Archive for the ‘Botafogo’ Category

Brasileirão 2018 – Botafogo 2×1 Grêmio

April 30, 2018

27894832308_6b07d7e762_k

Com um time praticamente reserva, o Grêmio teve fraco rendimento e acabou sendo derrotado pelo Botafogo no Engenhão. O tricolor teve uma postura bem mais passiva/reativa e raramente conseguiu construir jogadas mais efetivas de ataque. O Botafogo aparecia mais no campo de frente e abriu o placar com um gol de Brenner, que aproveitou da marcação demasiadamente distante de Madson na jogada. O Grêmio empatou ainda no primeiro tempo, num escanteio que Michel subiu junto com Igor Rabello e o botafoguense acabou marcando contra.

Não houve melhora no futebol gremista no segundo tempo e o Botafogo acabou saindo com a vitória num dos últimos lances da partida, com um chute de Gílson de fora da área (gol que, por toda a situação, lembrou muito o gol marcado por Leandro Guerreiro no Brasileirão de 2009).

41725793332_b5f8d802ba_k27897824468_ca85e3380a_k

Não creio que alguém questione a necessidade de poupar jogadores ao longo da temporada. Os questionamentos se voltam para a forma que o Grêmio anda conduzindo esse tema. Renato dá a entender que só existem duas opções: 1) Jogar com força máxima em todos os jogos e aumentar o risco de lesões; ou 2) Descaracterizar completamente a equipe em determinados jogos para poupar os principais atletas. Acho que existe um caminho do meio. Arthur, por exemplo, tinha atuado em 12 dos 25 jogos do Grêmio até aqui (836 dos 1080 minutos desses 12 jogos). Precisava mesmo ser poupado no Engenhão?

Ademais, algumas coisas são difíceis de entender. No jogo de volta da semifinal do Gauchão contra o Avenida (quando o Grêmio poderia perder por até 2 gols de diferença) foram utilizados  5 titulares (5 se considerarmos Madson como titular) + 1 que ficou no banco. Contra o Botafogo, no Rio, foram 2 titulares (2 se considerarmos Madson como titular) + 1 que ficou no banco.

Não entendi por que o Grêmio jogou com o fardamento do ano passado se já foi lançada e usada  a nova camisa celeste. Isso só reforça a ideia de descaso com a competição.

Gremio x BotafogoGremio x Botafogo
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Vitor Silva (Botafogo)

Botafogo 2×1 Grêmio

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho, Igor Rabello, Joel Carli e Gilson; Lindoso, Matheus Fernandes; Renatinho, Valencia (Marcos Vinícius, int.) e Pimpão (Ezequiel, 21’/2ºT); Brenner (Kieza, 36’/2ºT)
Técnico: Alberto Valentim

GRÊMIO: Paulo Victor; Madson, Bressan, Paulo Miranda e Marcelo Oliveira; Michel (Cícero, 36’/2ºT), Jailson; Alisson, Luan (Pepê, 31’/2ºT) e Maicosuel (Lima, 13’/2ºT); André
Técnico: Renato Portaluppi

03ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2018
Data: 28/04/2018, sábado, 16h00min
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro – RJ
Público: 10.748 (8.498 pagantes)
Renda: R$ 248.845,00
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro – SP (CBF) e Bruno Salgado Rizo – SP (CBF)
Cartões amarelos: Marcelo Oliveira (7’ 2ºT) e Joel Carli (33’ 2ºT)
Gols: Brenner, aos 35 minutos; Igor Rabello (contra), aos 37 minutos do primeiro tempo; Gilson , aos 46 minutos do segundo tempo.

Advertisements

Libertadores 2017 – Grêmio 1×0 Botafogo

September 22, 2017

Grêmio 1×0 Botafogo

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel e Arthur; Léo Moura (Everton, 37’/2ºT), Ramiro (Luan, 45’/2ºT) e Fernandinho; Barrios (Jailson, 35’/2ºT)
Técnico: Renato Gaúcho.

