ao time uma boa chance para ficar entre os quatro melhores para a segunda fase do Campeonato Brasileiro. A tática deu certo até os 43 minutos do segundo tempo, quando Juninho invadiu a área, tabelou com Marcão e bateu forte, sem chance para o goleiro Murilo. Sport 1 a 0.

O Sport começou o jogo pressionando O Grêmio e, logo a um minuto. Mauro Galvão fez falta em Marcão, cobrada com perigo por Dedé. O Sport permaneceu no ataque e, aos 10 minutos, João Paulo deu unia entortada em Arce, que fez falta na lateral direita. O próprio João Paulo bateu, colocando a bola na área com efeito, mas Murilo interceptou o cruzamento. Aos 15 minutos, mais Sport: Rogério bateu forte, a meia distância, mas Murilo caiu bem para a defesa no canto direito.

O primeiro chute do Grêmio a gol só aconteceu aos 17 minutos, com Aílton da entrada da área. A bola passou sobre o travessão. Nova finalização gremista aconteceu aos 30 minutos, quando Afonso bateu de virada, na entrada da área. Mais uma vez, a bola passou por cima da goleira de Albérico.

Sem o lateral Russo e o ponta Luis Muller, o Sport não jogava pelo lado direito do campo. Mesmo assim, o lateral-esquerdo Roger ia muito pouco ao ataque. Na defesa, fechava pelo meio para ajudar na marcação de Juninho, o mais perigoso jogador do Sport. Aos 35 minutos, em rápido contra-ataque, Juninho partiu de seu campo com a bola dominada e foi derrubado por Roger, que já tinha amarelo e foi expulso de campo.

No segundo tempo, o Grêmio recuou todo o time e passou a dar chutões para todos os lados. Aos 21 minutos, Rivarola foi expulso e o Grêmio passou a contar com apenas nove jogadores em campo. Murilo, seu melhor jogador, recebeu cartão amarelo aos 25 minutos por demorar a recolocar a bola em jogo.

O Sport continuava no ataque explorando principalmente a habilidade de Juninho. Aos 40 minutos, em um contra-ataque rápido pela direita, Arce teve a chance de marcar. Na jogada seguinte, Juninho marcou o único gol da partida, que deu a vitória ao Sport e deixou o Grêmio em situação complicada.” (Oswaldo Buarim Júnior, Zero Hora, Quinta-feira, 21 de novembro de 1996)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2022/06/4ac64-sport2b12bfase2bkoffb.jpg

 

SPORT BATE GRÊMIO E AMPLIA SUAS CHANCES
O Sport venceu ontem o Grêmio por 1 a 0 e manteve a chance de classificação no Brasileiro. Juninho marcou para a equipe pernambucana no final do jogo.
A partida foi equilibrada até os 20min do segundo tempo, com as equipes disputando o domínio do meio-campo. O Grêmio teve dois jogadores expulsos e a equipe passou a jogar pelo empate.
O Sport tornou-se mais ofensivo quando o meia Juninho se aproximou do atacante Marcão.
O técnico do Grêmio, Luiz Felipe, foi expulso no final da partida por reclamação (Folha de São Paulo, sexta-feira, 22 de novembro de 1996)
“O JOGO: O Sport pressionou desde o início, enquanto o Grêmio atuou bastante desfalcado e limitou-se à defesa.” (Tabelão Placar 1996)
“Com uma equipe desfalcada, o Grêmio não suportou a pressão do Sport e cedeu a vitória a dois minutos do final do jogo A derrota deixou o Grêmio com escassas chances de ficar entre os quatro primeiros colocados da tabela. O árbitro Sidrack Marinho expulsou Roger e Rivarola e foi duramente criticado”. (Zero Hora, segunda-feira, 16 de dezembro de 1996)

https://gremio1983.files.wordpress.com/2022/06/323e5-img_7413b.jpg

https://i.imgur.com/UQEQCTm.png

https://i.imgur.com/jSrSKF7.png

SPORT: Albérico; Erlon (Ataíde), Ildo, Ricardo e Dedê; Rogério, Leomar (Joãozinho depois Big), Wallace e Juninho Petrolina; Marcão e João Paulo
Técnico: Hélio dos Anjos

GRÊMIO: Murilo; Arce, Rivarola, Mauro Galvão e Roger; Dinho, Goiano, Aílton e Negretti (Luciano); Márcio (André Silva) e Zé Afonso
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Brasileirão 1996 – 1ª Fase – 22ª Rodada
Data: 20 de novembro de 1996, quarta-feira, 22h00min
Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife
Público: 11.073 pagantes
Renda: R$ 97.406,00
Árbitro: Sidrak Marinho dos Santos (SE)
Auxiliares: Antonio Hora Filho e Luiz Eduardo Souza
Cartões Amarelos: Murilo, Negretti e Luciano
Cartões Vermelhos: Ildo (S); Rivarola e Arce
Gol: Juninho Petrolina aos 43 minutos do 2° tempo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d bloggers like this: