Archive for the ‘1992’ Category

Camisa Treino Penalty 1991/1992 – Alemanha 1990

January 25, 2012
Certamente um dos desenhos mais famosos da história das camisetas de futebol é o que Adidas fez para a seleção da Alemanha Ocidental usar na Eurocopa de 1988 e na Copa de 1990. Um design que marcou e influenciou muito. A própria Adidas repetiu esse padrão em outras equipes, como o Boca Juniors em 1989.

Existe um site que se arrisca a montar camisas imaginárias, aplicando este desenho na camisa de times brasileiros. Achei a do Fluminense interessante, mas não gostei muito do resultado da camisa imaginada para o Grêmio (no dos outros sempre é refresco).

O curioso é que o tricolor já teve um uniforme inspirado nesse clássico alemão, mas era uma camisa de treino, feita pela Penalty. Nas fotos acima e abaixo, Valdir Espinosa usa tal peça no início de 1992 e no final de 1991.

Link

P.S. Nessa mesma época, a penalty também aplicou esse desenho na camisa titular do América Mineiro. O coelho inclusive usou ela nos confrontos contra o tricolor em 1992.

P.S. 2: A NR fez uma camisa parecida com essa para o Napoli, na temporada 1989/1990.

Regulamento da Segunda Divisão 1992 – Não houve tapetão ou virada de mesa

January 8, 2007

placar2divisao

1992-zh

Para mim a Placar tá quebrando um galho: cada vez que fico sem assunto pro blog eu abro a placar e ali está uma injustiça com o Grêmio. Que uma besteira como essa seja dita por um bando de desinformados, tudo bem, agora a Placar, uma revista com mais de 30 anos, com um vasto arquivo, fazer isso é imperdoavel. Basta uma simples visita a pagina da segunda divisão 1992 no RSSF para desmentir isso:

Sobre a afirmação errada da Placar, quem melhor explica a situação é o estatístico Marcelo Leme de Arruda , membro da diretoria da RSSSF Brasil e autor do site Chance de gol:

a explicação publicada na última edição da Placar sobre o acesso do Grêmio à primeira divisão de 1993 está ABSOLUTAMENTE ERRADA e eu já mandei e-mail à revista solicitando a correção! Na realidade, a promoção de 12 clubes da Segundona de 1992 para a elite de 1993 já estava prevista no regulamento DESDE O INÍCIO DA COMPETIÇÃO! Provas disso podem ser facilmente levantadas junto à CBF e/ou aos jornais gaúchos da época:

I) De acordo com o regulamento original da competição, a segunda fase do campeonato seria disputada no sistema de mata-mata. Porém, os emparceiramentos seriam realizados de acordo com a classificação global dos quatro grupos e produziriam confrontos (como Grêmio x Remo, se eu não me engano) que implicariam longas e dispendiosas viagens para os clubes envolvidos. Por essa razão e como os 12 classificados já estavam com a promoção assegurada e o restante da competição serviria apenas para apontar o campeão, a CBF optou por alterar o regulamento fazendo a segunda fase ser disputada em três grupos regionalizados com quatro equipes em cada.

II) Seriam classificados para a terceira fase da competição apenas os dois primeiros colocados de cada grupo da segunda fase, num total de seis equipes. Ao final da segunda fase, porém, a CBF resolveu aumentar o número de classificados para oito, permitindo que a terceira fase fosse disputada em dois grupos de quatro times. O sétimo e o oitavo clubes classificados seriam, então, os dois melhores terceiros colocados da segunda fase: o América/MG, com 6 pontos, e o Grêmio, com 5 pontos, 2 vitórias e saldo de zero gols.
O tricolor gaúcho, por sua vez, abriu mão da vaga, justamente por já estar com a promoção à Primeira Divisão de 1993 garantida desde o final da primeira fase, e preferiu excursionar pela América Central. A CBF então convidou, em substituição ao Grêmio, o Santa Cruz, que tinha sido o pior dentre os terceiros colocados da segunda fase, com 5 pontos, 1 vitória e saldo negativo de quatro gols.

A própria PLACAR, no suplemento Tabelão de sua edição nº 1.071 (maio de 1992) atesta essa versão, conforme imagem abaixo”

 gremio1992

ainda sobre a segunda divisão de 1992, outro membro da RSSSF Brasil, Santiago Reis, escreveu:

“”algo que pouca gente fala eh que o regulamento mudou tambem na Terceira Fase…

Originalmente se classificariam 2 de cada grupo. A segunda fase passou a ser transmitida pela Bandeirantes ou seja um dinheiro começou a circular e passou a ser interessante para a Bandeirantes que mais clubes disputassem a Terceira Fase. Depois de encerrada a segunda fase, a CBF mudou tudo. O Gremio foi convidado e nao aceitou pois nao tinha interesse algum em disputar mais jogos no campeonato da segunda divisao, prejuizo na certa, e, se eu nao me engano, tinha uma excursao para a America Central já marcada. Fizemos o que era necessario. Para que fazer mais? Entao convidaram o Santa Cruz. Criaram dois grupos regionalizados e o campeonato continuou.

E o pior é que eu sou forçado a ler na internet e na imprensa que o Gremio foi alçado a Primeira Divisao depois de ficar em 11. Mentira. O Gremio ficou em 9. E como todos sabem, o regulamento mudou no começo do campeonato.”

A única confusão possível sobre a segunda divisão em 92 é sobre a forma de disputa, que de fato foi alterada durante a competição, mas o acesso de 12 clubes a primeira divisão já estava previsto antes do início da competição.
zh-25-janeiro-de-199292azh-30-janeiro-de-1992