Archive for the ‘Avenida’ Category

Gauchão 2019 – Grêmio 6×0 Avenida

February 11, 2019

2019 avenida dado moura globo esporte b2019 avenida dado moura globo esporte

Faltou um gol para repetir o placar de 40 anos atrás.

– Média de público do Grêmio na Arena em 2019:

17.105 (15.329 pagantes)

2019 Lucas Uebel avenida gremio (1)2019 Lucas Uebel avenida gremio (2)Fotos: Eduardo Moura (Globo Esporte) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 6×0 Avenida

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo Gomes, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel (André, 32/2ºT) e Maicon; Marinho (Montoya, 17/2ºT), Luan e Everton; Jael (Felipe Vizeu, 21/2°T)
Técnico: Renato Portaluppi

AVENIDA: Andrey; Felipe Cordeiro, Luís Henrique, Yuri e Roger; Felipe Manoel, Jô, Moisés Baiano (Cleverson, intervalo) e Márcio (Índio, 26/2ºT); Matheus (Marcos Paraná, 10’/2°) e Tito
Técnico: Fabiano Daitx

6ª Rodada – 1ª Fase – Gauchão 2019
Data: 10 de fevereiro, Domingo, 18h30min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre-RS
Público: 23.794 (21.765 pagantes)
Renda: R$ 892.311,00
Árbitro: Lucas Guimarães Horn (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Luiza Naujorks Reis (RS)
Cartões amarelos: Moisés Baiano, Índio e Jô
Gols: Luan, no primeiro minuto, e Everton, aos 41 minutos do primeiro tempo; Leonardo Gomes, aos 18; Luan aos 28, Everton, aos 31 e Felipe Vizeu aos 43 minutos do 2º tempo

Gauchão 1979 – Grêmio 7×0 Avenida

February 8, 2019

avenida 1977 zh VANTUIR 2 GOLC

Em 1979 Avenida jogou pela primeira vez com o Grêmio no Olímpico (os confrontos anteriores todos haviam sido disputados em Santa Cruz).

Contando com uma da melhores formações de ataque da sua história (Tarciso, André e Éder) o tricolor goleou o Periquito  por 7 a 0.

Numa das fotos abaixo, que registra o sexto gol do Grêmio, me chamou a atenção o fato da torcida presente na arquibancada do Olímpico ter permanecido sentada enquanto André Catimba executava a cobrança de um pênalti.

avenida 1977 zh CAJU

NUNCA FOI TÃO FÁCIL MARCAR UMA GOLEADA
Grêmio marcou seis no primeiro tempo e depois poupou o fraco Avenida

Vencer o Avenida por 7 a 0 não foi certamente nenhuma novidade para o Grêmio que já goleou e até por resultado maior ainda outras equipes do Interior O que ninguém esperava é que o Avenida, que dificultou tanto a vitória do Inter na semana passada, fosse capaz de urna atuação tão ruim, descuidada e com multas falhas como a de ontem. No primeiro tempo, o time não teve sequer a mínima reação ao domínio do Grêmio e aos seus próprios erros: foi um time fraco e confuso na marcação, permitindo enormes facilidades ao adversário. Depois no segundo tempo, já contando com o desinteresse do Grêmio, o Avenida conseguiu permanecer por maior tempo com a bola dominada e evitou o que provavelmente seria a maior goleada do Grêmio nos jogos oficiais dos últimos anos.

Em toda a partida, a melhor situação do Avenida surgiu logo aos 2 minutos: defesa do Grêmio permitiu que Gilberto entrasse livre pelo meio do campo para dominar uma bola lançada por Marquinhos. Mas Manga saiu do gol, driblou Gilberto e Marquinhos, e chutou pela lateral. Este lance, em que até mesmo o velho goleiro conseguiu enganar dois atacantes jovens, definiu praticamente o que seria o restante da partida: o Grêmio foi multo superior em campo, superando com extrema facilidade os tímidos obstáculos que o Avenida procurava colocar em campo.

Na defesa, o Grêmio não tinha problemas porque o Avenida não mostrou condições de acertar mais do que dois passes no campo do adversário. No meio campo, as facilidades eram ainda maiores, porque a marcação era fraca e nem havia condições de acompanhar a movimentação de Vitor Hugo, Nardela e Paulo César. No ataque, com exceção de Tarciso – que procurava evitar os choques com seu marcador – havia também total liberdade porque os zagueiros exerciam uma marcação de longe, permitindo que André e Éder dominassem calmamente a bola e partisse para a área

Os seis gols marcados no primeiro tempo – e que poderiam ser mais, não fossem a precipitação de André aos 12 minutos, o chute torto de Vicente aos 29 e a boa defesa de Serginho aos 34 – acabaram com todo o entusiasmo do Grêmio na partida. E isto permitiu que o Avenida se livrasse da goleada que os 16 mil torcedores poderiam prever. Sem o mesmo entusiasmo, o Grêmio ainda mantinha o domínio e toda a iniciativa da partida, mas seu ataque já não tinha a mesma eficiência do primeiro tempo, ficando ainda pior quando Jésum substituiu André, aos 19 minutos.