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Valencia, 24’/2ºT) e João Paulo (Brenner, 36’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Guilherme, 24’/2ºT) e Roger
Técnico: Jair Ventura

Libertadores 2017 – Quartas de final – Jogo de volta
Data: 20 de setembro de 2017, Quarta-feira, 21h45min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 50.517 (47.584 pagantes)
Renda: R$ 2.341.147,00
Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)
Assistentes: Juan Belatti (Argentina) e Ezequiel Brailovsky (Argentina)
Cartões amarelos: Geromel, Kannemann, Cortez, Edílson; Igor Rabello, João Paulo, Rodrigo Lindoso, Roger
Gol: Lucas Barrios, aos 17 minutos do segundo tempo

Libertadores 2017 – Botafogo 0x0 Grêmio

September 14, 2017

36401129263_7a8a011ac3_k

O Grêmio foi cauteloso. Talvez demasiadamente cauteloso, mas é complicado enfrentar um adversário que prefere jogar no contra-ataque, mesmo quando atua em casa.

36401130593_a5d18e6c98_k36401129863_b824321a65_k
Botafogo 0x0 Grêmio

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Bruno Silva, João Paulo (Rodrigo Lindoso, 22’/2ºT) e Valencia (Marcos Vinícius, 25’/2ºT); Rodrigo Pimpão (Guilherme, 30’/2ºT) e Roger
Técnico: Jair Ventura.

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Edilson, Bressan, Kannemann e Cortez; Jailson e Arthur; Ramiro, Léo Moura (Rafael Thyere, 43’/2ºT) e Fernandinho; Barrios (Everton, 16’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

Libertadores 2017 – Quartas de final – jogo de ida
Data: 13 de setembro de 2017, Quarta-feira, 21h45min
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 36.034 (33.235 pagantes)
Renda: R$ 2.029.375,00
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Assistentes: Luis Murillo (Venezuela) e Carlos López (Venezuela)
Cartões amarelos: Rodrigo Pimpão, Matheus Fernandes (Bota)

Brasileirão 2017 – Botafogo 1×0 Grêmio

August 14, 2017

2017 botafogo Rodrigo Chadí Fotoarena Lancepress
36553418675_4be6c612c6_k

Me parece que a maioria dos torcedores entende perfeitamente que não há como o Grêmio usar força máxima em todos os seus compromissos na temporada. Igualmente parece razoável a opção de priorizar a Libertadores e a Copa do Brasil. O que é difícil de aceitar é o fato do tricolor ter poupado 13 (TREZE) jogadores para o confronto contra o Botafogo no Rio.

A ausência de tantos atletas não só descaracteriza como também acaba por desmobilizar a equipe. Não foi por acaso que o Grêmio levou um gol logo aos 6 minutos, numa jogada que todo o sistema defensivo tricolor mostrou muita passividade. Depois disso o time escalado até teve chance de empatar (desperdiçando pênalti, pela terceira vez no campeonato), mas nunca esteve próximo de ter um desempenho parecido com o da equipe titular.
36156633270_4285c3415e_k

Foi o quinto pênalti errado pelo Grêmio em 13 que teve marcado a seu favor em 2017. O aproveitamento de 61,5% é baixo, mas a forma como a comissão técnica e a diretoria se manifestam faz parecer que esse não é um dado que os incomode tanto.

Não lembro de ter visto o Grêmio ter usado essa combinação de uniforme (camisa azul, calção azul e meia preta) antes.

36156636580_ad1e751a63_k
Foto: Rodrigo Chadí  (Fotoarena/Lancepress) e Vitor Silva (Botafogo)

Botafogo 1×0 Grêmio

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo (Emerson, 28’/2ºT), Marcelo, Emerson Silva e Gilson; Matheus Fernandes, Bruno Silva, Leandrinho (Victor Luís, 17’/2ºT) e Valencia; Guilherme e Brenner (Fernandes, 20’/2ºT)
Técnico: Jair Ventura

GRÊMIO: Paulo Victor, Leonardo, Bressan, Bruno Rodrigo e Marcelo Oliveira; Jailson (Patrick, 28’/2ºT) e Kaio; Fernandinho, Lincoln (Jean Pyerre, 37’/2ºT) e Everton; Batista (Dionathã, 20’/2ºT)
Técnico: Renato Portaluppi

20ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 13/8/2017, domingo, 19h00min
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro – RJ
Público: 5.358 pagantes
Renda: R$ 149.330,00
Árbitro: Wagner Reway (FIFA-MT)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho
Cartões amarelos: Emerson Silva, Gilson, Matheus Fernandes e Bruno Rodrigo
Gols: Leandrinho, aos 6 minutos do 1º tempo