A partir da saída de André – Jésum não estava bem e ainda sofria as consequências de estar fora de sua posição – o que restava para o Grêmio era o talento individual de seus jogadores, que praticamente abandonaram o esquema tático e passaram a jogar à vontade. O último gol, marcado por Paulo César, deixou ainda mais evidente que o time só não marcou mais por puro desinteresse. ” (Zero Hora, segunda-feira, 23 de abril de 1979)

IMG_3220

O PLACAR

ÉDER para o Grêmio —1 a 0 aos quatro minutos, primeiro tempo – Ladinho dominou na intermediária e tocou rápido para Éder. O ponteiro entrou livre na área e desviou de Serginho com o pé direito. A bola entrou no canto esquerdo do goleiro.

VANTUIR – 2 a 0 aos 15 minutos – Éder cobrou escanteio da ponta esquerda Vantuir saltou sozinho entre os zagueiros e cabeceou forte, no ângulo.

PAULO CÉSAR – 3 a 0 aos 18 minutos – Ladinho foi derrubado na ponta esquerda e Paulo César decidiu cobrar direto para o gol. O chute saiu forte, rasteiro e a bola ainda enganou o goleiro Serginho, batendo no chão e encobrindo-o.

ANDRÉ – 4 a 0 aos 27 minutos – Novo escanteio pela ponta esquerda que Éder cobrou forte, colocando a bola na área pequena. André saltou sozinho, sem interferência dos zagueiros do Avenida, e cabeceou no canto esquerdo de Serginho

TARCISO – 5 a 0 aos 41 minutos – Éder cobrou mais um escanteio da esquerda. Desta vez, os zagueiros tentaram cortar, se atrapalharam e a bola sobrou para Tarciso. Com o pé esquerdo, ele girou, chutando forte no ângulo direito de Serginho

ANDRÉ – 6 a 0 aos 44 minutos – Paulo César entrou na Área driblando e passou a Nardela, mas foi derrubado por Paulo Aquino. O juiz marcou pênalti que André chutou com força: a bola entrou no canto esquerdo. Serginho saltou para o direito.

PAULO CÉSAR – 7 a 0 aos 40 minutos do segundo tempo – Da meia direita, Eurico tocou para a área, Jésum atrapalhou Zé Carlos, cabeceando fraco. Paulo César, dominou, driblou o mesmo Zé Carlos e tocou franco, no canto direito.” (Zero Hora, segunda-feira, 23 de abril de 1979)

avenida 1977 zh F

Fotos: Zero Hora

Grêmio 7×0 Avenida

GRÊMIO: Manga; Eurico, Vantuir (Cassiá), Vicente e Ladinho; Vítor Hugo, Nardela e Paulo César Cajú; Tarciso, André Catimba (Jésum 19 do 2ºT) e Éder Aleixo.
Técnico: Orlando Fantoni

AVENIDA: Serginho; Alceu, Paulo Aquino, Zé Carlos e Paulo Schmidt; Sarará, Adair e Carlos; Marquinhos, Gilberto (Jaime) e Telmo Viana (Norberto)
Técnico: Carlitos

Gauchão 1979 – 1º Turno
Data: 22 de abril de 1979
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre-RS
Público: 16.690 pagantes
Renda: Cr$ 609.535,00
Árbitro: Nazarino Pinzón
Auxiliares: Albino Schmidt e Albani Mendes

Gauchão 2018 – Grêmio 1×1 Avenida

March 29, 2018

41041626782_fdf87be224_k

Esse jogo foi meio surreal. Em dado momento o time que precisava fazer 3 gols para se classificar começou a fazer “cera”. Diante disso é complicado fazer análises muito profundas com base com o que se viu em campo ontem.

A partida serviu, sobretudo, para Arthur marcar mais um gol, o que sempre ajuda na sua justa pretensão de ir para a Copa da Rússia. Também foi importante ver Alisson e Maicossuel iniciando uma partida.

Quanto a possibilidade Maicon e Arthur jogarem juntos com dupla de volantes não me pareceu que o Avenida representou um teste suficientemente forte para o Grêmio na parte defensiva.

Gremio x Avenida

Eu entendo a indignação do Renato. A suspensão por terceiro cartão amarelo por si só já é algo totalmente sem sentido, algo que não deveria mais existir. Perder um jogador no TJD por usar um subterfúgio da regra, sem nenhuma violência, para tentar superar isso é um absurdo. Dito isso, Renato deveria ter sido um pouco mais precavido na coletiva da partida anterior. Já havia um precedente de denúncia e punição em situação análoga.

Eu achei interessante a mudança no proceder do Grêmio. O tricolor poupou alguns jogadores. Cortez poderia ser poupado. Mas como Marcelo Oliveira não estava em condições, Renato não improvisou alguém no setor, mantendo o titular. É uma postura diferente da usada no Brasileirão do ano passado, quando, por exemplo, jogou sem nenhum lateral de ofício no fatídico jogo contra o Sport na Ilha do Retiro.