Brasileirão 2017 – Grêmio 2×0 Botafogo

May 16, 2017

botafogo casa 2017

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira (Marcelo Oliveira); Michel, Arthur (Gastón Fernández); Ramiro, Luan e Pedro Rocha; Barrios (Jaílson)
Técnico: Renato Portaluppi

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Igor Rabello, Marcelo, Emerson Santos e Victor Luiz; Airton (Gilson), Bruno Silva, Camilo (Guilherme), Pimpão e João Paulo; Roger
Técnico: Jair Ventura

01ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2017
Data: 14/05/2017, domingo, às 19h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Público: 20.289 pessoas (18.552 pagantes)
Renda: R$ 679.923,00
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA/SC) e Neuza Inês Back (FIFA/SC)
Cartões amarelos: Ramiro (GRE); Marcelo, Rodrigo Pimpão, Bruno Silva, Emerson Santos, João Paulo
Gols: Ramiro, aos 46 minutos do primeiro tempo; Ramiro, aos 9 minutos do segundo tempo

Brasileirão 2016 – Grêmio 0x1 Botafogo

December 17, 2016

31580830975_f6f205d166_k

Os reservas do Grêmio pareciam um pouco dispersos, enquanto o Botafogo parecia determinado a terminar sua campanha de recuperação com a classificação para a Libertadores. Deu Botafogo (com um bonito gol de Bruno Silva) apesar da bizarra expulsão de Airton (lembrou o lance da dupla expulsão dos palmeirenses Mauricio e Obina no Olímpico em 2009).

Acho que nem mesmo os torcedores que foram a Arena estavam com as atenções totalmente voltadas ao que acontecia no jogo do Grêmio.

Eu gostei muito dessa meia toda azul usada em alguns jogos dessa temporada. Gostaria muito de compra-la. Inclusive perguntei ao Beto Carvalho, executivo de marketing do Grêmio, por que ela não é vendida na loja. Ele desconversou e disse que ano que vem será lançada uma meia e um calção azul que serão vendidos na GrêmioMania.
31580831855_872194c8e0_k
Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net)

Grêmio 0x1 Botafogo

GRÊMIO: Léo; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Kannemann e Iago; Kaio (Arthur – 9’/2ºT), Jailson, Negueba (Guilherme – 14/’2ºT), Miller Bolaños e Everton; Henrique Almeida (Batista – 22’/2ºT)
Técnico: James Freitas

BOTAFOGO: Sidão; Alemão (Emerson – 37’/2ºT), Joel Carli, Emerson Silva e Victor; Airton, Bruno Silva, Diogo Barbosa e Camilo (Pachu – 33’/2ºT); Rodrigo Pimpão e Sassá (Rodrigo Lindoso – Intervalo).
Técnico: Jair Ventura

38ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 11 de dezembro de 2016, domingo, 17h00min
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS
Público: 15.634 (14.101 pagantes)
Renda: R$ 355.874,00
Arbitragem: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (FIFA/BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Cartões Amarelos: Negueba e Jaílson; Emerson Silva, Sassá e Rodrigo Pimpão
Cartões Vermelhos: Airton, aos 45 minutos do 1º tempo
Gols: Bruno Silva, aos 16 minutos do primeiro temp

Brasileirão 2016 – Botafogo 2×1 Grêmio

September 7, 2016

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

É difícil entender essa desculpa de que o Grêmio entrou “desligado” na partida (essa história do bicho diferente por adversário não pode ser a única explicação). É difícil entender como o Luis Ricardo teve tanto espaço para subir pelo lado esquerdo da defesa gremista nos DOIS gols do Botafogo (a opção por pressão no lado da bola não explica). É difícil entender por que o desempenho do Grêmio muda tanto quando joga longe de Porto Alegre. É difícil entender por que o Grêmio não fez uma camisa reserva toda azul, mesmo tendo vários adversários que jogam de preto e branco no Brasileirão. É difícil entender por que os goleiros do Grêmio seguem usando uma camisa de linha do ano passado com o patrocínio da Tramontina coberto.