Gremio x Avenida
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 1×1 Avenida

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Paulo Miranda, Bressan e Cortez; Maicon, Arthur (Cícero, aos 32/2ºT), Alisson, Luan e Maicosuel (Jael, aos 21/2ºT); Hernane (Thonny Anderson, aos 14/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

AVENIDA: Rodrigo Santos; Itaqui, Yuri, Claudinho e Roger; Carlinhos, Moisés Baiano (Diego Torres, aos 14/2º), Mauricio (Ayrton, aos 25/2ºT), João Neto e Alexandre; Welder (Marques, aos 16/2ºT)
Técnico: Fabiano Daitx

Gauchão 2018 – Semifinal – Jogo de volta
Data: 28/3/2017, quarta–feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 13.202 (11.275 pagantes)
Renda: R$ 469.440,00
Árbitro: Daniel Nobre Bins
Auxiliares: André da Silva Bitencourt (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
Gols: Arthur aos 30 minutos do 1º tempo e Diego Torres aos 18 minutos do 2º tempo

Gauchão 2018 – Avenida 0x3 Grêmio

March 26, 2018

gazeta do sul rodrigo assmann
Essa semifinal foi definida nos primeiros 10 minutos. Aos 7 Ramiro abriu o placar com um belo chute de pé esquerdo. 3 minutos mais tarde Luan converteu um pênalti (marcado após um toque de Itaqui dentro da área).

Depois disso ficou claro que o Grêmio já estava classificado e o Avenida parecia conformado com isso (a torcida da casa parecia reconhecer o esforço e a boa campanha dos seus atletas). No segundo tempo Arthur marcou o terceiro, depois de boa jogada de Everton.

Avenida x GremioAvenida x Gremio

Arthur está começando a aparecer mais na área do adversário, e por consequência, fazendo mais gols, que é algo que não aparecia no seu jogo na temporada passada (obviamente temos que considerar que os jogos do Gauchão oferecem mais possibilidade de os volantes gremistas aparecerem no ataque).

O Grêmio segue usando a meia branca do uniforme do ano passado.

40305651204_510985eed8_k
Fotos: Rodrigo Assmann (Gazeta do Sul) e Lucas Uebel (Grêmio.net)

Avenida 0x3 Grêmio

AVENIDA: Fabiano Heves; Itaqui, Claudinho, Luis Henrique e Roger; Toto, Fidélis, Welder e Alexandre (Diego Torres, aos 35′ do 2°T); Cléverson (Marques, aos 17′ do 2°T) e Felipe Tchelé (Moisés Baiano aos 17′ do 2°T)
Técnico: Fabiano Daitx

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Bressan, Kannemann e Cortez; Jailson e Arthur, Ramiro (Alisson, aos 28′ do 2°T), Luan e Everton (Thonny Anderson, aos 34′ do 2°T);Jael (Hernane, aos 24′ do 2°T)
Técnico: Renato Portaluppi

Data: 25/3/2018, domingo, 16h00min
Local: Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul-RS
Árbitro: Jean Pierre Lima
Auxiliares: Maurício Coelho Silva Penna e Michael Stanislau
Cartões amarelos: Kannemann
Gols: Ramiro aos 7 minutos e Luan (de pênalti) aos 10 minutos do 1º tempo; Arthur aos 12 minutos 2°tempo

Gauchão 2018 – Avenida 3×2 Grêmio

January 25, 2018

39170898284_64888da641_k

Pela terceira vez no campeonato o Grêmio saiu na frente e não conseguiu administrar o resultado. Pela segunda vez perdeu pontos ao tomar gols nos acréscimos.

Essa oscilação e falta de controle do jogo são normais em um time formado majoritariamente por jogadores jovens. O problema é que os atletas com maior experiência não estão contribuindo para dar mais tranquilidade a equipe. No sábado foi Bruno Grassi que falhou. Ontem Paulo Miranda acabou errando no lance do segundo gol do Avenida.

38982315895_8d53512eaa_k26009230388_ddf29f3ad3_kFotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Avenida 3×2 Grêmio

AVENIDA: Rodrigo; Itaqui, Luis Henrique, Claudinho e Roger Deniro;  Toto, Fidélis, Baiano (Marques), Diego Torres (Carlinhos) e Maurício; Hyantony (Felipe Tchelé).
Técnico: Fabiano Daitx

GRÊMIO: Bruno Grassi, Madson, Paulo Miranda, Mendonça e Guilherme Guedes; Balbino, Pepê (Thonny Anderson), Matheusinho (Thaciano), Jean Pyerre e Lima; Isaque (Alisson).
Técnico: César Bueno

03ª Rodada – Campeonato Gaúcho 2018
Data: 24/01/2018, quarta-feira, às 19h30min
Local: Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul-RS
Árbitro: Daniel Bins
Auxiliares: André da Silva Bitencourt e Mateus Olivério Rocha
Cartões amarelos: Roger Deniro e Felipe Tchelé; Matheus Henrique e Mendonça
Gols: Jean Pyerre, (de pênalti) aos 35 minutos do primeiro tempo; Luis Henrique, aos 15; Marcão, aos 25; Paulo Miranda, aos 46 e Toto, aos 48 minutos do segundo tempo