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Foto: Vitor Silva (Botafogo)

Botafogo 2×1 Grêmio

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo (Emerson Silva – 36’/2ºT), Carli, Emerson e Victor Luis; Airton, Fernandes (Dudu Cearense – 28’/1ºT) , Bruno Silva e Camilo; Neilton e Sassá (Rodrigo Pimpão – 16’/2ºT)
Técnico: Jair Ventura

GRÊMIO: Bruno Grassi, Edílson, Wallace Reis, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace (Ramiro – 14’/2ºT), Maicon (Kaio- 32’/1ºT), Jaílson e Douglas; Luan e Henrique Almeida (Batista – 14’/2ºT)
Técnico: Roger Machado

19ª Rodada (jogo atrasado) – Campeonato Brasileiro 2016
Data: 4/9/2016, domingo, às 16h00min
Local: Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador-RJ
Público: 5.199 (4.738 pagantes)
Renda: R$ 143.720,00
Árbitro: Wagner Rewat (MT)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: Emerson, Airton e Cali (BOT); Luan, Edilson e Maicon (GRE)
Gols: Camilo, aos 20 minutos e Sassá, aos 28 minutos do primeiro tempo; Batista aos 35 minutos do segundo tempo

Brasileirão 2014 – Grêmio 2×1 Botafogo

May 22, 2014

Na chuva, no gramado encharcado do Alfredo Jaconi, o Grêmio conseguiu sua terceira vitória consecutiva no Brasileirão.Novamente com sofrimento, novamente por uma diferença mínima.Os 3 pontos desse jogo foram conquistados muito mais pela persistência e vontade dos atletas gremistas do que propriamente por brilhantismo técnico. Até porque o tricolor começou mal na partida. Logo aos 5 minutos, Carlos Alberto, num dos seus cada vez mais raros lampejos, conseguiu arrancar pelo meio da defesa e serviu Zeballos, que entrava pela diagonal na esquerda. Em condição legal, o centroavante paraguaio abriu o placar com um chute com o lado de fora do pé direito (“À la André Catimba”). O Grêmio buscou uma reação rápida, mas de maneira atrapalhada. O time perdia a maioria dos rebates e dava muito espaço para Carlos Alberto puxar contra-ataques. Por sorte o Botafogo não conseguiu se aproximar novamente da goleira defendida por Marcelo Grohe. Aos poucos o Grêmio foi se acalmando e passou a trabalhar a posse de bola no ataque. Como prêmio, chegou ao empate ainda no primeiro tempo. Pará cruzou rasteiro, Barcos jogou de pivô e Rodriguinho arrematou no canto. Com a visão obstruída e, consequentemente,  mal colocado o goleiro Renan não chegou em tempo na bola.
A dinâmica seguiu parecida no segundo tempo, ainda que o jogo tenha ficado mais truncado e tenso, com direito a cotoveladas, discussões e dedo na cara. Enderson mexeu o time, colocando Zé Roberto e Maxi Rodriguez para um gás final. E deu certo. Aos 36, o camisa 10 acionou o uruguaio, que avançou a dribles pela deve adversária e marcou o gol da virada num bonito chute de fora da área (que lembrou um pouco a jogada dos gols que ele marcou contra o Flamengo no ano passado)

Gostei muito da atitude dos jogadores em campo ontem. Ninguém baixou a cabeça para as fanfarronices de Carlos Alberto e Sheik e o time sempre foi para cima do juiz quando necessário. Na comparação com a apatia vista na primeira partida contra o Atlético-PR a mudança na postura da equipe é considerável.
A vitória de ontem foi muito legal, os resultados no Brasileirão são bons, mas não há como fugir do fato de que tivemos ontem o menor público do Grêmio no Brasileirão desde o empate com o Atlético Goianiense em novembro de 2011. Será que era preciso ser assim?

A RBS não passou o jogo nem para Porto Alegre e nem para Caxias do Sul. Segundo Gustavo Manhago, Contrato não permite. Jogos na tv aberta, no Brasileirão, não podem vazar para as cidades onde os jogos acontecem e nem para a sede do mandante. Estas só no PFC.”. Ocorre que no ano passado, Santos e Flamengo se enfrentaram em Brasília e o jogo passou para o Distrito Federal. E Atlético-PR e Flamengo jogaram em Joinville e o jogo foi transmitido normalmente para a cidade catarinense.

Alan Ruiz teve boas atuações nos últimos jogos. Sua ausência, por suspensão, certamente será sentida. Sem Luan, o substituto natural é Maxi Rodriguez. Resta saber qual será seu posicionamento. Tanto o uruguaio como Rodriguinho tem rendido mais jogando centralizados, próximos ao gol adversário. Já o argentino estava mais longe do gol, mais aberto pelo lado direito.

Fotos: Lucas Uebel (Grêmio.net) e Ricardo Rimoli (Lance)

 Grêmio Grêmio 2×1 Botafogo Botafogo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Ramiro (Zé Roberto 34’/2ºT) e Riveros; Rodriguinho (Maxi Rodríguez 30’/2ºT), Alan Ruíz e Dudu (Edinho 39’/2ºT); Barcos
Técnico: Enderson Moreira
BOTAFOGO: Renan; Edilson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Gabriel (Sassá 37’/2ºT), Bolatti e Carlos Alberto (Gegê 24’/2ºT); Zeballos (Wallyson 21’/2ºT) e Emerson
Técnico: Vagner Mancini

06ª Rodada – Campeonato Brasileiro 2014
Data: 20/5/2014, quarta-feira, 22h00min
Local: Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Público: 8.101 ( 7.010 pagantes)
Renda: R$ 183.940,00 
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Marcio Luiz Augusto (SP)
Cartões amarelos: Alan Ruíz, Barcos; Carlos Alberto, Emerson, Gabriel
Gols: Zeballos, aos 5 minutos, e Rodriguinho, aos 43 minutos do primeiro tempo;  Maxi Rodríguez (G), aos 36 minutos do segundo tempo

Brasileiro 1991

October 12, 2007

Para quem não sabe, o Técnico campeão do mundo em 1983 tem um blog onde conta várias histórias interessantes. O endereço é www.valdirespinosa.zip.net, de lá tirei várias informações para montar os blogs da Libertadores e do Mundial de 83.

Ultimamente, Espinosa tem postado vídeos onde responde a perguntas dos internautas. Tratei de fazer minha pergunta, sobre o fatídico jogo entre Botafogo e Grêmio pelo campeonato brasileiro de 1991. No vídeo de número 7, Espinosa respondeu. Abaixo o vídeo com a resposta (que aparece a partir dos 3 minutos e 28 segundos, antes ele fala da batalha de la plata)

Em 1991, o Grêmio fez um campeonato brasileiro terrível, e chegou a última rodada brigando contra o rebaixamento junto com Vitória e Sport, dos 3 times, 2 caíriam. O Vitória jogaria em casa contra o Fluminense, o Sport receberia o Flamengo e o Grêmio enfrentaria o Botafogo em Niteroi. Dos coadjuvantes, apenas o Fluminense ainda tinha chance de classificação. Bem, o Fluminense acabou vencendo o Vitória, o Sport ganhou do Flamengo ( Júnior fez um gol contra salvador para os pernambucanos) e o Grêmio foi derrotado pelo Botafogo.

Antes do jogo muito se especulou que o Botafogo entregaria o jogo, a chiadeira dos nordestinos foi forte. Mas, até onde eu sei o Grêmio não comprou e sequer fez o menor esforço para comprar o jogo. No vídeo, Espinosa lembra muito bem que no Botafogo, além dele mesmo, haviam mais ex-gremistas naquela equipe: Paulo Roberto, De León e Renato Portaluppi. Oficialmente Renato não jogou aquela partida por causa de uma contusão, mas reza a lenda que ele se recusou a participar do rebaixamento do tricolor, o que fez muita gente questionar o papel do outros ex-gremistas naquele jogo. Abaixo a fica da partida

 

jornal dos sports 1991 botafogo1991 Botafogo Jornal dos Sports1991 botafogo gol1991 botafogo caio

Botafogo 3×1 Grêmio

BOTAFOGO: Ricardo Cruz, Paulo Roberto, André, De León e Jefferson; Carlos Alberto, Pingo e Juninho; Vivinho, Valdeir e Pichetti
Técnico: Valdir Espinosa

GRÊMIO: Gomes, Chiquinho, João Marcelo, Vílson e Hélcio; Jandir (expulso aos 42′ do 2 o), Donizete Oliveira (Darci) e Caio; Maurício, Nando e João Antônio (Nílson).
Técnico: Dino Sani

Campeonato Brasileiro 1991 – 19ª Rodada – 1 ª Fase
Data: 19/05/91 (Domingo)
Local: Estádio Caio Martins (em Niterói – RJ)
Renda: Cr$ 895.000,00
Público: 880
Árbitro: Ílton José da Costa (SP)
Gols: Pichetti (10′ do 1º ), Pichetti (1′ do 2º), Chiquinho (5′ do 2º, de pênalti) e Bujica (38′ do 2º ).